[Das Páginas Para As Telas] Não Pare na Pista - A Melhor História de Paulo Coelho


Direção: Daniel Augusto
Roteiro: Carolina Kotscho
Distribuição:  Sony Pictures
Elenco: Júlio Andrade, Ravel Andrade, Lucci Ferreira, Letícia Colin, Fabiula Nascimento, Enrique Díaz, Paz Vega, Nancho Novo
Gênero: Drama , Biografia
Sinopse: Cinebiografia de Paulo Coelho, o filme se concentra em três momentos distintos da carreira do escritor: a juventude, nos anos 1960 (período em que é vivido pelo ator Ravel Andrade); a idade adulta, nos anos 1980 (Júlio Andrade); e a maturidade, em 2013, quando refaz o Caminho de Santiago (Júlio Andrade, maquiado). Usando como base depoimentos do próprio Paulo Coelho, a história perpassa os momentos mais marcantes da vida do autor, como os traumas, a relação com as drogas e a religião, sexualidade e a parceria com o músico Raul Seixas.
"O instante mágico é quando um sim ou um não podem mudar toda nossa existência."
 Paulo Coelho é, sem dúvidas, o escritor brasileiro mais conhecido atualmente. Não falo isso sendo baseada por uma pesquisa nem nos brasileiros mas, principalmente, nos estrangeiros. Toda vez que entrevisto um autor estrangeiro e a conversa acaba na literatura brasileira, eles citam Paulo Coelho. Alguns podem até não ter lido, mas o conhecem e dizem acreditar ser muito bom só pelos comentários. Não li nem metade dos livros do autor, mas o admiro muito - ainda mais agora, depois de assistir Não Pare Na Pista, filme que vai nos fazer descobrir mais sobre a vida adulta de Paulo até ele se tornar o único  autor vivo mais traduzido que William Shakespeare.  
"- Eu quero ser escritor. Nunca pensei em ser outra coisa. - Isso é bom. Uma das formas da gente organizar as coisas que a gente sente e pensa. E a profissão, você já escolheu?"
 Na vida, todas as pessoas tem sonhos. Todas as pessoas conhecem alguém que já realizou o mesmo sonho e tornam essa pessoa um exemplo; já outras, insistem em acreditar naquela famosa frase: "foi sorte". Nunca é apenas sorte, meus amigos. Eu acredito que nada é por acaso e Não Pare na Pista vai mostrar que Paulo Coelho não se tornou escritor da noite para o dia, como muitos pensam. O autor foi diagnosticado com esquizoide na adolescência, submetido a tratamento com eletrochoques, teve muita dificuldade no relacionamento com o pai,  muitos desafios da vida adulta e, finalmente, conquistas.
"Cada um conta sua história como pode. Ou como quer." 
 Já começamos percebendo que o filme não conta apenas com boa atuação, mas com ótima produção também. O texto e a direção (responsabilidades de Carolina Kotscho e Daniel Augusto respectivamente) não deixam a desejar, a produção não deixa nenhum fato exagerado. Ele é dividido em três partes exatamente pois os flashbacks são mesclados. Em um instante estamos vendo algum acontecimento da adolescência de Paulo Coelho, no momento seguinte vemos algo da vida adulta do mesmo. Em um primeiro momento isso pode até causar estranhamento, porém em pouco tempo vamos nos familiarizando e entendendo que um acontecimento se liga a outro e acabamos nos identificando, já que nossa vida é assim: muitas de nossas atitudes do presente são reflexos de atitudes do passado.  
"O segredo de qualquer conquista é saber o que fazer com ela."
 Ravel Andrade é o responsável por interpretar Paulo Coelho na juventude e Júlio Andrade o interpreta na fase adulta. Os dois atores são irmãos, o que tornou a caracterização ainda melhor, já que eles são parecidos e fica fácil de acreditar que estamos vendo Paulo Coelho realmente ali, em ambas as fases de sua vida. Júlio ainda teve que usar uma prótese de cinco quilos (responsabilidade da empresa DDT Efectos Especiales e Stephen Murphy, que já trabalhou na maquiagem de filmes como Harry Potter, Velozes e Furiosos e João e Maria,) no rosto para dar vida à Paulo a partir do ano de 2013. Acredito que tenha sido difícil para o ator passar toda a emoção necessária nessas cenas, uma vez que só temos o seu olhar e sua voz ali, porém ele consegue nos tocar da maneira necessária e, assim como seu irmão mais novo, consegue nos fazer refletir em diversos momentos com sua atuação.
"A vida não vale mesmo a pena se podemos mudá-la."
 Obviamente, Raul Seixas não ficaria de fora da trama. Lucci Ferreira é quem interpreta Raul Seixas e impressiona na pele do cantor. A voz, os movimentos, as expressões... tudo nos faz pensar que é Raul que está ali e não um ator interpretando-o. Eu já havia lido uma coisa ou outra sobre a amizade e a parceria de Raul e Paulo, mas tudo fica claro no filme e acredito que, ao ouvir as músicas cantadas por Raul Seixas após assistir Não Pare Na Pista, todos irão relembrar as cenas do filme e pensar nelas de maneira diferente. Uma das partes mais emocionantes do filme está ligada à música "Meu Amigo Pedro", inspirada no pai de Paulo, Pedro. Essa foi uma das cenas que me fez pensar em como músicas, livros e filmes nos tocam de maneiras distintas. Cada um tem uma interpretação sobre tais coisas, mas nunca sabemos exatamente o que passava na cabeça de quem as criou e qual seu real significado.
"- Deus é testemunha de sua ingratidão. Você ainda vai ter o que merece.
 - Deus te ouça."
 Emocionante e inspirador, Não Pare Na Pista faz jus ao subtítulo e nos mostra o melhor de Paulo Coelho. Repleto de momentos marcantes, revelações e mensagens, o filme nos dá prazer por permitir que acompanhemos a trajetória desse autor incrível, além de acreditar mais, a cada cena do filme, que devemos acreditar em nós mesmos e lutar pelo que queremos. O filme conta com algumas frases de livros de Paulo, mas foi a frase de uma música da banda The Avett Brothers não saiu da minha cabeça após terminar de assistir o filme: Decide what to be, and go be it ("Decida o que ser, e seja"). E é isso que Paulo nos inspira a fazer: ser nós mesmos, acreditar em nossos sonhos e persegui-los, pois no momento certo, eles deixaram de ser sonhos para se tornar fatos. 

Comentários

  1. Oi Mari...
    Paulo Coelho é bem conhecido mesmo, mas esta história dele eu ainda não conhecia.
    Não sabia da existência do filme, vou procurar ver.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Este é um dos poucos nacionais que me chamaram a atenção, mas ainda nao consegui ver! Espero ver em breve!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas