Projeto Beletristas: Valorização da Literatura Nacional

Projeto Beletristas: A literatura nacional tem sido pauta para muitos debates atualmente. Diversos movimentos visam valorizar o que a literatura nacional tem de melhor e mostrar que o preconceito está muito mais na mente das pessoas do que baseado na realidade. O que você pensa sobre esses movimentos? Qual deles você apoia?

  Desde o ano passado tenho estado em contato com muitos autores nacionais, e nesse meio passei a ver não só o talento dos nossos autores, como o preconceito que existe com nossa literatura. Já vi pessoas dizerem "autores nacionais não são bons" ou até "nunca compraria um livro nacional". Para mim, escutar isso, foi quase um pecado.

  Meu amor pela leitura começou quando eu tinha 9 anos, e até meus 14 eu não havia lido um livro nacional (não por não querer, apenas por não conhecer ainda). Li alguns textos e trechos de livros de Clarice Lispector (♥), Martha Medeiros, Caio Fernando Abreu e Paulo Coelho nessa idade, e no mesmo ano tive o desejo de criar um blog uma semana antes da Bienal do Livro. Foi aí, pesquisando, que conheci o blog das Gêmeas e vi que elas estariam publicando um livro na Bienal. Elas foram as primeiras autoras nacionais que conheci, e Sete Vidas foi o primeiro livro nacional que li por completo. No meu segundo dia de Bienal conheci outros autores nacionais, comprei livros nacionais e agora eles são praticamente maioria na minha estante (e olha que ela é beeem grande).

  Sabemos que no Brasil nossa literatura ainda não é totalmente valorizada. Não é por falta de autores, nem por falta de leitores, que mesmo sendo poucos comparado a quantidade de pessoas que vivem no nosso Brasil, são uma bela quantidade. É falta de atenção e de incentivo. Primeiramente de Editoras, que não fazem um marketing tão grande para livros nacionais quanto fazem para todos os internacionais, e depois, de leitores, que por conta da falta de suporte das Editoras, acabam por não conhecer bem nossos autores e livros publicados.

  Já li muitos livros nacionais muito melhores que livros internacionais e por mais que tenha gente que fale que é "puxa-saquismo" gosto de divulgar mais e mais a nossa literatura. É isso que falta também. Blogueiros e leitores que levem nossa literatura para frente, estejam em contato com as Editoras (hoje em dia qualquer um pode mandar um simples e-mail) e mostrar que nós queremos ser valorizados, que nós queremos ler mais, que nós queremos entrar em uma livraria e ver um livro de um autor que conhecemos até pessoalmente esteja lá. Acredito que não sou a única, mas já entrei em uma livraria, vi um livro nacional e fiquei toda boba como se o livro fosse meu. É como se eu ouvisse uma voz no meu ouvido falando "estamos chegando lá...". E Sim. Aos poucos vamos chegando lá.

#EuLeioBrasil

Comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Mariana, parabéns! Concordo com tudo que disse, uma bela matéria. Infelizmente existe isso, os escritores no Brasil não são levados a sério. Me entristece quando alguém pergunta: o que anda fazendo da vida? Logo, cheio de orgulho, digo sou escritor. E vem novamente a pergunta: sim, mas o que você anda fazendo? Como se isso não significasse nada, como se isso fosse um mero passatempo, tão insignificante que não merece um aprofundamento no assunto. Como por exemplo: Nossa, que maneiro! Qual o título do seu livro? Ele fala sobre o que? Acho louvável o trabalho de blogueiras como você e tantas outras, que a cada dia tem se empenhado pela valorização da nossa literatura e o reconhecimento de nossos escritores. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Isso aí, Mariana! São atitudes como essa que vão nos ajudando pouco a pouco. Se cada um que ler um livro nacional e gostar, puder indicar, pedir para que o livro esxista fisicamente nas livrarias, ajudar na divulgação... Já é um grande progresso. O brasileiro ainda é muito ligado na mídia no que vem de fora, e se não houver barulho, propaganda, é porque não é bom. Poucos são os que se dispõem a ler para crer. Mas não perco a esperança!
    Parabéns pela iniciativa!

    ResponderExcluir
  4. Iniciativa maravilhosa Mariana! Tenha a certeza que blogueiras como você só nos incentiva a criar mais histórias e a enfrentar todos os desafios para o livro chegar ao leitor. Você é parte essencial nisso. Obrigada pelo carinho! Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Querida, que lindo post!!! ADOREI!

    Obrigada por fazer parte deste lindo movimento de incentivo e valorização da literatura nacional... <3 Isso é muito importante!

    Um beijo enorme,

    Samanta Holtz <3

    ResponderExcluir
  6. Amei o post!!! Temos que acabar com esse preconceito... Temos obras nacionais lindas!!! Obrigada pelo carinho, respeito e amor a literatura nacional!

    Beijocas,

    Mi

    ResponderExcluir
  7. Ficamos imensamente felizes com esse post, Mari! Saber que o nosso livro foi o primeiro nacional a ser lido por vc nos deixa muito honradas! Obrigada.
    Beijos e adorei o projeto!

    ResponderExcluir
  8. Mariana! Minha parceira de arte!

    Que postagem exemplar! Obrigado!

    Se todos pensassem e valorizassem a literatura nacional como você, a situação do mercado editorial seria outra!É um prazer enorme ler um texto assim.

    Como você mesma ressaltou, temos belíssimas histórias que se mantém desconhecidas do grande público justamente porque não existe procura e incentivo. É mais fácil (rentável)investir no que vem de fora. Não que deva existir diferença entre o que é produzido aqui elá. De maneira alguma. Mas precisa haver espaço para todos. Ainda assim, conheço pessoas engajadas em mudar este quadro como você e algumas editoras!

    Beijão enorme!

    Nanuka

    ResponderExcluir
  9. Sinceramente, me incomoda profundamente quando penso que ainda batemos em teclas como: "Permita-se conhecer a literatura nacional" ou "Acredite que podemos produzir boas obras".
    Parece que estamos falando de seres de outro planeta, que precisam ser aceitos no meio para se tornarem iguais. E isso não é verdade!
    Nossa literatura tem qualidade, SIM!
    Não deixei de ler o que é produzido no exterior, mas atualmente, dedico muito do meu tempo à literatura nacional, porque sei que não são os "nomes" de grandes celebridades ou aquele selinho "best-seller The New York Times" que irão assegurar minha satisfação ao concluir a última página de um livro; mas sim, toda a criatividade e dedicação de quem gerou e nos entregou sua obra.

    ResponderExcluir
  10. Eu passei aqui para deixar algo sobre este assunto, mas os meus amigos já fizeram isso por mim.
    Eu vou continuar trabalhando como escritor, com muita honra e divulgando as obras de meus amigos de profissão. Comecei muito cedo como profissional e digo que as coisas estão mais favoráveis a nós agora do que há 18 anos.
    Tudo é uma questão de hábito. Já vi muita gente fazendo careta à música nacional e aos filmes no início da década de 80. Hoje a história é diferente. Acredito que acontecerá com os livros também.
    Só peço aos amigos e amigas talentosas, que não recuem... Se for fazê-lo, que seja para pegar um impulso.

    Um abraços em todos
    Beijos e parabéns pelo post Mariana.

    Edson Gomes

    ResponderExcluir
  11. Eu acho q nossa literatura está cada vez melhor e deve ser sempre.incentivada!!! Temos autores maravilhosos e livros apaixonantes! Toda divulgação em q posso ajudar eu faço, pq eles merecem todo o incentivo possível!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas