[Das Páginas Para As Telas] Em Chamas

 Não é segredo para ninguém que eu não sou (super) fã de Jogos Vorazes. Uma amiga era simplesmente apaixonada pelos livros e queria porque queria que eu os lê-se. Ela me emprestou a trilogia e eu fiquei com os livros parados em casa por pelo menos um mês antes de começar a ler o primeiro livro. Eu queria evitar poder "discutir" sobre a nova "modinha" com todo mundo e poder continuar com meus simples "não li os livros, não assisti ao filme, não posso opinar". Porém, não teve jeito. Li o primeiro livro, assisti ao filme logo em seguida, e estava super ansiosa para ver a adaptação do segundo livro.

 "Em Chamas" foi o meu livro favorito da trilogia. Para mim, o primeiro foi bom, este foi incrível, e o último foi bastante decepcionante. Neste segundo filme Katniss (Jennifer Lawrence) está vivendo na Vila dos Vitoriosos, onde Haymich (Woody Harrelson) - o único ganhador do Distrito 12 até então - e Peeta (Josh Hutcherson) também vivem. Depois de vencer a última edição dos Jogos Vorazes por conta da ameaça pública à capital. Prefeito Snow (Donald Sutherland) vive diariamente na cola de Katniss e ameaça sua família e amigos para que ela interprete perfeitamente seu papel de moça apaixonada, principalmente agora que ela e Peeta vão visitar todos os outros Distritos durante a Turnê dos Campeões. A ideia era fazer com que todos acreditem na existência dos "Amantes Afortunados do Distrito 12", mas Katniss não imaginava criar uma revolução.
"Ela se Tornou uma luz de esperança para eles. Então, ela precisa ser eliminada."
 Eu simplesmente AMEI o filme! Achei ele bem fiel ao livro, e as cenas cortadas não fizeram tanta falta como eu imaginei que poderiam fazer. A única coisa ruim de todo filme que é uma adaptação, é que os sentimentos da personagem são sempre interpretados de forma errada. É óbvio que quem não leu o livro pensará que Katniss tem um amor proibido por Gale (Liam Hemsworth), e que não gosta nem um pouco de Peeta - só se importa com sua sobrevivência - mas quem leu o livro sabe que não é assim. Katniss se sente totalmente dividida entre os dois e me deixa com muita raiva toda vez que mostra estar gostando mais de Peeta (sim, eu sempre serei #TeamGale!)

 A atuações foram impecáveis, e uma das coisas que mais gostei no filme é que todos tem boa participação.Todos os tributos eram exatamente, ou até melhores (!) do que eu esperava; a mãe de Katniss (Paula Malcomson) e sua irmã, Prim (Willow Shields) aparecem bem mais do que no primeiro filme - como deve ser - e podemos finalmente ter uma verdadeira opinião sobre as duas; Gale... bom, eu sou suspeita pois adoro o personagem e o ator, porém mesmo sabendo que ele não aparece tanto por conta dos Jogos, sinto falta da presença dele; Peeta me tira sempre do sério com aquele jeito "amo a Katniss, me conformo apenas em fazer parte do joguinho dos apaixonados e me faço de vítima no final"; Caesar (Stanley Tucci) e Effie (Elizabeth Banks) sempre nos fazem rir nos momentos menos apropriados; Presidente Snow e Plutarch (Philip Seymour Hoffman) nos deixam ainda com mais raiva do que durante a leitura do livro (ver as personagens com vida nos passa ainda mais emoção); e Cinna (Lenny Kravitz ) é apenas o Cinna

 Com atores incríveis, efeitos especiais de tirar o fôlego e maquiagens e figurinos que não deixam a desejar, "Em Chamas" fará com que os leitores da trilogia não fiquem decepcionados, e com que todos fiquem ainda mais ansiosos para o próximo filme. "Em Chamas", para mim, agora é, além de meu livro favorito da trilogia, meu filme favorito da mesma até então.