[Resenha] Não Sou Este Tipo de Garota | Siobhan Vivian

“Na minha visão de veterana, a orientação aos calouros é uma perda de tempo colossal.”

  Natalie Sterling é uma jovem que cursa o terceiro ano do ensino médio na Academia Ross. Natalia é o tipo de garota que se preocupa com os estudos, com o comportamento e com o que os outros pensam sobre ela. Dedica uma boa parte do seu tempo para se tornar a presidente do Conselho Estudantil, e outra à sua melhor amiga Atumn, que foi enganada por um antigo namorar que só tinha segundas intenções e acabou colocando a fama de “isca de peixa” nela.

  A história passa a ficar mais interessante quando uma garotinha (agora com 14 anos) que Natalia era a babá (quanto tinha 12 anos, e a menina 8), chega ao colégio e mostra a Natalie que não é uma garotinha indefesa e ingênua, que ela pensava ser. 


 Depois das eleições do Conselho Estudantil (não direi quem ganhou! Nada de spoiler haha) Natalie começa a se envolver com um jogador to time de futebol do colégio, mas às escondidas, pois não quer que ninguém saiba que ela é “este tipo de garota”.


  Uma das coisas mais interessantes do livro é a forma de como as coisas são expostas. Além das opiniões de Natalie sobre determinados assuntos, a autora usou Spencer para ser a pessoa que vai “bater de frente” com ela.


  Outros assuntos abortados no livro são amizade, sexualidade na adolescência e responsabilidade. A autora sobre expor muito bem os assuntos e sempre deixa aquela pergunta no ar: quem está correto? Ao mesmo tempo em que você pensa que a personagem principal está certa, outro personagem também tem suas próprias opiniões e acaba de mostrando que sua forma de pensar também é correta.


  O livro foi publicado no Brasil com o selo Nosso Conceito Jovem, e forma de escrita de Siobhan é bem, vamos dizer assim, leve. Você lê o livro calmamente, entra na história, tentando se colocar no lugar de cada personagem e pensar como eles. Eu li o livro em 3 dias, mas sinceramente pensei que demoraria pelo menos uma semana (apesar do livro ser até bem fino).


  O livro é recomendado para todos os que gostam de uma leitura calma e de uma história que te faça relembrar os tempos de adolescência.  


Não deixem de ler a entrevista com a autora clicando neste link.