[Resenha] As MAIS | Patrícia Barboza

"Bom, aprendi que na vida nem sempre é tudo tão divertido. Tem horas que a gente fica triste. O motivo pode ser sério ou até bobo. Mas, se estivermos rodeadas de pessoas que gostam da gente, tudo fica mais fácil"

  Mari, Aninha, Ingrid e Susana são quatro amigas inseparáveis, conhecidas no colégio CEM como as MAIS. Cada uma tem o seu jeitinho e como diz a Mari, elas são as MAIS legais, as MAIS bonitas, as MAIS inteligentes e as MAIS modestas do Rio de Janeiro.

  Mari é dramática desastrada, pagadora de micos e a mais espontânea do grupo. Seus micos a tornam ainda mais divertida, e autêntica. Seu nome é Maria Rita, mas gosta de ser chamada de Mari (Minha decepção única decepção do livro: fiquei toda feliz achando que o nome era Mariana -rs)

  Aninha é a intelectual. Adora ler, tem um blog literário, participa do grêmio estudantil do colégio e ao contrário do que os colegas de colégio acham e falam, ela não é nerd. Ela é uma loira de causar inveja, já que além de linda, come muito e não engorda nada.

  Ingrid é a romântica, fofa e mais baixinha. Além de ser super otimista, ama cor de rosa e filmes de romance. Sempre chora assistindo românticos e na minha opinião, é a mais fofinha. Imaginem: baixinha, ruiva, de cabelos curtos e com sardinhas. Super fofa. Das quatro partes do livro  a dela foi a que mais me divertiu.

  Susana é a esportiva e que sabe tudo sobre beleza. Ela é a mais nova do grupo e a mais alta. Tem 1, 85 metro com apenas 14 anos, por isso é uma das melhores - se não a melhor - jogadora de vôlei do colégio.



  O livro realmente superou  minhas expectativas. Recebi o livro da Verus Editora e ele veio com um kit super foto (o bloquinho é tão lindo que dá pena de usar e os marcadores super criativos). Quando li a sinopse e vi a capa logo me interessei, pois achei que seria muito divertido, mas ele é muito mais divertido do que eu imaginava (tanto que as vezes me pegava rindo do nada). Ao longo do livro nos deparamos com ilustrações que vão caracterizando cada personagem e cada acontecimento. A Verus arrasou na capa, na diagramação e em cada pequeno detalhe que deixa o livro fantástico.

  O enredo também é adorável. O livro é dividido em quatro partes - cada uma narrada por cada personagem - e Patrícia soube dividir entre as personagens um pouquinho do que cada adolescente tem, tanto que eu fiquei dividida entre elas pois ao mesmo tempo que adoro participar de peças e apresentações, amo ler, meus amigos me chamam de nerd (sabem que não sou mas insistem em me irritar um pouquinho) , sou representante de turma (tá, a Aninha é presidente do grêmio, mas vale -rs), adoro filmes antigos de romance e adoro praticar esportes, ou seja, tenho um pouco de cada uma.

  Recomendo o livro para todos que gostam de uma leitura divertida e que com certeza vão se identificar. Como disse, o enredo é adorável e a divisão na narrativa, que nos faz conhecer realmente cada uma delas, o torna ainda mais divertido.

  AH! E vale lembrar, que levei o livro para ler no colégio no meu tempo livro e simplesmente quase nem toquei nele depois que mostrei para uma amiga, e outras 3 também queriam ler. Teve é "zerinho ou um" para ver que começava primeiro - rs.