[Resenha] Palladinum | Marcelo Amaral


''E o que são o bem e o mal , senão uma mera questão de ponto de vista?''

  Em Palladinum conhecemos a Turma da Página Pirata: Pastilha, Pimenta, Paçoca, Peteca, Princesa, sua cadela Penélope e os irmãos Piolho e Pinguim. Juliana, vulgo Pastilha, é a líder da Turma da Página Pirata, que se trata de um jornalzinho de turma que é publicado no colégio.

  Uma exposição com artefatos arqueológicos começa no Vale do Paraíso e Juliana fica empolgada com as comemorações de 40 anos de seu colégio, que inclui a visita de uma arqueóloga, mas o problema é: por que tudo fica tão estranho depois que a exposição começou? Por que os adultos mudaram de comportamento? A única forma que eles encontram para melhor tudo no Vale do Paraíso é ir até Pesadelo Perpétuo.

  Fazia tempo que não lia um infanto juvenil e quando comecei a ler Palladinum estava em época de provas, então a Turma da Página Pirata me divertiu e me distraiu muito. Não quero falar muito sobre a estória em si, já que quando comecei a ler o livro não havia lido nenhuma resenha. Havia conhecido Marcelo em um evento e ele me mostrou seu livro, que na mesma hora me deixou curiosa. Li comentários no Twitter, muito positivos, e quando tive a oportunidade de fazer parceria com o autor não pensei duas vezes. A parceria foi feita, o livro chegou e me surpreendeu de forma totalmente positiva.

 Quando estou lendo um livro que a estória me envolve tanto, começo a me empolgar um pouco e a contar tudo para minha mãe. Ela teve a mesma lembrança que eu: a série Vaga-lume. Minha mãe era fã da série quando pequena, e quando eu tinha uns 9, ou 10 anos ela me emprestou alguns livros para ler. Adoro essa mistura de mistério, ação e humor contida na série, e agora em Palladinum.


 Os personagens são muito cativantes. Meu preferido é o Pimenta, que mesmo sendo meio estressado, consegue nos divertir com seus exageros. Também adorei o divertido Piolho e a determinada Pastilha.  Cada um tem sua personalidade, e mesmo que no inicio da leitura eu tenha ficado um pouco atrapalhada com tantos nomes, a "convivência" com os personagens logo resolve. Como disse na entrevista com o autor, em alguns momentos, mesmo que o nome não esteja escrito você já sabe quem é quem.


  O trabalho gráfico do livro é impecável, assim como a revisão. A capa é super bem ilustrada, as ilustrações internas são incríveis e nos fazem entrar ainda mais na estória. Outra coisa que me agradou bastante foram os apelidos dos personagens começarem com a letra ''P''. Acho totalmente divertido essas combinações de nomes e apelidos quando os personagens são irmãos, amigos... 

  Palladinum é um livro para todas as idades e para todos os que gostam de uma aventura na medida certa, que mescla magia, diversão, amor e humor em uma mesma estória. Marcelo Amaral merece meus aplausos por ter escrito um livro cujos personagens e  escrita são totalmente empolgantes. Ele nos mostra que não devemos desistir dos nossos objetivos, mesmo quando tudo parece que não vai dar certo, e devemos, acima de tudo, ter confiança e encarar tudo de frente.

Compre:
Saraiva | Travessa | Compare Preços

SORTEIO

  Quer ganhar marcadores de Palladinum autografados pelo autor Marcelo Amaral? O sorteio vai acontecer assim: você comenta ou na resenha ou na entrevista com o autor, irei sortear um dos posts e depois sortearei um dos comentaristas do post premiado. Exemplo: a entrevista será o número 1 e a resenha o número 2. O número 2 foi sorteado, então o sorteio acontecerá entre os comentaristas da resenha. Fácil não? Para participar basta:
- Seguir o blog pelo GFC

- Comentar na resenha ou na entrevista (pode comentar nos dois, assim tem mais chances)
- Deixar no seu comentário  seu e-mail ou Twitter para contato (não precisa de Facebook, Skoob...)
- Comentários como ''adorei'' ou ''participando'' não serão válidos

Serão 3 ganhadores, cada um levará 2 marcadores autografados. Fácil, não? Os comentários serão aceitos até 20 de dezembro! Participe!