[Resenha] Amaldiçoadas | Jessica Spotswood


Título: Amaldiçoadas
Título Original: Star Cursed
Autora: Jessica Spotswood
ISBN: 9788580413373
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 288
Gênero: Fantasia
Sinopse: Cate Cahill tomou a decisão mais difícil de sua vida e resolveu largar tudo para proteger aqueles a quem amava, mas não poderia imaginar os obstáculos que ainda teria pela frente.
Agora, vivendo disfarçada entre as outras moças da Irmandade, ela precisa se manter a salvo dos implacáveis caçadores de bruxas e lidar com grandes dilemas pessoais, como a distância de seu grande amor e os conflitos que envolvem suas irmãs – Tess, uma menina doce e ingênua que guarda um grande segredo, e Maura, a jovem bela e ambiciosa que pretende fazer de tudo para se tornar o centro das atenções.
Será que Cate está pronta para liderar as bruxas de sua geração e ganhar o respeito de uma sociedade que condena a feitiçaria? E seria ela a bruxa da profecia, a mulher mais poderosa já nascida em muitos séculos e capaz de revolucionar a história do mundo?
Envolva-se ainda mais na história de Cate e de todas as mulheres fortes que a cercam e segure seu coração para torcer pelo amor de Cate e Finn neste volume que traz revelações imperdíveis antes da conclusão da saga das irmãs Cahill.
"Três irmãs - reflete Brenna. - Uma traz cura e morte. Uma traz destruição. A mais forte vai trazer paz, mas isso vai exigir sacrifício. É isso que a profecia diz."

 Quando li  Enfeitiçadas, primeiro livro da trilogia As Crônicas das Irmãs Bruxas, fiquei encantada. Eu esperava gostar do livro, mas não tanto quanto eu gostei e mal esperava para ler o segundo. Ele chegou, finalmente, e não poderia ser melhor.
"Ninguém pode desconfiar do que somos na realidade."
 No primeiro volume da trilogia conhecemos três irmãs bruxas: Cate, a irmã mais velha; Maura, de 14 e Tess, de 12 anos. Cada uma tem sua forma de lidar com a magia e seus próprios problemas, mas, nesse livro, começamos a história exatamente onde o livro anterior parou, sabendo que Cate se juntou à Irmandade para manter ela e suas irmãs a salvo, mesmo isso tendo que custar o seu amor, Finn.

 Demorou para Cate ver que a Irmandade também poderia ser seu lar e que as outras bruxas poderiam ser suas amigas ou, até, consideradas irmãs, mas a profecia que fez com que Cate fosse para Nova Londres fará algo que não sabemos se é pior ou melhor para ela e suas verdadeiras irmãs: Cate quer Maura e Tess com ela na irmandade para poder protegê-las, mas a profecia também envolve algo terrível que pode custar a vida de uma das três irmãs.
"A Fraternidade vai revidar. Precisamos nos preparar para isso."       
 Tô chocada com o quanto eu amo essa trilogia e como mal posso esperar pelo próximo livro. Para começar, eu não consigo não gostar de Cate mesmo com os erros e defeitos dela. Ela erra muito nesse livro, tem momentos que dá vontade de gritar e dizer "pelo amor, Cate, não faz isso", mas ela vai lá, comete o erro e você fica tipo: "depois não diz que eu não avisei." Acho que depois de ela decidir levar as irmãs para perto (não vou contar muitos detalhes sobre essa escolha), alguns acontecimentos já nos deixam claro qual das irmãs vai causar cura, morte, paz e qual vai morrer (isso faz parte da profecia), mas o livro não é clichê e, mesmo que eu tenha esse palpite, ainda acho que Jessica Spotswood vai me surpreender.

 A narrativa da autora continua muito fluente e a leitura se torna prazerosa a cada página. A gente vibra, sofre, torce, tem raiva e, no final, queremos mais. Gostei do desenrolar da história, apesar de tudo que levou até ele, e, ainda mais com Finn estando presente. Falando das irmãs, a Maura é a que menos gosto e Tess a que adoro mais. No primeiro livro a aparição de Maura já me fez rir, mas ao longo da história pude perceber como ela é invejosa. No livro anterior nós sabemos sobre os desejos dela (que envolvem uma atitude de Cate antes), mas agora ficou pior. Tess continua tão doce quanto no primeiro livro e, mesmo sendo muito nova, podemos ver que tem um coração bom e, mesmo com medo de ser a irmã da profecia, busca ser melhor e obter conhecimento.
 Eu adorei a diagramação do livro, mais uma vez, e essa capa está maravilhosa. A capa ao lado é a original e, apesar de achar ela até bonita, prefiro a brasileira. Esses dois primeiros volumes tem capas maravilhosas e mal posso esperar para ver a próxima capa. As folhas são amareladas e o tamanho da fonte e espaçamento são bons para a leitura.

 Amaldiçoadas não deixa a desejar em nenhum aspecto, mas nos deixa desejando mais leitura. Cate, Maura e Tess nos envolvem mais uma vez e nos surpreendem em diversos momentos. Mal posso esperar para ler o próximo volume, que é o último #todoschoram, mas não sei se quero que a Arqueiro lance logo para minha curiosidade acabar ou se prefiro que demore mais para a história não terminar.

Comentários

Postagens mais visitadas