[Resenha] Inverno de Cinzas | Adriana Brazil


Título: Inverno de Cinzas - Foi Assim Que Te Amei
Autora: Adriana Brazil
Editora: Novo Século
ISBN: 978-85-7679-913-9
Páginas: 280
Gênero: Ficção, Romance
Sinopse: No segundo livro da série “Foi Assim que te Amei”, INVERNO DE CINZAS, Helen depara-se com o momento mais crítico da sua vida. Nada diferente do forte Inverno que está sobre o país naquele ano. Tristeza, solidão, ressentimentos, lágrimas e dor, sopram as folhas deixadas pelo Outono de sonhos que Helen viveu, trazendo o frio da estação ao seu interior. O cinza que cobre seus dias a leva para uma profunda depressão. Ela encontra nos amigos, na família e na fé a força para continuar. Ela desabafa seus sentimentos na sua agenda, colocando suas emoções sufocadas pela saudade, como um Inverno sem cores, onde tudo ao seu redor, está completamente frio, cinza e sem vida.


 Em Outono de Sonhos, primeiro livro da série Foi Assim Que Te Amei, conhecemos Helen e Andrew, um casal que me emocionou muito. Nesse segundo volume da série, vemos um casal ainda mais apaixonado e um clima diferente graças ao cinza do inverno. Helen se juntou a suas amigas para aproveitar o último final de semana de férias. Andrew ainda possui receio em retornar a faculdade e iniciar novamente tudo o que ele deixou para trás desde seu acidente. Ele não sabia como seria a reação das pessoas a sua volta quando vissem como sua aparência havia mudado, mas Helen era seu maior incentivo. Ele procurava ser o mais cuidadoso possível com ela, sempre tentava demonstrar seu amor e ela sempre mantinha sua fé fervorosa passando sempre a esperança para ele. Porém agora o inverno chegou, e com ele o amargo sabor da distância está presente.
"Meus atos se tornaram insanos, somente a dor formava um escudo diante de mim. Meu coração estava quebrado, era como se aquilo fosse um sonho rasgado daquilo que acolhi como precioso para os planos da minha vida, um futuro aguardado, uma vida desejada." - Pág. 59
 Andrew está cada vez mais debilitado e fraco, o que me deixou muito apreensiva no decorrer do livro. Andrew precisa fazer uma viagem para São Paulo e impede com que Hellen vá junto, o que faz com que ela se sinta sozinha e acabe se revoltando com tudo e mudando seus hábitos, tanto que depois de um tempo, nem ela se reconhecia. Helen sofre durante noites, seu comportamento fica alterado e mesmo assim Sara e Richard se  mostram grandes amigos e estão ao seu lado. Mas será que essa estação tão fria trará dolorosas consequências? Será que Helen está prestes a perder seu grande amor? E quando acabarão essas intermináveis noites frias?

 Novamente Adriana Brazil conseguiu escrever um livro de forma brilhante. Não basta ter uma linda história  sem saber como contá-la, e a Adriana sabe como nos transmitir toda a emoção. A narrativa em primeira pessoa flui levemente carregada de amor, amizade e superação. Dessa vez Andrew está ainda mais apaixonado, se é possível, e nos encanta com suas cartas repletas de palavras que nos fazem suspirar. Dessa vez ele terá que tomar decisões difíceis em relação a ele, Helen e sua própria vida.

 Entendo todo o desespero de Helen, mas ela as vezes me fazia querer encontrá-la para dar uns bons conselhos. Não posso falar muito pois não quero acabar com as surpresas do livro, mas quem leu vai concordar comigo quando digo que Helen nos deixa aflitos em alguns momentos em que precisava tomar decisões importantes.

 Este livro nos mostra como fazer as melhores escolhas de nossa vida pode ser uma tarefa difícil, pois muitas vezes nos direcionamos ao caminho errado. Será que o tempo realmente cura tudo? Às vezes passamos por momentos nos quais nos custa entender o porquê de cada coisa, mas Inverno de Cinzas veio para nos mostrar que mesmo sendo incerta de vez em quando, a esperança continua intacta dentro de nossos corações. Mal posso esperar para ler "Primavera de Cores", que ainda não tem previsão de lançamento, mas que espero que seja ainda melhor.