[Resenha] Elixir | Hilary Duff

  — Lembre-se, Clea — ele me disse —, tirar fotos é uma grande    responsabilidade. Várias culturas acreditam que as fotografias capturam a    alma das pessoas.  
   A vida de Clea Reaymon sempre foi muito pública. Filha de um famoso cirurgião e de uma senadora, ela sempre viu seu nome e o de sua família estampado em capas de revista ou na televisão. Para esquecer um pouco o "estresse de ser famosa", ela encontrou na fotografia um meio de se expressar e de conhecer o mundo através de sua lente graças ao seu pai, que infelizmente desapareceu em uma viagem ao Brasil e acabou sendo dado como morto, já que isso aconteceu a mais de um ano. Porém Clea ainda não consegue lidar com a ausência do pai nem em uma viagem ou quando está fotografando. 

   Depois de uma viagem a Paris, Clea se vê analisando suas milhares de fotos e acaba descobrindo um homem que aparece em todas as fotos, sempre no cantinho, com a mesma roupa. É ai que tudo realmente começa...

   Conheci Hilary nos tempos de Lizzie McGuire e depois disso me tornei super fã. Tenho DVDs, CDs e estou sempre procurando por novidades. Quando vi que ela lançaria um livro minha primeira reação foi ficar feliz e a segunda foi ficar ansiosa pois sempre vi a Hilary como a atriz e cantora que eu admirava, e estava curiosa para conhecer esse lado escritora dela.


   Que procurou ler resenhas do livro viu que a maioria é negativa, mas ao contrário de muitos eu gostei sim do livro. Não que tenha entrado para minha lista de favoritos, mas o livro realmente é bom. Gostei muito da narrativa (o livro é narrado em primeira pessoa) e do fato de Hilary falar com tanta precisão dos locais citados, como Rio de Janeiro (que adorei, pois sou carioca), Paris, Tóquio e Nova York.

  Minha personagem preferida é Rayna, a melhor amiga de Clea. Ela consegue ser divertida, alegre, engraçada, fofa e descontraída nas cenas que está presente e acaba fazendo uma grande diferença. Ela fazer com que quem me visse lendo e rindo sozinha na frente do livro perguntasse: "Mariana, você está bem?"

   Com todas as resenhas negativas do livro eu esperava bem menos, mas como eu disse ele é realmente bom. Não é nada extraordinário, mas é muito melhor do que eu imaginava que seria. E recomendo que não só os fãs de Hilary, como todos os que nem conheciam ela leiam o livro, pois é uma leitura super rápida e prazerosa. 

Comentários

  1. Ainda não li o livro mas ele carrega opiniões muito variadas. Gosto da Hilary pelos seus filmes (não sou uma super fã) e o fato do livro ser escrito por ela me deixa ainda mais curiosa para lê-lo

    ResponderExcluir
  2. Eu amo os filmes dela, fiquei curiosa para conhecer o lado escritora da Hilary.

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o livro, portanto não tenho nenhum conceito "firme" sobre ele. Realmente muitas pessoas não gostaram do livro, vi várias notas ruins por ai (tanto em blogs como até no skoob). Meu irmão disse que o livro parece ser bom (acho que alguma amiga dele leu, pelo visto), mas eu não sei o que posso esperar de Elixir. Espero que seja bom mesmo!

    ResponderExcluir
  4. Eu li esse livro e amei!
    Realmente tem algumas falhas, mas a estória é muito boa!
    Estou louca para ler o próximo livro, Devoted.
    Beijinhos!


    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não tive a chançe de ler esse livro ainda, pois não tive uma opinião concreta sobre o que achar dele e se a escrita da autora era mesmo boa. Vou comprar esse livro em breve E espero não me decepcinonar.

    ResponderExcluir
  6. Hillary Duff como escritora... nunca imaginaria. Tomara que seja boa!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas