[Resenha] Cinderela Louca | Chico Anes


Título do Livro: Contos de Carnaval - Deixando o Abadá de Lado
Título do Conto: Cinderela Louca
Autor: Chico Anes
Editora: Grupo Editorial Novo Conceito
Selo: Novas Páginas
Sinopse: Deixe o abadá de lado e caia na folia com o e-book Contos de Carnaval. As fantasias, os amores, os desamores, as loucuras, a alegria... Os quatro dias de carnaval podem gerar muita inspiração. 
Pensando nisso, o Grupo Editorial Novo Conceito criou um livro exclusivo para o carnaval reunindo alguns de seus autores nacionais: Marina Carvalho, Tammy Luciano, Graciela Mayrink, Chico Anes, Germano Pereira, Felipe Colbert, Pedro de Camargo e Danilo Barbosa.
Cada autor utilizou seu estilo de narrativa e experiências pessoais, e teve como inspiração o carnaval de sua região.
Confira as histórias e os personagens inéditos dos seus autores nacionais favoritos em clima de carnaval.
"[...] os dois se beijaram como só o primeiro beijo pode ser: infinito, absoluto, viciante."

 Chico Anes é um autor muito querido por mim. De seus dois livros publicados, o único que li foi "O Sonho de Eva", mas este já foi suficiente para admirá-lo. Chico tem uma escrita única, capaz de envolver todos os leitores independente do assunto que aborda e nos surpreende a cada página. Tudo isso eu tive certeza em apenas um livro. Imagina se lesse o outro e ele tivesse publicado mais? Quando eu vi que ele estaria presente no livro "Contos de Carnaval" eu logo chamei minha mãe - ela também adora o Chico e leu seu primeiro livro antes mesmo de mim - e compartilhamos a alegria de saber que leríamos algo novo dele. Agora, com "Cinderela Louca" eu posso dizer que ele apenas reforçou as minhas teorias.


 Laurinda é uma menina que, aos 11 anos, foi enviada pelo para para um Hospital Psiquiátrico, em Barbacena. Laurinda vive, diariamente, entre pessoas realmente desequilibradas, pessoas que se fingiram de loucas para evitar um presídio - e depois se arrependeram de tão ruim que é o lugar - e pessoas que estão ali por injustiças como a que ela sofreu. Laurinda, apesar de tudo, tenta ver algo de bom no lugar e mais de um ano depois ela encontra: do cemitério do lugar, ela pode ver, do outro lado do muro, um menino que passa todas as tardes pintando. O menino desperta o interesse de Laurinda, que passa a atravessar o muro do manicômio todos os dias para vê-lo e admirar suas pinturas. Mas um dia, perto do Carnaval, uma mulher acaba descobrindo sobre as fugas de Laurinda. Será que ela não terá mais seus poucos minutos de felicidade?

  Neste conto Chico começa já nos colocando a par do que levou o pai rude de Laurinda a mandá-la ao manicômio. A narrativa em terceira pessoa é fria, direta e sincera. Acompanhamos as tristezas de Laurinda, as coisas puras e doces que ainda estão presentes em seus pensamentos mesmo diante de tudo que ela está passando naquele lugar horrível e sua felicidade quando pode observar o tal menino. Ela é uma personagem forte e frágil ao mesmo tempo, e é bonito ver que depois de tudo, a bondade ainda está presente nela. 

 Chico Anes escreveu um conto que é um verdadeiro aprendizado: mesmo depois de conhecer toda a maldade que existe nas pessoas, Laurinda nos mostra que é possível acreditar na bondade de outras. "Cinderela Louca" esteve disponível até às 23h59 de ontem, e hoje, 06 de março, já temos o próximo conto disponível. Para ler o conto gratuitamente, ou adquirir logo todo o e-book, basta clicar aqui.


Leia também as resenhas dos outros contos do livro:
"A Fantasia", de Pedro de Camargo
"Os Mascarados", de Marina Carnavalho
"Te Conto no Carnaval", de Tammy Luciano