[Resenha] Perdida | Carina Rissi

Título: Perdido
Autora: Carina Rissi
ISBN: 9788576862444
Grupo Editorial: Record
Editora: Verus Editora
Número de Paginas : 364
Gênero: Ficção, Romance
Sinopse: Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa – ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo – e lindo – Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... “Perdida” é uma história apaixonante com um ritmo intenso, que vai fazer você devorar até a última página.
"[...] você não está perdida. Está exatamente onde deveria estar."
 Comprei "Perdida" em setembro do ano passado e o destino decidiu que eu começaria a ler o livro exatamente um ano depois de tê-lo comprado. Como eu sei disso? O livro ainda estava com o adesivo da Saraiva (risos)! Carina Rissi é muito conhecida e, mesmo muitas amigas tendo só elogios para ela, acabei deixando a leitura passar. Quando a Verus anunciou que estaria lançando o segundo livro, intitulado "Encontrada" eu percebi como atrasei a leitura e que deveria ler o mais rápido possível. Eu só não esperava ler o livro, que tem quase 400 páginas, em um dia só.
"Eu vim... de um lugar distante. Tipo... bem distante mesmo! - Dois séculos distante!"
 Sofia Alonzo é do tipo de pessoa que não vive sem tecnologia. Twitter, Facebook, e-mail e agenda são alguns dos muitos aplicativos que ela acessa no celular, sem falar que ela quase não sai com os amigos, mas para isso ela tem outra desculpa: o trabalho. Sofia está muito insatisfeita com seu trabalho mas procura ter paciência por acreditar que, assim que seu chefe se aposentar, ela irá substituí-lo. Em um dia qualquer no trabalho, Sofia precisa adiantar alguns relatórios e seu computador pifa, fazendo com que ela tenha que usar uma antiga máquina de escrever, causando risada geral no escritório. Mas essa será apenas a primeira descoberta de Sofia sobre séculos passados.

 Quando eu gosto muito muito muito mesmo de um livro coisas estranhas começam a acontecer comigo, como: ver características dos personagens em algum desconhecido na rua, encontrar algum objetivo ou presenciar uma cena que tenha no livro ou, no mais raro dos casos (quando eu fico realmente encantada com a história) eu sonho que faço parte do livro. E, no caso de Perdida todas as coisas que citei aconteceram (Sim, acreditem!).  Vi uma garota com All Star vermelho, um garçom me chamou de "senhorita" em um restaurante (e, quem leu o livro vai entender: tive um ataque de Valentina e pisquei umas 6 vezes) e, pra completar, sonhei que estava lá em 1830 junto a Sofia e a família Clarke. Dá pra acreditar?

 Vocês já perceberam o quanto gostei da história e eu preciso, antes de falar sobre os personagens, comentar sobre a escrita de Carina. Que mulher incrível! Eu não queria parar de ler em nenhum momento e, ao mesmo tempo que queria chegar ao final, queria adiar o mesmo. Carina escreve de uma maneira maravilhosa, que nos faz imaginar cada detalhe do cenário, das roupas e da aparência das pessoas. Adorei a forma como ela criou Sofia, uma vez que, além de super autêntica, ela não perde sua personalidade nem voltando dois séculos. A narrativa é em primeira pessoa e torna ainda mais hilário ver a reação dela para o comportamento e para coisas antigas que nós, que vivemos no século XXI, não estamos acostumados ou nem conhecemos. Imaginem só ter que usar alface ao invés de papel higiênico? Se eu comesse alface, provavelmente teria cortado o mesmo das minhas refeições após esse detalhe.
[...] uma vez que aprendo uma coisa, senhorita Sofia, não me esqueço mais."
 E claro que nossa personagem não ficaria sozinha em pleno século XIX. Existem vários personagens marcantes que nos acompanharão durante a leitura e estarão com Sofia em sua jornada, mas existe Ian Clarke, o homem que vai dar as boas vindas e cuidar dela em sua estadia. Ian é um típico homem das antigas: cavalheiro e elegante. Ele, além de carinhoso, é curioso e vai sentir certa curiosidade em Sofia e sua história desde o princípio. Acompanhar a relação deles é delicioso, principalmente por conta das diferenças e do amor que vai crescendo. Não seria justo adiantar muita coisa para vocês pois quero que se encantem tando quanto eu, mas garanto que vocês irão se apaixonar pelo senhor Clarke.
"Definitivamente viajar no tempo afetou meu cérebro de algum jeito. Um jeito muito ruim."
 Perdida é um livro que, além de nos transportar para o ano de 1830,  nos diverte e encanta de uma maneira única. Eu me emocionei, fiquei com o coração partido e, principalmente, dei boas risadas. Sofia e Ian são personagens que nos mostrarão que o amor rompe qualquer barreira e que o que realmente importa é vivermos o agora e aproveitar cada momento ao lado das pessoas que gostamos. A Carina Rissi só digo uma coisa: VALEU pelo romance incrível! (os leitores entenderão.)


 Confira a resenha de "Encontrada", sequência de "Perdida",  clicando aqui.

Comentários

  1. Impossível depois de conferir esta resenha não ficar morrendo de vontade de ler este livro. Sempre leio resenha super positivas que destacam uma historia diferente e engraçada. Pretendo em breve poder conferir esta historia e conhecer a escrita da autora em breve.
    Beijos♥

    ResponderExcluir
  2. Que resenha incrível, Mari! Adorei a forma como você falou da personagem, da história e da escrita da Carina Rissi. Tenho que admitir que esse livro não havia chamado minha atenção, mas agora quero MUITO conferir a jornada de Sofia e claro, Conhecer Ian Clark rsrsrs

    ResponderExcluir
  3. Depois de tantos elogios, vou ter que conferir o livro,né! Mas, eu já estava de olho em "Perdida" desde o seu lançando, só estava mesmo esperando um empurrãozinho para comprá-lo e lê-lo.

    ResponderExcluir
  4. haha Valeu!!!
    ^^
    Eu ameeeei Perdida!!
    Livro maravilhoso!
    Estou louca p ler Encontrada!! =)

    ResponderExcluir
  5. Valeuuuu mesmo!!!
    Ameiii esse livro e fiquei tão feliz quando soube que a autora ia dar uma continuação!
    Tbm tive vários sonhos com o livro na época! Principalmente com o Ian *-*
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Nossa que dificuldade!De 2014 para 1830,ou seja,tecnologia inexistente.O lado bom é que Sofia conhecerá o Ian e como Sofia irá se virar para voltar deve ser hilário.

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oii!
    Quero conhecer mais sobre o livro, Mari!
    Já vi muitos comentários e muitas resenhas positivas e estou curiosa!

    Beijo

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas