[Resenha] Claro Que Te Amo | Tammy Luciano


Autora: Tammy Luciano
Titulo: Claro que te amo!
ISBN: 9788581633084
Editora: Novo Conceito
Selo: Novas Páginas
Número de páginas: 320
Área Principal: Ficção
Assuntos: Romance; Literatura Nacional
Sinopse: Piera tem certeza: está cometendo a maior loucura da sua vida ao assistir, escondida, ao casamento de seu ex-noivo. Depois de seis anos de relacionamento, entrar de penetra na comemoração foi tudo que André deixou para ela. E olhar a cena não a faz feliz, mas encerra uma fase de sua vida. Hora de recomeçar. Mas como recomeçar se seu coração está cheio de dor? Envolver-se com a história de Piera é como descobrir que sempre há um lado muito bom a ser revelado... Mesmo que tudo pareça tão difícil.
"Ser mimada não é pecado, gostava de me sentir especial, mas intimidade forçada é algo que sempre me incomodou." - Pág. 38
 Quando Tammy Luciano divulgou que estava escrevendo um novo romance logo fiquei com muita vontade de conhecê-lo. Eu havia gostado muito de Garota Replay, e agora ela havia dito que estava escrevendo uma história mais emocionante. O que me deixou mais ansiosa. Neste livro ela nos apresenta a Piera, uma personagem doce, gentil e romântica que, com certeza, fará com que muitas garotas se identifiquem com seus pensamentos. No momento em que conhecemos Piera ela está se sentindo abandonada, humilhada e, principalmente, insegura. Ela acaba de sair de um relacionamento de longos 6 anos e está prestes a ver seu ex-namorado casar com uma garota com quem ele mal tem um ano de namoro. Apesar de ter seu pai como grande exemplo de homem fiel, ela passa a se questionar involuntariamente, se todos os homens são como André, e se todos já passaram por uma decepção como a dela.

 O pai de Piera é um homem bom, apaixonado pela vida e, sem dúvidas, pela sua filha. Ele cuida dela sozinho desde que sua ex-esposa o abandonou quando a filha tinha meses de vida sem deixar aviso prévio, pista de seu paradeiro ou o motivo de ter ido embora. Mesmo abandonado, ele não pensou duas vezes antes de seguir em frente, cuidar de sua filha da melhor maneira que pudesse, e dar a ela todo o amor que ela merecia - e que ele tinha de sobra.

  Abandonada pela mãe ainda quando criança e, agora, abandonada pelo homem que ela amava Piera sente como se nunca mais pudesse ser feliz, mas com o apoio de suas três melhores amigas, com o retorno de alguém importante e com o surgimento de alguém que ainda fará muita diferença em sua vida, ela verá que todo acontecimento ruim pode trazer um ótimo recomeço.
"Quando sentimento é uma obrigação, não vale nada o relacionamento." - Pág. 302
 Neste livro consegui reconhecer Tammy durante toda a leitura. Quando li Garota Replay ainda não conhecia seu trabalho, então acredito que hoje, depois de vários encontros e conversas com ela, ler um livro seu se tornou algo mais prazeroso pelo simples fato de poder encontrar um pouquinho dela em cada um dos personagens. Gostei muito da narrativa, que é em primeira pessoa, mas não nos deixa sem os detalhes necessários e tampouco se torna massante com os pensamentos da personagem.

 A Piera é uma personagem que de certa forma, ajuda o leitor a pensar mais sobre suas próprias atitudes. A Tammy criou uma personagem que nos cativa e que ao mesmo tempo, faz com que seus questionamentos e inseguranças nos façam questionar nossos próprios atos. Ela não é aquela personagem sem graça que fica o livro inteiro se questionando sobre tudo que acontece, pelo contrário!  Ela pode sem se questionar, errar muitas vezes, mas em nenhum momento aquilo se torna massante. Tudo tem um porquê, e cada pensamento e conclusão de Piera são valiosos para o desenrolar da história. Admito que em alguns momentos queria estar lá para falar umas verdades para Piera, ou simplesmente um "Se joga no Jaleco, Piera" ( leiam para entender), mas isso as amigas dela fazem muito bem por mim! (risos)

 Denise, Drê e Renata são as três melhores amigas de Piera, e elas são incríveis. Cada uma com sua personalidade e forma de ver e viver a vida, conseguem dar os melhores conselhos para Piera e nos deixam com vontade de conhecê-las também. A Drê é a mais engraçada das três. É ela que sempre apóia a Piera e dá uns empurrõezinhos quando é preciso (mais uma vez, leiam para entender).

 Sobre os caras que entram na vida de Piera, tenho que falar de cada um. André: o cara ridículo que faz a pior escolha de sua vida (para mim, e para o Marcelo foi a pior!) e pensa que pode ter o que quer, na hora que quiser. Guilherme: o cara que se faz de bom moço e depois tira sua máscara. Marcelo: o cara que se mostra cavalheiro, fofo, carinhoso e seguro do que quer; e o melhor: ele realmente é. A forma como ele fala com Piera é tão doce, que deixa qualquer uma com invejinha branca dela. Acho que não restam dúvidas de que o Marcelo é o meu preferido - e será o de todos vocês -, né? (risos)

A diagramação do livro está a coisa mais linda! No início de cada capítulo (como vocês podem ver na imagem) temos borboletas lindíssimas, o título do capítulo e uma frase que nos apresenta ao capítulo que se inicia. Em cada folha temos borboletas no lado superior direito, e corações no rodapé esquerdo. As borboletas tem um significado importante na história, então o trabalho da Editora só aumentou a magia do livro.

 Termino a resenha dedicando uma salva de palmas à Tammy Luciano. Amor, mentiras, amizade e confiança são quatro elementos que mostram como Claro Que Te Amo!  merece a atenção de cada um de vocês. Li um livro em um dia apenas, e nesse dia não queria nem parar para comer, ver TV, ficar no computador ou responder mensagens. Só para vivenciar o amor de Piera e Marcelo. Tammy criou um romance que nos traz muita verdade, que nos fazer desejar viver um romance tão lindo quanto o que eles vivem e que fará com que até aqueles que não são muito românticos, suspirem de amores por sua história.

"Somente quando nos encontramos com o amor verdadeiro, entendemos quem somos." - Pág. 302