[Resenha] Fui Uma Boa Menina? | Carolina Munhóz


Título: Fui Uma Boa Menina?
Autora: Carolina Munhóz
Editora: Rocco Digital
Número de páginas: 16
Sinopse: Nestas páginas de diário, uma adolescente fora do comum escreve sobre seus dramas e conflitos familiares ao mesmo tempo corriqueiros e excepcionais, em uma narrativa envolvente, cheia de suspense e, claro, com o toque de fantasia característico de Carolina Munhóz, que vem conquistando jovens leitores por todo o Brasil.Fui uma boa menina?, conto de estreia da autora na editora Rocco, é um presente de Natal para todos os fãs.
"Aprendi a deixar de lado qualquer dor ou culpa por ir contra os princípios de todos ao meu redor."
 Ontem, ao entrar no Facebook, tive uma grande surpresa: a autora Carolina Munhóz estava anunciando que ela e sua nova casa editorial, a Rocco, tinham um grande presente para os leitores: um conto de natal grátis na Amazon. Eu corri para garantir o meu e não me aguentei de curiosidade e li ontem mesmo, antes de dormir. Como não podia deixar de compartilhar minhas impressões com vocês, hoje venho falar desse conto super especial.

 No conto "Fui Uma Boa Menina?", Carolina Munhóz nos apresenta a uma adolescente que parece com muitas outras: cheia de conflitos com si mesma e buscando a atenção do pai. Ele é um homem muito importante que é conhecido em todo o mundo, admirado por todos seus funcionários e principalmente por sua esposa. Ele é um homem que consegue alegrar a todos ao seu redor, mas não percebe que a única pessoa que realmente precisa de sua atenção, nunca a a tem: sua filha. Ela se sente sozinha, odeia a cidade onde mora e odeia ainda mais o clima do local.

 Ao longo das poucas páginas deste conto, Carolina nos apresenta os pensamentos de sua personagem, que são escritos pela mesma em um diário (que ela apelidou gentilmente de Rosebud). Ela se questiona sobre os seus próprios atos e os de seus pais, e sente falta de uma pessoa que perdeu no último Natal. A partir de um certo momento da história a menina precisa parar de escrever em seu diário, e a narrativa em terceira pessoa se torna presente,  nos mantendo informados dos acontecimentos que seguem.

 Carolina mantém um suspense até a última página do conto e nos deixa encantados com tanta criatividade. Logo nas primeiras páginas começamos a nos questionar o porquê de o pai da personagem sempre estar tão ocupado e durante todos esses anos não poder nem passar um Natal em família. Também nos questionamos sobre a identidade da menina e de sua mãe, e sobre os acontecimentos do último Natal. Carolina escreveu tudo de uma forma tão impressionante, que nos deixa atentos a cada palavra em busca de detalhes que nos revelem a identidade de cada personagem e mesmo que já tenhamos nossas suspeitas, o final não deixa de ser surpreendente e emocionante.

 Carolina Munhóz escreveu um conto que, mesmo em poucas páginas, e com a presença de suspense e fantasia, consegue nos lembrar a importância da família no Natal, e como a simples presença de alguém importante pode ser muito significativa. "Fui Uma Boa Menina?" é um conto que fará com que os leitores de Carol matem a saudade de sua escrita e fiquem ainda mais ansiosos para saber o que vem por aí em sua trilogia que será lançada pela Rocco no próximo ano. E se quiser adquirir seu conto gratuitamente, basta clicar aqui.


Confira as resenhas de outros livro de Carolina Munhóz:

Comentários

  1. Eu não conhecia mas, nossa, depois dessa resenha, não pude deixar de adquirir o meu também. Acabei de ler as suas resenhas de O Inverno das Fadas e Feérica e amei! Acho que você vai me falir, Mari, por que toda resenha incrível que você faz me deixa com vontade de ler o livro. Vou começar a ler o conto agora!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro a Carolina! Onde eu moro não temos muitos eventos, e fico com uma certa invejinha quando vejo várias fotos de leitores com os autores que gosto, e quando vi suas fotos com a Carol em eventos não foi diferente, Mariana. Adorei essa resenha, mas vou ficar naquele gostinho de quero mais pois não tenho kindle nem nenhum meio para ler :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Simone! Que fofa! Espero um dia poder conhecê-la em um evento. Vi que não tem Kindle. Sabia que dá para baixar de graça no PC? É só clicar em "compre agora com um clique" e criar o seu cadastro. Depois de criado vai perguntar se quer baixar o Kindle para seu PC, celular ou tablet. Você baixa e clica novamente pra comprar no site. Ele vai perguntar se você quer que baixe para o seu Kindle. Você concorda preenchendo seus dados e cpf. Automaticamente vai para o programa do Kindle. Demora um pouco, mas é totalmente gratuito. Qualquer coisa existe na Saraiva também. Um grande beijo e fico feliz que tenha gostado da super resenha da Mari.

      Excluir
  3. Boa tarde,

    Boa resenha.

    Não conhecia o livro, mas não é um leitura para o momento...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Eu li o conto e também gostei bastante. Achei uma ideia super original e fiquei conhecendo, finalmente, a narrativa da Carolina já que ainda não havia lido nada desta autora.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Quero ler esse conto também. Adorei sua resenha. Um livro com um tema desse, deve ser uma leitura bem reflexiva. O título já me ganhou rs

    ResponderExcluir
  6. Adorei sua resenha. O título desse conto é bem chamativo. Confesso que tenho muita vontade de ler os livros da Carolina Munhóz. E esse conto só aumentou a minha vontade de conhecer ainda mais a sua escrita - que já percebi ser incrível. Além de que ela sempre me faz lembrar do dia que a minha mãe a descreveu perfeitamente e comentou sobre sua inteligência e garra. Desde então passei a admirá-la muito. Minha mãe também gostava dela e a admirava bastante.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas