[Resenha] As Valentinas | Luiza Trigo


Titulo: As Valentinas
Autora: Luiza Trigo
ASIN: B00KISPSD8
Número de páginas: 24 páginas
Editora: Editora Rocco
Compre: eBook
Gênero: Romance, Infanto-juvenil
Sinopse: Este é um Teaser do livro "Meus 15 Anos" da Luiza Trigo, que será lançado em julho pela Editora Rocco. Nesta história, que antecede as confusões de "Meus 15 Anos", Bia é uma menina de catorze anos que detesta o Dia dos Namorados. Ela implica com a data, diz que é apenas um dia comercial, sem nenhuma razão histórica para existir, uma desculpa para se comprar presentes. Porém, Bia, no fundo, não gosta desse dia apenas porque nunca teve alguém com quem comemorar a data. Ela e suas amigas são as nerds da escola e acham que nunca irão namorar. As Valentinas é a história do Dia dos Namorados da Bia, com as agruras e belezas de não ter namorado, mas ter pais legais e amigas muito companheiras.
"Acho que melhores amigos são todos assim. Eles sabem como tirar a gente do sério, mas também no alegram com ninguém."
 Luiza - ou Luly - Trigo é autora de "Carnaval" e "A Caixinha Mágica", ambos lançados pela Editora Rocco. Em Julho ela lançará "Meus Quinze Anos", que conta a história de uma personagem antes, durante e depois do grande dia de sua vida: o dia de sua festa de 15 anos. Em "As Valentinas", um spin off do novo livro, Luly nos apresenta à Bia, que tem 14 anos, e odeia o dia dos namorados simplesmente porque, para ela, esta é apenas uma data comercial. Mas, talvez, não seja só por isso que ela não goste da data. Bia nunca teve um namorado, porém, dessa vez, o dia 12 de Junho pode ser diferente para ela. Ela e suas amigas decidem passar a noite juntas, se divertindo com tudo o que tem direito e sem pensar em garotos, o que acaba não acontecendo, já que Thiago acaba tomando conta de seus pensamentos de Bia, como sempre.

 Bia é uma garota muito romântica, bem dramática e bem nerd. Ela adora games (já me identifiquei) e já adorei a personagem quando ela diz estar lendo uma série que gosto e quando apresenta um trabalho no colégio com o tema Mulheres Gamers. É engraçado ver a reação dos garotos da sala e, quem sabe do assunto, sabe como nós mulheres sofremos preconceito no universo dos games.Voltando para a Bia, ela é um personagem bem engraçada e, claro, a narrativa em primeira pessoa ajuda com o fato de nos sentirmos mais próximos da personagem.

 Eu adoro a escrita leve, engraçada e bem adolescente da Luly. A narrativa dela é muito fluída e ela sabe como nos fazer rir e nos envolve de uma maneira única em suas histórias. Dessa vez, para tornar a história bem real e da maneira como uma garota de 14 anos falaria, ela coloca várias gírias, hashtags e o famoso ".com". Isso é, com certeza, um ponto positivo, pois já li muitos livros onde a personagem tinha uma idade e a narrativa me deixava com raiva de tão descaracterizada que era. 

 Eu não sou nada romântica, mas amo livros que trazem romance e, claro, mal posso esperar para ler o novo livro da Luly (já estou torcendo para Bia danças com um certo alguém em sua festa...). "As Valentinas" é um conto com poucas páginas que nos deixa com aquela sensação de quero mais assim que terminamos a leitura - e já considero uma verdadeira tortura, pois "Meus Quinze Anos" só será lançado em meados de Julho. Como diria Bia: ansiedade.com!



 A Luly gravou um vídeo quando viu a capa do novo livro pela primeira vez e, mesmo que a gente já saiba qual é (clique aqui para ver), vale a pena ver a reação dela: