Ainda Não Te Disse Nada | Maurício Gomyde

  Marina é uma do interior que sonha em ser estilista. Sua família quer que ela siga os passos do pai, que tem uma padaria, mas ela vai para São Paulo em busca do seu sonho. Lá ela começa a trabalhar em um correio, apesar de não fazer parte dos seus planos, mas ela precisava de um emprego para pagar as despesas. No correio ela imagina a pouca quantidade de pessoas que ainda envia cartas românticas, já que hoje em dia a maioria das pessoas só pensa em enviar e-mails. Até o dia em que Marina repara em uma ruiva chamada Júlia que frequenta o correio sempre enviando cartas. Quando Marina começa a conversando com a ruiva, ela descobre que ela envia cartas se passando por outras pessoas, que as vezes nem sabem que "estão enviando".

  A primeira reação de Marina é pensar que aquilo é errado, afinal, Júlia estava mentindo para pessoas que tinham sentimentos verdadeiros e que nem imaginavam estarem sendo enganadas, até o dia que em uma carta cai nas mãos de Marina e ela acaba se envolvendo mais nesse mundo das cartas e conhecendo um amor improvável.

"A vida real não tem paixão. A fantasia tem."

  Maurício é o autor mais generoso que conheci. Ganhei Ainda Não Te Disse Nada da Aninha do True Insights e logo me interessei pelo livro, mas vocês sabem como é, aparece um livro emprestado que você tem que ler antes de outros -porque tem que entregar para o dono- e vem as provas e tudo complica. Porém quando comecei a ler o livro, simplesmente não consegui parar. Teria lido em menos de 3 dias se não tivesse em semana de provas, pois a narrativa é super envolvente e alguns personagens, como as amiga de Marina, dão ainda mais vida ao enredo.

"Desse jeito você nunca vai saber o prazer de escrever... Fechar o envelope... Selar... Postar... Esperar a resposta por dias... Receber... Saborear a letra da pessoa... Imaginar o momento em que ela escreveu cada linha. [...] como é bom sentir a presença da pessoa ali... Naquele papel..."

  A diagramação do livro é simples. Não me lembro de ter encontrado muitos erros de digitação. Mas o que realmente quero destacar é a capa. Eu me apaixonei por ela assim que a vi pela primeira vez. Eu não sei vocês, mas simplesmente amo receber cartas. Até bilhete vale, contato que seja escrito por alguém. Tenho amigos na internet que combinamos de sempre estar enviando uma lembrancinha que seja, para cada data comemorativa (aniversário, dia do amigo, natal, ano novo...) e eu sempre exigi uma carta, sempre mando também e consequentemente me emociono. Tenho uma caixa só com meus marcadores e cartas e bilhetes que recebi.

  Recomendo Ainda Não Te Disse Nada para todos aqueles que gostam de um romance na medida certa: envolvente e encantador, com uma pitada de drama e humor. Maurício sabe exatamente como encantar os leitores com um amor duvidoso mas possível.