[Resenha] Se Eu Ficar | Gayle Forman


Autora: Gayle Forman
Título: Se eu ficar
Título Original: If I Stay
ISBN: 9788581635415
Grupo Editorial: Novo Conceito
Selo: Novo Conceito
Número de páginas: 224
Gênero: Ficção, Romance, Literatura Estrangeira
Sinopse: A última coisa de que Mia se lembra é a música.Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... e o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas. Se ela ficar...
"Se eu ficar. Se eu viver. A escolha é minha."
 Tudo nesse livro para mim foi uma surpresa. Eu vi muita gente falando sobre ele, vi que haveria o lançamento do livro e, quando o kit exclusivo de "Se Eu Ficar" que a NC enviou chegou em minha casa, eu soube que teria que passar a leitura na frente de outras. Não li a sinopse, não assisti o trailer do filme, mas tinha algumas expectativas a respeito do livro - uma vez que os que já haviam lido a edição anterior disseram ter amado o livro e a NC mandou duas caixas de lenços, já preparando os leitores para a choradeira.

 Mia Hall é uma violoncelista de dezessete anos que não se sente parte de nada. Com os amigos, com a família e até com o namorado ela se sente dessa maneira. Em um dia como qualquer outro - em que ela se pergunta o porquê de ser tão diferente dos pais e do irmão mais novo e há uma nevasca em sua cidade - ela sai com a família para visitar alguns amigos. A Sonata para violoncelo nº 3 de Beethoven está tocando na rádio e, de repente...

 Mia vê o carro, vê o pai e a mãe mortos e se vê. Mas, como? Ela consegue ver seus ferimentos, vê os médicos tentando salvá-la, pedindo que aguente firme, mas ela está ali, não está? Ela vê tudo e todos, mas ninguém a vê nem a escuta. Nas próximas 24h ela precisa entender exatamente o que está acontecendo, além de aguentar ver todos os seus amigos e familiares torcendo pela sua recuperação e decidir entre ir ou ficar.
“As pessoas acreditam no que querem acreditar.”
 Mia é uma personagem muito forte - e não falo isso por conta do que ela vai passar durante o presente do livro e, sim, pelo que já passou. Ela consegue ser sincera ao mesmo tempo em que parece distante, consegue ser bem humorada mesmo quando não é necessário e é perseverante mesmo que duvide de si mesma algumas vezes. Eu fiquei encantada com sua relação com a música e a forma como isso toca o leitor. Terminei a leitura com uma imensa vontade de assistir a um concerto de música clássica e de ouvir esse gênero durante muito tempo.

 A narrativa de Gayle Forman é totalmente envolvente e rápida. Não que os acontecimentos aconteçam de maneira rápida demais - mesmo o livro se passando apenas em 24 horas -, mas quanto mais você lê mais você quer ler e, quando se dá conta, chegou a última página. O livro não é dividido em capítulos e sim em horas, pois, entre elas, existem alguns flashbacks de momentos marcantes da vida de Mia e momentos que precisamos conhecer para entender tal reação dela. Gostei da escolha da autora pois não haveria como dividir em capítulos um dia que, por si só, é um capítulo marcante na vida da personagem principal.

 Alguém aí leu o livro e não ficou com uma vontade imensa de ser amiga de Kim? Ou de assistir a um show da banda Shooting Star? Ou de ter uma conversa com a adorável vó de Mia? Ou de abraçar Teddy fortemente? Acho que não! Um ponto super positivo da leitura é que todas as emoções da personagem são transmitidas ao leitor e, acho até, que esse o motivo de muita gente chorar ao ler o livro. Você se sente como a personagem, pensa como ela e se põe no seu lugar. É indescritível a sensação de ter apenas uma decisão para tomar e saber que ela mudará sua vida em segundos.

 Tenho certeza que tem alguém lendo essa resenha se perguntando se eu chorei ao ler o livro e minha resposta é: não, infelizmente. Eu não sou romântica e é bem difícil me fazer chorar, quando não se trata de livros. E eu gosto de chorar lendo um livro! Acho que é um ponto super positivo porque é a prova de que a história realmente mexeu com você a ponto de bagunçar os seus sentimentos.

 Quando vi a capa dessa nova edição pela primeira vez eu não gostei muito, mas depois de ler o livro, acho que ela transmite bastante a ideia de como tudo acontece rápido para Mia. Olho para a capa, e para cada uma das imagens dos quadrados, e me lembro de cada cena, cada lembrança e de como tudo acontece de uma hora para outra para nossa personagem. As imagens são do filme (que será lançado no dia 04 de setembro) e olha, eu não chorei com o livro, mas acreditam que chorei ao ver o trailer? Acho que ao escutar as músicas da trilha sonora não ouve erro: eu me sentia exatamente como Mia, afinal "é a música"!

 "Se Eu Ficar" é um livro sobre amor, família, amizade e escolhas. Gayle Forman conseguiu escrever uma história emocionante sem ser clichê e criou personagens totalmente tocantes que farão os leitores refletirem sobre suas vidas.  O livro tem uma continuação intitulada "Para Onde Ela Foi" (tem um trecho exclusivo no final de SEF), e que será lançado em breve pela Novo Conceito.

  A adaptação de "Se Eu Ficar" chega aos cinemas em 04 de setembro mas, por enquanto, você pode concorrer ao kit exclusivo do livro + um exemplar do mesmo clicando aqui e conferir o book-trailer abaixo:

Comentários

  1. Eu costumava não gostar de livros que se passam em apenas 24 horas, mas passei a "tolerar". Quero muito ler esse livro. Acho a capa muito simpática hahahaha e acho que a história vai me agradar.

    Beijos
    Nati

    www.meninadelivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não me lembro de ter lido algum livro que se passe em 24h! hahah
      Pelo seus comentários aqui no blog, Nati, acho que a história vai te agradar sim! Me conte o que achou depois :D

      Excluir
  2. Eu tenho o livro lançado na edição anterior e amei.
    Não sei se faria a mesma escolha que ela, mas este livro ele tem uma lição a nos passar muito linda,
    quando vi a capa do do livro com a capa do filme eu torci o nariz, mas depois eu gostei e sim vou comprar esta nova capa e reler o livro antes de ver o filme ;D
    beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não gostei muito da capa da edição anterior Neny. O que você acha dela?
      É, com certeza foi uma escolha dificil. E, pelo primeiro capitulo do novo livro, ela fez escolhas ainda mais difíceis...

      Excluir
  3. Oii Mari :)
    Também chorei assistindo o trailer, e sou beeeeem chorona então já sei que vou chorar com o livro também, rsrs!!
    Acho linda a história da Mia, acho até que envolve um pouco de fé a história dela, afinal, quem passa por tudo isso e não tem fé? Imagine como é se ver deitada numa cama lutando entre a vida e a morte, e nem mesmo saber se ainda quer viver .. Ou saber que vai viver em um mundo que sua família não vai mais estar ..
    Reviver os momentos deve ter sido doloroso e ao mesmo tempo alegre pra Mia !
    E quanto a capa, não conhecia a capa anterior então dei uma procurada na internet .. É linda, mas talvez por eu ter visto o trailer do filme tenha me apaixonado mais por essa capa que também é linda *-*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Mas gente *o*
    Mari, só pelo primeiro paragrafo da sua resenha eu já me encantei com o livro.
    Li um esses dias que se chama Segunda Chance, da Priscila Boltão, nacional, que é bem assim, e juro que chorei litros!
    Com certeza procurarei esse livro na Bienal, se eu não ganhar o top haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Mari, ótima sua resenha!!
    Estava contando os dias para o lançamento de Se eu ficar e agora não vejo a hora de tê-lo em minhas mãos!
    Gostei da ideia da história e o trailer mostra que o filme será ótimo :)
    Beijos

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu sou super fã de dramas, e sou uma manteiga derretida, então já viu. Desde que eu soube que a Novo Conceito ia publicar "Se Eu Ficar" por aqui, já fiquei louca. A minha curiosidade aumentou com todo esse projeto de divulgação da editora, que foi incrível. Eu só não sabia que ia ter continuação...
    Sério que você não chorou com o livro? Eu quase chorei com o trailer, mas acho que vou chorar muito com esse livro.
    Amei a resenha :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Estou louca pra ler esse livro, estão falando muito bem e por conta disso estou curiosa .

    Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  8. Estou maluca para conhecer esse romance, ainda nao tinha lido nenhuma resenha e amei conhecer mais do livro *-* omg, parece melhor do que eu imaginava, acho que sim/certeza vou chorar kkkkkkkk acho q nao verei no cinema pq quero ler antes de ver o filme :/

    ResponderExcluir
  9. Estou louca pra ler esse livro, achei a capa linda. Vi o trailer do filme e amei, quero muito ler antes de ir ao cinema. A história parece ser muito emocionante e tenho certeza que irei chorar muito.
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Oi, Mari! Amei a sua resenha! Ah, e também não chorei com o livro rs. Nossa, descobri esse livro há algum tempo dando uma olhadinha no skoob, e fiquei super curiosa para ler. Quando vi que a Mia era musicista clássica eu dei um grito e falei: Eu Preciso Desse Livrooo!!! hahah. Vou confessar que o que mais me chamou a atenção foi realmente a história dela com a música e sua relação com o instrumento. Adorei como a autora descrevia o violoncelo. Seu timbre é realmente fascinante. É o instrumento que mais se aproxima da voz humana, e isso é incrível! A autora e a Mia arrasaram na escolha do instrumento o do estilo musical ;) A ansiedade agora é pela continuação, né?! O primeiro capítulo de "Para Onde Ela Foi" me deixou ainda mais curiosa e ansiosa rs... Beijos.

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho ouvido falar um pouco desse livro, mas nunca parei pra ler direitinho sobre ele, to participando do top comentarista do blog, espero que eu ganhe kkk fiquei super curiosa pra ler *u* e quero ver o filme depois! Do jeito que eu sou chorona, tenho certeza de que quando eu ler, vou chorar rs

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Você não chorou com a leitura?,tenho certeza que eu vou,até com os livros mais bobos eu acabo chorando.Piscianas são mesmo umas choronas.Pretendo ler antes do filme estrear,gosto de saber a história completa só pra depois a adaptação,sei lá mas adoro a sensação de saber todos os detalhes,detalhes que quem só vê o filme não vai saber.E com relação a capa eu adorei mas a do segundo livro não combinou muito,será que vai ter uma versão de cinema pra ela também?
    bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas