[Resenha Premiada] Mais Uma Chance | Gutti Mendonça e Federico Devito

Título: Mais Uma Chance
Autores: Gutti Mendonça e Federico Devito
ISBN: 978-85-63993-64-9
Editora: Évora
Selo: Generale
Número de Páginas: 456
Assunto: Ficção
Sinopse: Uma banda formada por três amigos e dois irmãos, no auge da fama e do sucesso, decide que, após quatro anos longe de sua pequena cidade natal, finalmente é hora de voltar para casa. A princípio, viajam apenas para descansar e se recuperar da desgastante vida de artista e, para mais tarde, voltar à impiedosa rotina. Mas não é necessário muito tempo para que o passado venha resgatar histórias, conflitos, lembranças e um sentimento de nostalgia que havia sido deixado para trás. Os valores esquecidos voltam a fazer parte do cotidiano dos integrantes da banda, que passam a enxergar tudo aquilo de que abriram mão em nome da fama. São colocados diante de todos os casos mal resolvidos do passado, desde relacionamentos amorosos e família até suas amizades. Assim, são obrigados a lidar com a culpa, o arrependimento, a saudade, a raiva e com tantos outros sentimentos . Em meio a todo esse ambiente improvável e diferente, Ana, ou Aninha, uma garota perfeitamente comum, é imersa em uma realidade completamente diferente de qualquer uma que já tenha vivido. Será que essa mudança causará muito impacto em sua vida? Ou será que ela se tornará o caminho de volta dos integrantes da banda para o sossego e a normalidade?
" - [...] A música é o ritmo - falou sorrindo.- qualquer coisa pode ser música. [...]" - 403
 Até hoje me lembro, como se fosse ontem, das várias revistas Caprichos que comprava e nas quais sempre via um Colírio Capricho. Lembro-me, também, de quando chegava na casa de uma das minhas amigas e elas estavam assistindo a vídeos e Twitcans de algum dos Colírios. Lembro-me de quando meu melhor amigo se tornou Colírio. E lembro-me do dia 10 de setembro de 2011, quando estava me despedindo da Bienal RJ e vi, de longe, dois caras que eu conhecia em algum lugar. O tumulto, os gritos, as garotas falando "são eles, são eles" repetidas vezes e os vários flashes de câmeras não mentiam: eram famosos. Minha amiga que estava comigo na mesma hora puxou meu braço e falou: "Mariana, é o Federico! É o Gutti!" Eu me recusei a ficar naquela fila quilométrica, afinal, minha amiga não gostava de ler, eu não sabia nada deles além do nome, e será que o livro era realmente bom? Dois anos depois, a frase que pode me definir é: "Ai, se arrependimento matasse". 

 Neste livro, Federico e Gutti nos apresentam primeiramente à banda Mega Watzs, formada por  Apolo, Enzo e Zack, Michele e Giovane. Os cinco amigos são mundialmente conhecidos graças ao grande sucesso que a banda obteve em seus quatro anos de carreira, e agora estão a caminho de fazer o último show de uma turnê na cidade onde tudo começou, idade na qual vive Aninha e suas três amigas, Larissa, Amada e Julia. Elas são super fãs da Mega Watzs e pretendem ficar na frente do hotel onde a banda irá se hospedar até conseguiram ver os ídolos de perto. Tudo poderia sair como sempre: uma longa espera, milhares fãs enlouquecidas, doidas por um abraço ou apenas um olhar dos ídolos, e muito tumulto; se não fosse por uma aposta...

 Imagino que escrever um livro à quatro mãos não seja fácil, mas Gutti e Federico o fazem muito bem. Em nenhum momento eu pude reparar que eram pessoas diferentes que estavam escrevendo. Achei incrível a forma como os dois organizaram as cenas, os acontecimentos e os capítulos. Os dois autores tiveram uma sincronia que nos envolve de uma forma inexplicável. Acho que uma das melhores coisas da narrativa em terceira pessoa é que podemos ver o ponto de vista de todos os personagens da obra, além de que esse tipo de narrativa dá a liberdade certa para cada personagem, e nos deixa os detalhes necessários de toda a história.

 Uma das melhores coisas no livro é que os autores não nos lançam várias informações sobre todos os personagens logo de cara. Cada um tem seu tempo, cada um tem sua história, cada um tem sua personalidade. Admito que logo de cara não gostei de Gigio por conta de seu jeito mulherengo e impulsivo, mas já gostei de Michele pela sua atitude. Aninha foi uma personagem que durante metade do livro eu não sabia se gostava ou não. Os demais personagens tem todos os seu momento, e algo que me impressionou, foi que nenhum deles é esquecido, ou simplesmente tem um aparecimento repentino. Os autores souberam criar um enredo incrível

 Algo que me me deixou super empolgada para começar a ler o livro foi o Prefácio, incrivelmente escrito pela super querida Babi Dewet (autora de "Sábado à Noite"). Nele ela fala sobre como a relação de fãs e ídolos tem sido abordada atualmente e sobre os jovens. Ela também nos deixa super empolgados para iniciar a leitura do livro, já que comenta sobre o mesmo de uma maneira super empolgada (bem o jeito Babi de ser! haha).

