[Dicas para novos escritores] Lidando com a publicação


No post anterior você descobriu algumas diferenças na publicação em uma editora comercial e em uma prestadora de serviços, certo?

Vamos supor que você, autor, conseguiu uma publicação. Oba! Que felicidade! Mas não se empolgue, caro autor, a “pior” parte está por vir. Digo “pior” parte, porque o seu trabalho não acabou quando você consegue um contrato de publicação, mas é o que muitos autores pensam. A maioria dos novos autores, quando conseguem ser publicados acham que a partir daquele momento tudo está nas mãos da editora. Em partes, sim, mas sem você, autor, seu livro será apenas mais uma publicação para nós, editores.

Vejo muitos autores (nacionais, claro) reclamando de editoras que não valorizam o trabalho do livro nacional, ou que seu livro não está tendo a devida atenção, que a editora não se preocupa em investir melhor no marketing do seu livro, etc, etc, etc. Mas o que você, como autor, tem feito para chamar atenção para seu livro?


Primeiro, autor, considere sempre que uma editora é uma empresa como qualquer outra que acima de tudo visa o lucro, certo? Pensando dessa forma, entenda que, o mercado editorial brasileiro está recentemente em crescimento, o que, de certa forma, você já é um vencedor por estar sendo publicado, já que, se considerarmos um pouco mais para trás no tempo, seria um tanto mais difícil.

Segundo, faça sua parte como autor, sempre, não apenas quando escreveu o livro. O que muitos não entendem é que o autor, de certa forma, também é e deve ser o editor, o revisor, o diagramador e o marqueteiro do seu próprio livro.

Quando uma editora aceita publicar seu livro, quer dizer que estão investindo em você e esperam que você invista neles. O que isso quer dizer? Quer dizer que, a partir do momento que o livro está naquele processo longo de produção, você já deve mexer seus pauzinhos. Enquanto a editora está produzindo, negociando com livrarias, planejando, gastando dinheiro e tempo em você, dê retorno! Divulgue, use seus contatos, mande e-mails contando a novidade sem parecer spam, ajude a distribuir o material promocional, converse com blogueiros literários, faça contatos com outros autores, troque ideias e informações... Afinal, o livro é seu, mexa-se!

Não critique a editora, nem a livraria, principalmente para seus leitores. Sei que o desejo do autor é de vender muitos livros, mas primeiro verifique se você está ajudando no processo de promoção do seu livro. Você tem realizado promoção com blogs? Tem falado sobre seu livro nas reuniões de amigos e familiares? Tem criado, você mesmo, materiais que chamem atenção de possíveis leitores? Se você tem feito tudo isso e mesmo assim acha que a editora tem dado pouca atenção ao seu livro, mostre para eles os resultados de sua divulgação. Tenho certeza que se você fizer sua parte, a editora verá o interesse dos leitores.

É importante que o autor saiba exatamente o que cabe a ele e à editora, assim é possível lidar muito bem com a publicação que, em determinados casos pode ser bastante estressante.


Comentários

  1. Excelente! Parabéns pela iniciativa do post. É muito bom informar e contribuir para que novos escritores se destaquem no mercado!

    Abraços!

    www.universodosleitores.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada!!! Sugestões ou dúvidas, é só enviar.

      Abraços!

      Excluir
  2. Achei o post bem interessante.
    Acho que é válido o autor usar seus contatos e procurar fazer parcerias com blogs literários para ajudar na divulgação do seu livro..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Pamela. É muito válido usar dos próprios contatos para divulgar o livro.

      Abraços!

      Excluir
  3. Muito Bom seu texto florzinha, parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  4. Oi Aline,
    é bem complicado o autor espera que a editora faça tudo e a editora espera que o autor faça mais do que ele esta disposto.
    Acho que legal os blogs ajudarem muitos autores!

    abraços

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Vanessa!
      É bem complicado, sim. Por isso é importante saber o que cabe à cada parte, autor e editora, pra que assim o autor possa entender sobre o que acontece com o próprio livro.
      Uma boa relação entre autor e editor é um começo ótimo para que tudo ocorra de forma tranquila e que supere expectativas.

      Abraços!

      Excluir
  5. Muito bacana, o texto realmente ajuda! Achei muito bom mesmo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Gabriela. Qualquer dúvida, estamos aí.

      Beijocas!

      Excluir
  6. Eu amei o texto.
    Excelente!
    Me ajudou muito, já que eu pretendo ser uma futura escritora.
    Parabéns
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  7. O artigo é fantástico, parabéns, acredito que as dicas ajudaram muitos autores.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pelo post!!!
    Esclareceu muita coisa!!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas