[Por Dentro dos Eventos] Semana do Livro Nacional

Imagem: NE
 Ontem foi o dia da avó e hoje (27) é aniversário da minha avó, então até quinta-feira, se vocês me perguntassem, eu diria que não estaria na segunda edição da Semana do Livro Nacional. Então começaram as contagens regressivas, autores que tanto gosto avisaram que estariam no evento e eu não tive como não ir. O dia amanheceu com chuva aqui no RJ e, pra gente, 20º já é motivo para sairmos cheios de casacos. Acordei atrasada e, consequentemente, cheguei atrasada no evento, mas nada que impedisse que não aproveitar o mesmo.
 Perdi as duas primeiras palestras, mas cheguei a tempo de ver a Patricia Barboza apresentando seu projeto Leitura Nota 10. Ela leva sua palestra para diversos colégios pelo Brasil, sempre incentivando crianças e adolescentes a lerem livros e, claro, cativando todo mundo com sua alegria!
 Depois foi a vez da mesa de debate com o tema “Como se conectar com o universo adolescente”, com Carolina Estrella, Luciane Rangel, Adriana Brazil e Adriana Igrejas e a mediação de Monique Lavra. Luci e Carol falaram de como elas gostam de escrever para esse público e como pretendem continuar se dedicando a ele por muito tempo, já Adriana Brasil e Adriana Igrejas contaram como foram surpreendidas ao ganhar o carinho do público adolescente, uma vez que elas  escreverem livros voltados para adultos.
 Uma das mesas mais divertidas foi a dinâmica de apresentação de livros, apresentado pelo (super famoso!  
quem estava no evento vai entender) Leonardo Barros. Os autores Fábio Abreu, Aurélio Simões, V. M. Macedo e  Vinícius Grossos apresentaram suas obras e falaram um pouco de seus trabalhos em meio à animação do Leonardo, que sempre tinha algo engraçado para comentar sobre.
 Lycia Barros tentou fazer em 20 min uma palestra que ela dá em horas, mas se em poucos minutos ela deu um show, imagino o que ela faz normalmente. Ela falou sobre o mercado editorial brasileiro, sitando sua entrada na Editora Arqueiro e a passagem por outras editoras, além de falar um pouco sobre o marketing que os próprios autores devem fazer e o relacionamento dos mesmos com suas editoras e leitores.
 Leonardo Barros também mediou a mesa de debate com o tema “Construindo personagens femininos”, com Edson Gomes, Felipe Colbert e Maurício Gomyde. Os três autores falaram um pouco sobre suas personagens e como foi "estar na mente de uma mulher" ao escreverem seus livros.
Depois foi a hora de saber mais sobre a construção de personagens masculinos, com Fernanda Belém, Márcia Rubim e Bianca Carvalho e mediação de Janaína Rico. Elas falaram sobre a opinião masculina a respeito dos personagens quando são eles que narram o livro em primeira pessoa - já que são mulheres -, sobre a caracterização deles e os tipos de personagens masculinos que encontramos nos livros ultimamente.
 Landulfo Almeida mediou a mesa de debate com o tema “A literatura fantástica brasileira”, com Max Mallmann, Jorge Lourenço e Renata Ventura. Não pude conferir toda a palestra - só peguei o inicio e o final - mas tenho certeza que foi muito legal e vou torcer para que os videos sejam postados logo para que eu possa conferir.
 Aproveitei o intervalo para pegar alguns autógrafos e papear com gente querida. Perdi a conta de quantas vezes o Fábio Abreu, do Pauta Rio, precisava fazer uma entrevista e eu estava falando a beça com algum autor (já imagino como será a revanche! hahah), adorei rever o queridíssimo Ricardo Valverde que é sempre tão bem humorado (irmão do Ricardo, aceita vir morar logo no Rio! haha), reencontrei a Jaque (depois de tanto tempo!) e a Giulia, e o Sidney Santborg que é sempre animado também.
 Aproveitei para autografar o quarto livro da série "As MAiS", da Pat Barboza; o mais novo livro do Mauricio Gomyde e, finalmente, o livro da Janda Montenegro (dale, Argentina!), além de rever o Felipe Colbert.
 Conheci o Lucas Borges, reencontrei a Renata Ventura, adorei rever o talentoso Leonardo Barros e pude conversar com a Lycia Barros um pouco a respeito de seu livro. Fiquei encantada com sua escrita e a forma como o livro me tocou foi única e, mesmo o livro já tendo chegado autografado (a Arqueiro enviou para os parceiros já autografado), eu pedi que ela autografasse novamente.
 Pude rever o Carlos depois de quase um ano (espero que volte mais vezes ao Rio!), a Tammy, que deu um show na sua interpretação na palestra (ela também é atriz e interpretou um de seus textos e eu acabei esquecendo de tirar foto!), o Thiago (que também deveria se mudar logo para o Rio haha) e conhecia a Thalita Rebouças, que deixou um recado para os leitores do blog e vocês podem conferir clicando aqui.
 Para encerrar o evento, a Janaína Rico entregou o prêmio de incentivo à literatura nacional para a Thalita Rebouças, uma das autoras mais conhecidas ultimamente e que fez tantos adolescentes se interessarem pela nossa literatura. O vídeo desse momento vocês podem conferir abaixo:


 Deu para vocês verem como o sábado foi especial, certo? Parabéns a todos os envolvidos na organização e realização do evento e espero que tenhamos mais dias como este aqui no Rio!

 Para conferir todas as fotos do evento clica aqui.