[Resenha] Sob a Luz dos Seus Olhos | Christine M

"E será assim sempre, pois não conheço outra maneira de existir a não ser com ele ou sentindo falta dele.”


  Não sei se isso acontece só comigo, mas tenho uma certa "dificuldade" em escrever resenhas sobre livros que acabam se tornando um dos favoritos. Acredito ser assim por eu ter medo de não descrever o livro com as palavras corretas ou com a mesma intensidade que elas teriam se eu estivesse falando. Porém, espero não decepcionar.

  Elisa é uma jovem de 20 anos que faz intercambio para Londres, onde ficará hospedada na casa de uma família. Antes de ir para Londres ela passa por York, onde conhece um homem loiro, de olhos azuis que acaba sempre encontrando com ela em algum momento atrapalhando durante os dias que passa em York, antes de ir para Londres. Elisa acaba conhecendo melhor o dono daqueles olhos azuis. Ele é um dos filhos dos donos da casa onde ela está morando durante essa estadia em Londres. Elisa e Paul começam a viver um amor único, até que a estória muda totalmente o rumo por uma dificuldade na saúde de Elisa.

   Marina Ávila - responsável pela arte da capa -, sempre me encanta com seu trabalho e, digamos, que é graças à ela que tenho o livro hoje. Sob a Luz dos Seus Olhos me encantou quando a  Under publicou a capa e compraria até sem ler a sinopse, mas li e o desejo de ler o livro só aumentou. Foi quando a editora lançou em pré-venda que fiquei ainda mais ansiosa para que o livro fosse enviado. Quando recebi o livro com o kit completo, fiquei super curiosa para entender o significado de cada coisa. Todos esses fatos foram se juntando e eu não tive outra opção se não passar o livro na frente de muitos que estão esperando para serem lidos para me deixar levar pela leitura.

  Hoje, dou toda razão àqueles que dizem que Christine é Nicholas Sparks de saia e brasileira. Não sou romântica, mas adoro um livro de romance (vai entender?) e  de todos os livros que já li, "Querido John" (de Nicholas Sparks) foi o livro que chorei mais vezes, até depois de ler "Sob a Luz dos Seus Olhos", pois ficaram empatados - rs. Vocês tem noção do que é ler os dois últimos capítulos chorando? Ao mesmo tempo em que você se emociona, você se questiona "por que tem que ser assim?" como se tudo estivesse acontecendo com você, e não com os personagens. 

  Chris foi criativa e conseguiu mesclar vários sentimentos (isso tornou o livro ainda mais cativante). Ela consegue despertar o desejo de viajar para cada lugar citado na obra. O livro é gostoso de ler, pois começa em um ritmo lento para depois acelerar. Confesso que agora, fazendo esta resenha, os capítulos vão passando por minha cabeça e até consigo me imaginar sentada em uma sala de cinema, esperando pela estréia de uma adaptação do livro ao cinema.

  "Sob a Luz dos Seus Olhos" é recomendado a todos que gostam de se surpreender com um romance cheio de emoções, sem exageros e que deixa frases gravadas em sua memória. Como diz a própria sinopse: "capaz de prender o leitor até o último capítulo".


"Um olhar colorido e cúmplice, a paz, um novo abraço e enfim poder cumprir a promessa de ser eterno"

Lembrem - se de ler a entrevista com a autora aqui no blog