[Resenha] Me Dê Uma Chance | Cecily Von Ziegesar


Autora: Cecily Von Ziegesar
Título: Me Dê uma Chance
Título Original: Take a Chance On Me
Número de Páginas: 304
Editora: Galera Record
Gênero: Literatura Juvenil, Ficção
Sinopse: Mais um semestre começa e os trigêmeos Carlyle estão prontos para fazer amigos e inimigos em um semestre que promete inúmeros escândalos, fofocas e glamour. Baby na terapia, tendo que lidar com questões com seu pai. Owen com seu segredinho finalmente revelado. Avery com um novo estágio na glamourosa revista de moda Metropolitan. Pressões, consequências e muito o que falar. Aqui, as batalhas se lutam com rumores ácidos e olhares gelados. Tudo vale no amor e na guerra…
"Advertência: Todos os nomes verdadeiros de lugares, pessoas e fatos foram alterados ou abreviados para proteger os inocentes. Ou seja: eu."
 Para os que não sabem, Cecily Von Ziegesar, conhecida principalmente pela série "Gossip Girl", criou a série "Os Carlyle" porém não é quem a escreve. Mesmo que seu nome esteja nas laterais e nas capas dos livros já publicados da série, a verdadeira escritora é Annabelle Vestry. Não sei se as duas fizeram uma parceria para que Annabelle escrevesse como ghostwriter e foi descoberto, ou se ela realmente não se importa de não ser conhecida como a autora, mas resolvi começar a resenha com essa informação por motivos de: 1) lendo essa série sinto ainda mais saudades de Blair, Serena, Nate e todos os outros. 2) "Os Carlyle" começou muito parecida com "Gossip Girl", mas agora está começando a decepcionar.

 Falar de séries é sempre muito difícil pois, para quem não conhece a mesma, tudo pode ser considerado spoiler, mas, como a própria sinopse já diz, Baby, Owen e Avery estão prontos para os próximos seis meses com ainda mais fofocas envolvendo seus nomes. Os trigêmeos são de Massachuttes, tem pedigree, mas também possuem vários problemas. Baby, está frequentando terapia, Avery segue se empenhando para  continuar a ser a mais popular do colégio, e Owen tem seu grande segredo revelado, finalmente. Morando no antigo apartamento da eterna Blair Waldorf, os Carlyle enfrentarão o próximo semestre em meio à muita fofoca, é claro.

 Os dois primeiros livros dessa série me deixaram muito empolgada, mas sabe aquele livro, que é sempre um dos livros que marcam a metade de uma série, e que acabam parecendo desnecessários? Foi assim  que me senti com "Me Dê Uma Chance". Acho que essa série cumpriu com a promessa de ser à altura de GG, mas esse terceiro livro me deixou um pouco decepcionada.

 Eu adoro a escrita rápida e ao mesmo tempo detalhada da autora. Ela consegue fazer com que a gente se sinta assistindo a um filme, ou a uma série de TV como GG era. Todos os personagens que deveriam ser secundários tenham seu "momento de fama", digamos assim, e é bem legal ver que a autora não deixa a desejar nesse sentido, já que nenhum é esquecido. Os títulos dos capitulos e a separação dos mesmos, que inclui as postagens da Gossip Girls, são perfeitos para o rendimento da leitura.

 As menções a designers e locais e, até, todo o ego das garotas me agradam, mas esse livro parece que não me acrescentou nada e só me fez achar, ainda mais, que Baby merece mesmo voltar para  Nantucket. Eu ainda não consigo decidir se gosto muito ou pouco dela. Ela, no meio de tantas meninas e coisas fúteis, é a única que não liga para nada daquilo, ao mesmo tempo que o seu ódio por tudo é apenas ter deixado seu namorado na sua cidade natal  - o que, para mim, não é lá um grande motivo e me faz pensar que ela nem fizesse falta se voltasse para lá. Avery é uma personagem ainda melhor graças a Jackie, sua amiga/inimiga (elas se encaixam perfeitamente no termo frenemy - que junta as palavras friend e enemy!), porque os conflitos delas são até engraçados. Owen é o tipico cara gato que todas desejam e que consegue a atenção de cada um ao seu redor, mas, além de ser um personagem que não me convence muito, ele acaba sendo melhor por conta da sua inimizade com Rhys, que era seu amigo e acaba virando inimigo depois de um acontecimento já no primeiro livro, e que acaba envolvendo seu segredo.
 A diagramação do livro está impecável! Eu adoro o fato de a Editora fazer essa demonstração da página da Gossip Girl. Os comentários, as tiradas da blogueiras, as postagens com as fofocas... adoro tudo referente ao blog! As folhas são amareladas e as fontes e o tamanhos das mesmas são ótimos para maior rendimento da leitura.
"Para você que me ama,
 gossip girl"
  Com personagens secundários que são tudo, menos secundários, "Me Dê Uma Chance", pode ter deixado a desejar, porém me deu boas expectativas para o próximo livro, que é também o último da série. Acho que a Cecily, ou melhor, Annabele, reservou o melhor para o final.