[Das Páginas para as Telas] Avalon High




 Allie Pennington (Britt Robertson) acaba de se mudar com seu pais e é transferida para uma escola nova. Seus pais além de serem historiadores e professores universitários , são obcecados com a lenda do Rei Arthur. No novo colégio Allie conhece Will (Gregg Sulkin), sua namorada Jenifer (Molly Quinn) e seu melhor amigo Lance (Chris Tavares). Além de conhecer o "estranho" Miles (Joey Pollari), que tem várias visões, que são muito mais importantes do que ela pode imaginar.

 Com o tempo, Allie começa a desvendar alguns mistérios e começa a perceber algumas semelhanças entre seus amigos e a corte do Rei Arthur. Em meio a algumas pesquisas, Allie descobre que o Rei Arthur voltará em breve e ela finalmente terá a revelação de quem ele realmente é, mas até lá, muita coisa ainda vai acontecer.

 Semana passada estava dando "uma passeada" pela TV e vi que estava começando um filme com Gregg Sulkin (que até então eu só tinha visto atuar em Feiticeiros de Waverly Place e Pretty Little Liars). Comecei a assistir ao filme, e podem rir de mim, mas até mais ou menos metade do filme eu não sabia que o nome era Avalon High e não tinha me tocado que era inspirado no livro de mesmo nome da Meg Cabot (risos).

 As mudanças do livro para o filme são perceptíveis até por quem não leu o livro (no meu caso), isso eu posso garantir. As mudanças foram totalmente desnecessárias. Ficou parecendo que eles sabiam que todo mundo ia adivinhar o que ia acontecer (oh, novidade) e quiseram mudar para inovar (?), porém de qualquer forma ficou clichê, pois tenho certeza que todo mundo, mesmo que por um momento, pensou nas possibilidades e depois descartou.

  Fiz a besteira de ler uma resenha do livro (na verdade a resenha falava da série toda), a pessoa não avisou que continha spoiler e falou absolutamente tudo, então, já tenho uma noção - mesmo que mínima - do enredo, da trama e dos personagens, digo: gostei da escolha dos atores, mas não gostei da mudança de fisionomia. Mudar algo na trama, no enredo, é até aceitável, mas sempre acho totalmente desnecessário a mudança na fisionomia de algum personagem. Parece que eles querem acabar com nossa imaginação (risos).

  O filme em si é bom sim (pelo menos a ideia original dele). Produzido pela Disney (e que obviamente, ficou a cara da Disney Pixar, por isso acho completamente sem noção as críticas falando sobre efeitos, atores e coisas relacionadas), a trama é inovadora, graças a nossa Meg <3 Recomendo para os que tenham lido o livro (assim podem me falar aqui o que acharam) e para os que não leram também, gostam e algo leve, e que com certeza ficarão com vontade de ler.

  Vale lembrar que a série de livros possui 5 volumes, porém o filme é um só.

>> FICHA TÉCNICA

>FILME
Título Original: Avalon High
Origem: EUA | Nova Zelândia
Ano: 2011
Duração: 90 min
Gênero: Aventura
Direção: Stuart Gillard
Roteiro: Julie Wolfe Sherman, Baseado na obra de Meg Cabot
Elenco: Britt Robertson, Gregg Sulkin, Joey Pollari, Devon Graye, Molly Quinn, Chris Tavares, Steve Valentine
Sinopse: Allie Pennington é transferida para uma escola nova, Avalon High, onde ela descobre que os seus colegas são reencarnações do Rei Arthur e sua corte. Agora sua missão é resolver o mistério da escola antes que Mordred ganhe novamente. Allie também conhece o quarterback de futebol da escola, Will Wagner (Gregg Sulkin), que traz de volta a lenda do Rei Artur a uma escola contemporânea. Allie acredita que Will é o Rei Arthur e que Marco, o meio-irmão malvado é Mordred.

>LIVRO
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Categoria: Literatura Juvenil
Sinopse: Os pais de Elaine resolvem ter um ano sabático e ela é obrigada a se mudar para Annapolis, longe da sua cidade natal. Durante uma corrida no parque, Ellie acidentalmente esbarra em Will e, daí pra frente, começa a notar uma série de estranhas coincidências entre seu cotidiano e a lenda de Rei Artur... Estaria ela vivendo em uma Camelot moderna?