Haverá um amanhã?


 Sexta-feira. 31 de maio de 2013. Acordei cedo, antes das 11h da manhã. Já é natural querer aproveitar uma sexta-feira normal, imagine uma sexta depois de um feriado. Queria conversar e sair com os amigos, fazer planos para o sábado e aproveitar o domingo para colocar as leituras em dia. Mas nada disso aconteceu.

 Acordar e ver fotos suas nas sociais foi fácil. Foi fácil porque não li as legendas. Eu pensei que poderia ser seu aniversário, mas eu estava enganada. A falta de atenção falou mais alto, e me fez esquecer que seu aniversário havia sido há um mês atrás. Como pode? Minutos depois veio a notícia. E não foi nada fácil receber uma ligação dizendo que você se foi e que não estava mais entre nós. 

 Não posso dizer que nos falávamos todos os dias, ou que eu te conhecia muito bem, mas todas as vezes que eu te via você estava rindo, rodeado dos amigos que também eram meus e que sempre demonstraram tanto carinho por você. Chorar foi inevitável. E foi muito difícil. Difícil chegar no colégio e não estar preparada, não ver sua bicicleta, não te ver rindo e fazendo palhaçadas no intervalo... Ficamos três diz sem aula na semana seguinte por conta do luto do colégio, porém isso não impediu que chegássemos na quarta-feira e lembrássemos que há uma semana, te vimos entrar lá pela última vez.

 Sei que para tudo existe um porquê, e realmente acredito que cada dia temos uma nova oportunidade de tentar de novo. Tentar ser melhor do que ontem e amanhã tentar ser melhor do que hoje. O problema é que acabamos esquecendo esse tipo de coisa, até que algo de muito ruim acontece.

 Como seria bom se pudéssemos receber uma mensagem do céu que dissesse "Ei, aproveita os próximos dias com ele, porque agora quero ele do meu lado". Assim poderíamos aproveitar cada momento com a certeza de que aquela pessoa ficará bem. É uma pena que isso não é isso que aconteça. Nunca. 

 A morte é algo certo, algo inevitável, mas que continua sendo imprevisível. Hoje em dia não me pergunto mais como será o amanhã e sim se haverá um amanhã.


Vai com Deus Léo. Você pode não ter sido um "grande amigo" para mim, mas se tornou meu amigo por ser tão amigo dos meus e por me mostrar ser uma pessoa tão boa. Só espero que você esteja bem e que possa ver o quanto foi, é e sempre será querido por todos nós. #AnjoLéo



"Nobody said it was easy
It's such a shame for us to part
Nobody said it was easy.
No one ever said it would be so hard
I'm going back to the start.

Ninguém disse que era fácil,
É uma pena nós nos separarmos
Ninguém disse que era fácil,
Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim
Eu estou indo de volta para o começo..."


                             ♪