[Resenha] O Inverno das Fadas | Carolina Munhóz


Título: O Inverso das Fadas
Autora: Carolina Munhóz
Editora: Fantasy - Casa da Palavra
ISBN: 9788577342679
Número de Paginas: 304
Categoria: Literatura Juvenil
Sinopse: A ATRAÇÃO PODE SER FATAL, MAS A FANTASIA FAZ PARTE DO ENCANTAMENTO. Sophia Coldheart não é uma fada comum. Ela é uma Leanan Sídhe, uma espécie de fada que serve de musa para humanos talentosos alcançarem o sucesso. Uma fada-amante. Mas isso tem um preço. Ao mesmo tempo em que os leva ao estrelato, se alimenta de suas energias, levando-os à loucura. E à morte. Uma vida intensa e extraordinária com um fim trágico.
Mas o que aconteceria se um humano resistisse à sua sedução e fizesse a própria Sophia sentir-se fascinada por ele? A autora Carolina Munhoz nos conta essa história com primazia, mostrando que o mundo da fantasia para jovens ainda pode render sucessos e obras que vão muito além do simples passar de tempo.


10 de setembro de 2011. Eu andava pelos corredores da Bienal, meio que me despedindo de cada stand. Aquele era meu último dia de Bienal. A Bienal para mim é um paraíso, e quem disse que eu queria sair de lá? Do nada encontro uma loira linda, vestida de Ariane Narin, personagem do livro Dragões de Éter. Não havia lido o livro, não conhecia o autor, mas sabia da história. Logo pedi uma foto com ela. O que eu não sabia, era que eu estava diante de um grande talento da literatura.

  Em Inverno das Fadas conhecemos Sophia Coldheart, uma Leanan Sídhe, conhecida como "fada-amante". Essas criaturas vagam no mundo em buscas do amor. Mas não apenas isso. Elas servem de inspiração e seduzem grandes artistas para alcançarem a fama, e depois fazer uso de suas energias até levá-los à morte. Mas apesar de parecer que elas fazem isso por serem frias e não terem  coração (o que faz com que o sobrenome da personagem seja um tanto inteligente. - Cold é frio em, e heart é coração. Coldheart. Coração Frio). Sophia conseguia viver bem com as marcas que cada homem de quem ela tirou a vida deixou em seu corpo, mas é um simples escritor inglês que irá mudar o rumo de sua vida. Ele não só se apaixonada perdidamente por ela, como tem o poder de fazê-la se apaixonar por ele, mas isso está errado. Sophia não pode se apaixonar. Não pode se apaixonar por um humano.
"O problema sempre foi esperar pelas respostas do destino. Maldito seja ele" - Pág. 13
 A primeira coisa que eu reparei no livro quando o recebi foi o título de cada capítulo. A autora teve a brilhante ideia de usar frases de músicas (a playlist completa está na última página do livro) que se encaixam perfeitamente com cada capítulo. Eu conhecia a maioria das músicas, mas as que não conhecia, corri para fazer download e agora a Carol tem uma playlist no meu celular com o nome "Coldheart" (risos). No livro também temos menção a artistas já mortos, como Michael Jackson, Amy Whinehouse e até Raul Seixas. A autora também me deixou bem feliz quando cita os autores J.K. Rowling e George R.R Martin.

 O livro é narrado em terceira pessoa, alternando entre cada personagem. A narrativa da Carol é tão envolvente quanto Sophia. Por mais que em um primeiro momento eu tenha achado que a paixão e o amor sejam duas coisas que acontecem rápido demais no livro, cheguei a simples conclusão de que a Sophia é uma Leanan Sídhe e é assim que as coisas acontecem para ela.

 Mesmo amando a Sophia, não conseguir gostar tanto do William. O personagem foi muito bem estruturado, e entendi perfeitamente o que a autora quis passar: um humano - o primeiro - que era independente quando se tratava da fada. Agora, escrevendo a resenha, estou começando a pensar que "tomei as dores" da fada e achei que ela deveria ter ainda mais controle de tudo (risos), ou seja, pode ser que você fique mais a favor das atitudes de William. Basta ler para tirar sua conclusão ;D

 Carolina Munhóz está de parabéns por nos apresentar uma história inovadora, totalmente criativa e um tanto sensual. Quando a conheci na Bienal não sabia que era escritora, e quando descobri depois de um tempo quis logo conhecer seus livros. Seu talento me impressionou de forma totalmente positiva, e tenho certeza que lerei todos seus livros daqui para frente.



* Nas próximas duas semanas serão publicadas as resenhas de Feérica e A Fada. No final da última resenha publicada haverá um sorteio de 6 marcadores (dois de cada livro da autora), sendo 3 deles autografados pela Carol, especialmente para vocês. Comente, e fique de olho ;D