[Resenha] Perdendo-Me | Cora Carmack


Autora: Cora Carmack
Título: Losing it
Grupo Editorial: Novo Conceito
Selo: Novo Conceito
ISBN: 9788581635279
Número de páginas: 288
Gênero: Ficção, Romance, Hot
Sinopse: VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual.
Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?
"A paciência é uma virtude, Senhor Taylor."
 Bliss é uma mulher que está terminando a faculdade de Artes Cênicas e ainda é virgem. Em uma noite qualquer ela decide que precisa perder a virgindade para ontem, mesmo que seja com um cara qualquer em um bar. Bom, nem tão qualquer assim, vai! Ela e sua melhor amiga, Kelsey, vão a um bar e começam a escolher "a vitima", mas, no final, a coisa acaba acontecendo naturalmente e Bliss está prestes a perder sua virgindade com um britânico que tem um sotaque de tirar o fôlego e que, de quebra, não costuma ir a bares, mas por conta de um imprevisto, esta lá lendo Shakespeare! Parece o cara perfeito e, depois do primeiro beijo, ela não tem dúvidas: é ele.

 Chegando ao seu apartamento, a insegurança começa a bater e, já na cama, Bliss volta atrás e decide que não será essa noite. Com medo, ela sai e deixa o cara no próprio apartamento, espera que saia e torce para não encontrar com ele tão sendo. Mas parece o destino vai surpreendê-la no dia seguinte.

 Pela capa, a maioria dos leitores pode pensar que esse é um livro repleto de cenas hot e, de fato, o livro gira em torno da grande decisão que Bliss tem que tomar, mas eu o colocaria na categoria chick-lit também. Ele tem bastante humor e personagens bem divertidos e marcantes, além de uma história cheia de conteúdo e não focada apenas no sexo. O livro fala sobre família, amizade, faculdade e, principalmente, maturidade.

 O que acho bem legal nos livros é quando o autor não esquece dos personagens secundários e em "Perdendo-Me" isso é um fato. Cade e Kelsey tem bastante importância na história e eu ficaria muito decepcionada se isso acontecesse, ainda mais depois de ver que este é o primeiro livro de uma trilogia. O segundo livro, "Fingindo", é focado em Cade; e "Encontrando-Me" é focado em Kelsey.

 Eu gostei bastante de Garrick e Bliss como um casal. É difícil fazer essa resenha porque, mesmo que pareça que a sinopse já dê muito detalhes da história, ela só nos dá uma pequena noção do que vai acontecer e a autora prepara várias surpresas ao longo do livro. Só achei que na metade do livro, a leitura ficou um pouco arrastada pra mim e eu sentia que a autora quis fazer um livro mais grosso, e sem muita novidade na metade da história.

1618065416034964
 A diagramação do livro é simples, com uma tarja cinza no inicio de cada capitulo e fontes de tamanho bom para a leitura. A capa nacional segue o mesmo modelo das duas primeiras capas americanas e, convenhamos: a nossa é melhor.

 Não quero falar muito sobre "Perdendo-Me" pois Cora Carmack escreveu um livro bem divertido, capaz de surpreender o leitor e de fazer o mesmo não querer largar o livro mesmo quando sente a leitura meio parada e torcer pela personagem principal até o fim. Mal posso esperar para ler o próximo livro!