[Resenha] Aconteceu em Paris | Molly Hopkins


Autora: Molly Hopkins
Titulo: Aconteceu em Paris
Título original: It Happened in Paris
ISBN: 9788581632599
Editora: Novo Conceito
Número de páginas: 480
Área Principal: Ficção
Assuntos: Romance
Sinopse: Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris. Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais!
O primeiro romance de Molly Hopkins é um livro que todo mundo gostaria de ler. É verdade que você pode se incomodar com o comportamento de Evie quando ela descobre que Rob é muito rico, e pode até ser que você ache que Rob é exageradamente controlador. Mas nada é maior que as gargalhadas que você dará quanto mais conhecer a garota descomedida, apaixonada e com um imenso coração que é Evie. Uma moça como muitas que conhecemos.




 Quarta-feira congelante aqui no Rio, Jornada Mundial da Juventude rolando, os peregrinos para quem fiz companhia foram para Copacabana e decidi tirar um dia para ler. Escolhi "Aconteceu em Paris" por causa do frio que estava fazendo e que com certeza me faria ficar "mais próxima" da história (risos). Comecei a ler o livro de manhã cedo, depois que os peregrinos saíram e terminei quando eles estavam chegando. É, pessoal, li esse livro de mais de 450 páginas em um dia. Não sei se foi Evie que não me permitia deixa-la sozinha, se foi realmente o clima que me prendia a história ou se simplesmente a narrativa de Molly Hopkins me fazia querer ler cada vez mais. 
  
 Evie é uma das personagens mais engraçadas que conheci. Ela mora com Lulu, sua amiga que é enfermeira que se apaixona fácil. As duas são pessoas como nós, que tem defeitos, gostam de se divertir, são exageradas em alguns momentos, sonham e principalmente, agem muitas vezes sem pensar. Quer esquecer algum problema? Evie e Lulu tem a receita certa: coma muito chocolate e beba muito vinho. Muito mesmo. As duas admitem serem alcoólatras, já que não passam um dia sem beber boas doses de vinho.
"- Eu quero viajar, conhecer novas pessoas e ser paga para isso. – Eu me contorci. Isso soava fútil até mesmo para mim.
- Nesse caso, você já pensou em seguir carreira como astronauta?"
 Evie acaba de perder o emprego e não está satisfeita com seu peso, mesmo que não faça nada para ficar mais magra. Ela é tão preguiçosa que desde as primeiras páginas do livro promete arrumar seu guarda-roupa e acaba não o fazendo. Como perdeu o emprego, ela decide mudar totalmente de carreira para poder juntar o que mais gosta: viajar; como o lugar que ama: Paris. O problema não é só que ela nunca trabalhou como Guia Turístico, o problema é que ela nunca viajou para Paris e seu francês é o praticado na escola. Evie resolve pesquisar e gravar o máximo possível para convencer de que já foi várias vezes a cidade luz e conseguir o emprego. Posso dizer que ela irá conseguir, e irá muito bem acompanhada para a cidade do amor, mas posso afirmar que esse novo emprego não lhe dará apenas um bom salário....

 Mollu Hopkins não só criou Evie e Lulu para nos divertir, como todos, T-O-D-O-S os personagens nos fazem rir pelo menos uma vez durante a leitura. Você ri tanto, que chega a se perguntar se os personagens e as situações são realmente engraçadas, ou se você está ficando bobo e rindo de tudo. No final, acaba tento certeza da primeira opção.

 O livro possui 480 páginas, e por mais que eu acreditei que a história poderia ser reduzida sim, não consigo lembrar de uma cena que pudesse ser retirada. Acho que o livro não teria a mesma essência. As páginas amareladas e o tamanho da fonte só ajudam ainda mais no desenvolvimento, e essa capa maravilhosa nos dá ainda mais vontade de ler o livro. O kit que a NC preparou (e mandou um para vocês também) vem com uma almofadinha de pescoço para viagens e uma ecobag (que já vou usar na Bienal) personalizadas, além de um marcador da Torre Eiffel lindo! Em breve vocês poderão participar da promo aqui no blog e concorrer a esse kit maravilhoso.

 Superdivertidosuperengraçado e superencantador são três adjetivos que descrevem o livro perfeitamente. A narrativa da autora nos incentiva a querer ler mais e mais, o que me fez querer que Molly Hopkins escrevesse um spin-off de alguns dos personagens. Isso mataria a saudade, com certeza.