 O trabalho da Editora também está impecável. A fonte e seu tamanho estão ótimos para que a leitura seja fluída, as folhas amareladas não cansam a vista de nos permitem ler o livro por horas seguidas (terminei a leitura em um dia!), a fonte do título de capa capítulo é um detalhe a mais e a capa está linda! Adorei a ideia de termos a trilha sonora do livro junto com o mesmo (aliás,estou escrevendo esta resenha escutando o CD!).

 Quando eu disse no inicio da resenha que me arrependia, eu me referia a não ter esperado na fila, adquirido meu exemplar de "O Preço de Uma Lição" e conhecido os dois pessoalmente. Agora, depois de ter conversado um pouco com os dois na Bienal RJ deste ano, e ficado tão encantada com o segundo livro da dupla, mal posso esperar para adquirir o primeiro. E quem sabe não rola uma promo dos dois livros aqui para vocês?
 Gutti Mendonça e Federico Devito escreveram um livro cujo enredo nos permite vivenciar cada momento junto aos personagens. Mudanças, valores e confiança são três assuntos que estarão presentes durante a trajetória de Gigio e Aninha, e farão com que todos percebam que não importa de quem, ou do que se trata, todos merecem "Mais Uma Chance". Sem dúvidas entrou para os melhores livros de 2013!



SORTEIO


 Enquanto não temos promoção dos livros de Gutti e Federido, que tal concorrer a 2 marcadores autografados pelos dois? Para concorrer basta:
- Seguir o ML atravésdo Google Friend Connect (clique em "Participar deste Site" na barra lateral)
- Comentar nessa resenha. 

OBS:
- Comentários como "participando" e "adorei a resenha" não serão contabilizados. Faça comentários coerentes e relacionados ao post e seu conteúdo para participar.
- O sorteio se inicia hoje, 23 de Dezembro de 2013, e termina no dia 10 de Janeiro de 2014;
- O resultado será postado em um novo post no dia 11 de Janeiro de 2014;

- O ganhador tem 48h para enviar um e-mail com seus dados através da aba "contato" do blog.
- Leia a Política de Envio do blog clicando aqui.

 Comentem e boa sorte!

Comentários

  1. Adorei a sua resenha, Mari!
    Assim como você, eu sempre estava rodeada de amigas que amavam os Colírios e acabei conhecendo alguns por nome. Já vi os dois livros de Federico e Gutti em livrarias mas ainda não tinha vontade de comprá-los, mas depois de sua resenha, já estou pesquisando os preços aqui para comprar antes do fim do ano. Suas resenhas são sempre sinceras e confio em sua opinião. Espero me surpreender tanto quanto você! Beijos :*

    ResponderExcluir
  2. Admito que quando vi a capa e sinopse do livro, aqui no blog mesmo, eu não me interessei, mas depois da sua resenha achei incrível! Gostei de os dois autores terem sintonia e não nos deixarem perceber que são duas pessoas escrevendo um só livro. Gostei também de mudanças e confianças. Não dava nada por ele quando vi a sinopse, mas agora quero muito que você faça uma resenha do primeiro livro deles e um sorteio dos dois livros, pois irei participar muuuito!

    ResponderExcluir
  3. Escrever um livro à quatro mãos não deve ser fácil mesmo.Não conhecia esse livro.. A história de uma banda deve ser bem bacana e pelos assuntos que você citou imagino o quanto a fama pode influenciar a vida das pessoas.

    ResponderExcluir
  4. " - [...] A música é o ritmo - falou sorrindo.- qualquer coisa pode ser música. [...]" - 403
    Nossa, alguém falou em música? rs... Super curiosa para ler!! A capa está linda e a história me chamou a atenção!! Quero esse livroooo!! haha' Parabéns por mais uma excelente resenha!! Bjs ;)

    ResponderExcluir
  5. Música? Musica? Com certeza me deixou bastante curiosa para ler!! Quero com certeza!! Não conhecia o site desde que uma amiga começou a falar muito dele! Adorei! Com certeza vou continuar me conectando aqui! Beijão!

    ResponderExcluir
  6. eles escrevem tão bem, o livro é tão contagiante que parece que vc tá no show deles quando eles tocam... e o cd que vem junto se torna tão real, é incrível..... e que final.....

    ResponderExcluir
  7. Oii Mari!
    Eu tenho uma paixão secreta pelo Gutti e o Federico hehehehe
    Eu já li O Preço de Uma Lição e fiquei apaixonada! Mal posso esperar pra a continuação que só sai em 2015 =(
    Estou louca para ler o novo livro deles!

    Beijos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas