Dicas para novos escritores #02 – Enviando o original


No post passado nós ficamos sabendo como é o processo da produção de criação um livro, certo? Mas agora você quer enviar o seu original para uma editora. O que fazer?
Recebo c-a-d-a coisa na editora em que trabalho, que resolvi ajudar os autores a enviarem seus originais de forma correta, que ajude e estimule o editor a ler sua obra.
Cada editora tem seus critérios para receber um original. Portanto, antes de enviar qualquer coisa, verifique o que cada editora pede. Se não tiver nenhuma informação no site da editora, mande um e-mail perguntando, mas não envie sem saber exatamente o que se pede.
Antes, faça o registro do seu livro na Biblioteca Nacional (falarei disso em outro post).
1 – Após finalizar um livro bate aquela dúvida: o que fazer agora? Revise a obra! Sim, tudo de novo. Quem escreve, lê aquilo tantas vezes que acaba deixando muitos erros passarem, portanto é muito importante que sua obra seja revisada. Recomenda-se que você pague uma pessoa que faça a revisão ou peça para alguém próximo que leia e encontre os erros.
Um original que contém muitos erros ortográficos ou até mesmo de digitação, faz com que o editor não se interesse a ler.

2 – Verifique a linha editorial da editora que você irá mandar o original. Linha editorial são os assuntos – ou gêneros literários – que a editora costuma publicar, e também a abordagem dentro dos assuntos. Por exemplo, se você mandar um livro de romance épico para uma editora que publica apenas livros de autoajuda, seu original sequer será lido.
3 – Depois de ter selecionado as editoras que irão receber seu original, organize os arquivos! Se for por e-mail, coloque o nome do arquivo com o nome do seu livro e o seu, em Word ou pdf. Organize a página, justifique o texto e deixe-o mais legível possível, com a tipografia Arial ou Times, cor preta e tamanho 12. Às vezes não é necessário encadernar a obra, mas é importante que você enumere as páginas. No original impresso, o imprima sem sujeira ou falhas com a tinta, pois a apresentação da obra conta muito.
4 – Faça uma carta de apresentação. Mencione o gênero de sua obra e a coleção em que ela se encaixa na editora, demonstre que você pesquisou o catálogo da editora. Explique rapidamente o diferencial de sua obra em relação a outras no mercado. Também não compare sua obra com outras de muito sucesso, diga o que ela tem de diferente que possa acrescentar e chamar a atenção do editor.

Algumas editoras também solicitam o seu currículo. Por fim, aguarde uma resposta. Sim, é demorado e não adianta ficar insistindo ou pedindo pra saber como anda a análise. Cada editora tem sua programação.

Espero ter ajudado e qualquer dúvida, deixe seu comentário neste post, ficarei feliz em responder.