[Resenha] Indo Longe Demais | Tina Seskis

Título: Indo Longe Demais
Título original: One Step Too Far 
Autora: Tina Seskis
ISBN: 9788501068224
Grupo Editorial: Record
Editora: Record
Número de Páginas: 308
Assuntos: Thriller, Suspense
Sinopse: Emily Coleman tem uma vida aparentemente feliz, um filho adorável e um marido perfeito, mas, numa certa manhã, decide deixar tudo para trás... Para onde ir agora? O que fazer? Emily está perdida, sozinha no mundo e, por mais que ela tente, não consegue fugir de um passado perturbador.
Com uma narrativa ágil e instigante, Tina Seskis conduz o leitor por frustrações, medos e traumas da protagonista que, depois de uma reviravolta em sua vida perfeita, decidiu que o melhor a fazer seria fugir do próprio destino. Com um final surpreendente e uma trama de tirar o fôlego, Indo longo demais é um suspense fascinante, que prende o leitor do início até a última página.
"Não deseje muito, não espere muito, a vida não funciona assim."
 Frances está prestes a ter seu filho quando se depara com a surpresa de que esteva grávida de duas meninas. Mas ao ouvir a noticia do médico, ao invés de ficar feliz, Frances se sente frustrada e não vê a hora de tudo acabar, ainda mais que seu marido, Andrew, não está ao seu lado nessas horas. Apesar de serem gêmeas, as duas meninas são diferentes. Há muitos conflitos desde o nascimento, começando pela escolha do nome da segunda gêmea, e quanto mais o tempo passava mais era perceptível a preferência da mãe por uma filha das filhas, Emily, a primeira gêmea. 

Com uma estrutura capaz de nos mostrar passo a passo da vida dos personagens traçando desde o nascimento até conhecer seu amor, Tina Seskis escreveu um livro que fala de drama familiar e onde a personagem principal, uma advogada que se arrisca a perder tudo que já tinha por motivos que só saberemos no meio da história, nos apresenta a sua história em primeira pessoa, com alguns momentos de flashback em terceira pessoa. Emily é a primeira gêmea e vamos acompanhar sua história desde o seu nascimento e o de sua irmã, Caroline. Vamos acompanhando o cotidiano das gêmeas e conhecendo mais sobre a família, as traições do pai delas, Andrew, as atitudes irritantes de Frances, os verdadeiros conflitos de Emily e a maldade de Caroline. Ela é má, faz de tudo pra chamar a atenção de todos mas, como não conseguente, acaba estragando sua vida e sua saúde. 

 Eu não conhecia a autora, mas gostei da forma como ela consegue fazer o mistério até o final deixando várias peguntas no ar. São muitas informações durante a história e precisamos prestar bastante atenção para acompanhar as pistas e para que a história não se torne chata, porque até mesmo eu, que gosto de narrativa cheia de detalhes, cheguei na página 100 com a sensação de estar na página 300, mas o mistério ainda estava ali e era isso que me fazia manter a leitura, mesmo com a narrativa arrastada. O livro tem alguns altos e baixos na narrativa, o que me fazia ficar super empolgada em algum momento e no outro estava já sem paciência.

 Não posso deixar de citar que apesar de alguns imprevistos nessa nova etapa da vida de Emily, ela conquistou uma amizade muito especial: Angel, que estará ao seu lado em um dos momentos marcantes do livro. Alguns personagens (como o amigo Jeremy e o marido Ben) marcaram presença apenas para que pudéssemos entender a o início de toda a trama . Porém, acabei gostando bastante de Emily, pois no início não entendi como uma mãe largaria um filho como ela o fez. Temos que ler até o fim para compreender todo o sentimento dela e os motivos de tudo, mas sempre prestando bastante atenção nos detalhes.

 Indo Longe Demais é um livro bem elaborado pela autora, que soube conduzir uma história intrigante falando das relações familiares e criou personagens que erra, assim como acontece na vida real. Esta é uma história cheia de altos e baixos em sua narrativa e apenas isso me fez gostar um pouquinho menos do livro, mas a história contém mistérios que impulsionam a leitura e nos fazem querer saber cada vez mais, além de nos lembrar que, às vezes, temos que nos perder para encontrar uma nova direção. Temos que nos descobrir para construir vida nova.

Comentários

  1. Oi Mari :D

    Essa já é a segunda resenha que vejo do livro e até agora ele não conseguiu me conquistar.. Achei a hstória um pouco confusa, e mesmo com esse mistério todo não acho que ele vá conseguir me prender. Claro que fiquei curiosa com a Caroline, acho que ela vai ser uma personagem que me intriga !
    Bj

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas