[Resenha] Esperando por Você | Susane Colasanti

"É tudo muito intenso. Intenso de uma maneira positiva. Pois tenho todas essas lembranças que nunca vou querer deixar para trás. Elas vão se tornar parte de mim, da pessoa em que eu vou me transformar quando eu for adulta."

Título: Esperando por você
Título orginal: Wainting for You
Autora: Susane Colasani
Editora: Novo Conceito
Páginas: 336
ISBN: 978-85-8163-047-2
Sinopse: É hora de iniciar o segundo ano do Ensino Médio, e Marisa está pronta para um novo começo e para seu primeiro namorado de verdade. No entanto, depois do popular Derek convidá-la para sair, as coisas ficam complicadas. Além de seus pais se separarem e de Marisa ter uma briga com seu melhor amigo, Derek, o amor da sua vida, a deixa desapontada. As únicas coisas que mantêm Marisa são os podcasts de um DJ anônimo, o qual parece entendê-la totalmente. Mas ela não sabe quem ele é... Ou sabe?


  "Esperando por Você" é o primeiro livro que decidi ler entre os primeiros que recebi de parceria da NC e o primeiro livro de Susane Colasanti que leio. Nele conheci Marisa, uma adolescente que sofreu de depressão no último ano e não tem muitos amigos, mas se tivesse, estaria no grupo dos estranhos. Ela vive com seus pais e sua irmã mais nova, que tem uma mentalidade muito a frente de sua idade. Sua melhor amiga, Sterling, é uma garota solitária, que vive sozinha pois sua mãe está sempre viajando. 

  Marisa e Sterling acabam de entrar no segundo ano do Ensino Médio e fazem um pacto: as duas teriam seus primeiros namorados. O problema é que Marisa está apaixonada por Derek, o cara mais popular do colégio e que nunca repararia nela. Mas o destino muda e é justamente o que acontece, ao mesmo tempo que Nash, um antigo amigo de infância está se reaproximando. As coisas só pioram quando Marisa e Derek começam a namorar, Sterling se afasta dela, Nash demonstra estar apaixonado, seus pais se separam e Derek a decepciona. Quando Marisa se vê sozinha, em meio a vários problemas que julga não ter solução ela contará com a ajuda de um garoto que possui um programa de rádio e que mantém sua identidade em anonimato, mas parece dar conselhos diretamente para ela. 

  A personagem principal consegue ser adorável e um segundo depois é ingênua e te irrita. Ao ler o livro tive a sensação de estar lendo um diário, não só pela narrativa em primeira pessoa, mas pela forma como a personagem narra cada acontecimento dar realmente a impressão disso. Algumas coisas se tornam repetitivas na visão de Marisa e até os diálogos também, mas isso não atrapalha 100%, mesmo que em alguns momentos eu senti que a leitura ficou um pouco arrastada, mas acabei entendendo isso como o objetivo da autora e no final das contas você acaba adorando a história.

  Gostei de Derek, mesmo ele se mostrando um cafajeste  e não gostei de Nash, mesmo com sua mudança de estilo. Acho que gostei mesmo do Derek antes de Marisa namorar ele e depois nem tanto (risos), mas não consegui gostar de Nash em nenhum minuto. Sério, mesmo ele  - mesmo que bem bem bem pouquinho - tendo se mostrado romântico no final das contas, o jeito nerd e sabe tudo dele não foi esquecido e não queria que Marisa acabasse gostando dele (não estou dizendo que ela acaba, mas desde o primeiro instante achei que acabaria).
"Juro, era como se ele estivesse falando diretamente comigo. Como é que ele sabe dos problemas com que estou lidando? Ele me dá a sensação de que não sou a única que se sente perdida. E já estou certa de que ouvirei o programa dele todas as noites."
  No meio de todos os personagens e problemas tem o misterioso Dirky, um garoto que possui uma rádio e que sabe de tudo que acontece no colégio, além de dar conselhos para todos. Marisa sente como se ele a conhecesse e a entendesse, já que tudo que ele fala parece ser voltado a ela e todos a sua volta de sentem assim. Admito que com todos os clichês que gostamos - ou não  - no livro eu não acertei a identidade de Dirk. Parecia previsível demais e preferi acreditar em outra hipótese (risos).

  A diagramação, a revisão e a capa não deixam a desejar! Gostei do tamanho da fonte das letras, as páginas amareladas da NC nunca atrapalham a leitura e no final das contas gostei da mensagem do livro mesmo que eu não tenha passado - e nem queira passar - pelos conflitos amorosos que ela passou, como muitos acham que acontece sempre.
"Nada pode garantir que um relacionamento irá durar para sempre, mas me sinto bem em estar aqui, no "agora", deixando que o futuro tome conta de si mesmo."
  Esperando por Você é um livro que mesmo com seus altos e baixos possui uma leitura leve e que te faz pensar. Recomendo aos adolescentes que estão passando por algum conflito, seja amoroso ou familiar, e aos adultos que gostariam de lembrar um pouco dos conflitos da adolescência.