[Resenha] Para Onde Ela Foi | Gayle Forman


Título: Para Onde Ela Foi
Título Original: Where She Went
Autora: Gayle Forman
ISBN: 9788581635682
Grupo Editorial: Novo Conceito
Gênero: Romance, Drama
Sinopse: Se você tivesse uma segunda chance para o primeiro amor... Você aceitaria? Já faz três anos que o amor de Adam salvou Mia após o acidente que mudou a vida dela. Três anos desde que Mia saiu da vida de Adam para sempre. Vivendo agora em lados opostos do país, Mia é um talento em ascensão na Juilliard, a conceituada escola de música, e Adam é o típico astro do rock de Los Angeles, com direito a notícias nos tabloides e uma namorada-celebridade.
Quando Adam se vê sozinho em Nova York, o acaso reúne o casal mais uma vez. Por uma noite.
Com a mesma força dramática de Se Eu Ficar, agora pela voz de Adam, Para Onde Ela Foi expõe o desalento da perda, a promessa de esperança e a chama do amor que renasce.
"Deixar para trás. Todo mundo fala como se isso fosse a coisa mais fácil. Abrir seus dedos um a um até sua mão ficar aberta. Mas minha mão ficou fechada num punho por três anos, e agora está bem fechada."
ATENÇÃO: Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior.

 Para Onde Ela Foi é a continuação de Se Eu Ficar, livro que nos mostra a história de Mia Hall, uma violoncelista que perde os pais e o irmão mais novo em um acidente. Como se não bastasse a dor da perda, cabe a ela a decisão de ficar ou partir. Mia decidiu ficar graças, ou melhor, por culpa de Adam, seu namorado. Mas a dificuldade não acabou por aí. Mia teve outra decisão a tomar e, dessa vez, seu namorado também estava envolvido. 
"Acho que eu sempre soube que ela era capaz de atingir esse nível artístico, mas testemunhá-lo foi como entrar em êxtase."
 Hoje, três anos depois do acidente, Adam é muito conhecido por ser integrante da banda Shooting Star e  vê notícias falsas a seu respeito a todo momento. No meio de uma entrevista que deveria ser como outra qualquer, a jornalista toca em um assunto nunca antes mencionado em jornais ou revistas: seu relacionamento com Mia Hall, a violoncelista que está fazendo um alvoroço na música clássica pelo mundo. Como se não bastasse ouvir o nome de Mia novamente, ele irá ouvi-la tocar naquele mesmo dia graças ao destino.
"Acabei percebendo que há uma grande diferença entre saber que algo aconteceu e saber por que aconteceu, e acreditar nisso."
 Eu gostei muito do primeiro livro, mesmo esperando chorar horrores (sim, eu gosto de livros que me façam chorar) e, dessa vez não esperava tanta coisa, mas até me surpreendi em alguns aspectos. Quando li o primeiro capítulo de Para Onde Ela Foi no final do primeiro livro, fiquei bastante ansiosa para ler este, mesmo achando que Adam não ia me agradar como narrador. Por que? Nem eu sei, apenas sentia que não iria conseguir ler um livro que continua uma história tão delicada através de outro personagem. Comecei a leitura e fui me surpreendendo de formas boas e ruins; a escrita de Gayle é fluída da mesma maneira como no primeiro livro, os flashbacks me incomodaram a partir de certo momento, Adam consegue nos tocar tanto quanto Mia anteriormente e, principalmente, a história tem sim as lembranças do passado, porém é focada nas marcas que o mesmo deixou para o presente.
"Você estava tão ocupado  tentando ser meu salvador que me deixou sozinha."
 A história desse livro dura em menos de 24hs dessa vez (sim, o livro se passa em apenas um dia novamente - e acho que a autora tem algo pessoal com isso pois o nome do seu próximo livro é o sublinhado) e eu gostei bastante do final.Quando eu estava quase deixando o livro de lado e indo para a próxima leitura, a autora vem e me surpreende. Os pensamentos e as palavras de Mia são de emocionar qualquer um e, não estou falando daquela emoção triste, é uma emoção boa, daquelas em que você se empolga e tem vontade de dizer: "vai, garota, continua falando!" Nós podemos perceber uma grande mudança na personalidade dela e de Adam, porém mesmo estando mais velhos e maduros, os dois ainda precisam atravessar uma barreira construída há três anos. Ambos precisam seguir em frente sem sentir culpa, sem sentir mágoa. Não falarei muita coisa para não estragar a história para vocês, mas tenho que ressaltar que, apesar dos muitos flashbacks, a autora nos reserva uma boa lição no final da leituras.
"A música é o vazio. E você é o motivo."
 Mia e Adam são personagens que nos mostrarão o preço de nossos atos e como o certo pode ser o errado ao mesmo tempo; Adam, em especial, é um personagem que nos mostrará a dificuldade de seguir em frente após uma perda que não está ligada à morte; Gayle Forman é uma autora que consegue envolver o leitor com sua escrita madura e envolvente;  Para Onde Ela Foi é um livro que pode deixar a desejar em alguns aspectos, mas no final da leitura, tudo vale a pena.

 Confira aqui o Hangout que participei com a autora.

Comentários

  1. fiquei feliz em saber que a continuaçao de "se eu ficar" vale a pena ser lido. fiquei curiosa p/ conferir essa continuaçao emocionante...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas