[Resenha] Fingindo | Cora Camarck


Título: Fingindo
Título Original: Faking It
Autora: Cora Camarck
ISBN: 9788581636665
Grupo Editorial: Novo Conceito
Selo: Novo Conceito
Número de Páginas: 336
Assuntos: Romance, Hot
Sinopse: "Meu nome é Cade Winston. Aluno de mestrado em belas-artes, voluntário, abraçador de mães e seu namorado pelas próximas vinte e quatro horas. Prazer em conhecê-la."
Com seus cabelos coloridos, tatuagens e um namorado que combina com tudo isso, Max tem exatamente o estilo que seus pais mais desprezam... E eles nem sonham que a filha vive assim.
Ela fica em apuros quando seus pais a visitam na faculdade e exigem conhecer o futuro genro. A solução que Max encontra para não ser desmascarada é pedir para um desconhecido se passar por seu namorado.
Para Cade, a proposta veio em boa hora: é a chance que ele esperava para acabar com a sua fama de bom moço, que até hoje só serviu para atrapalhar sua vida.
Um faz de conta com data marcada para terminar... E um casal por quem a gente vai adorar torcer. Fingindo vai seduzir você.
"Vou lembrá-la todos os dias de como é bom ter seu corpo ao encontro do meu. Vou lembrá-la dos bons tempos e vou ajudá-la a esquecer o que foi ruim. Vou lembrá-la de quem você é quando a vida colocá-la pra baixo e fazê-la duvidar. Vou aparecer na sua porta no meio da noite e beijá-la até que você se lembre de que seus medos são apenas medos e que eles não vão controlar você. Vou apostar contra o seu coração inconstante se ele for meu."
Por: Shay A. Dias

Max ou Mackenzie como os pais a chamam é uma garota diferente; com suas tatuagens, piercings e seus cabelos coloridos... ela chama bastante atenção. Trabalha em um estúdio de tatuagens (rsrsrs, surpresa!!) e à noite ela dança em um bar; mas a música que é sua verdadeira paixão, seu ponto de equilíbrio, sua inspiração. Max é super decidida e sabe o quer, fria, totalmente despreocupada com a vida... até que quando ela está com seu namorado Mace, um baterista tatuado e bem bruto, em uma cafeteria, ela recebe uma ligação dos pais dizendo que eles estão na cidade e que estão indo encontra-la para conhecer seu namorado... Mas tem um problema... Os pais de Mackenzie não sabem nada sobre tattoos, pinciengs ou o namorado bad boy; pois eles são rígidos... E o que será que Max vai fazer??!!
Bommmmm, gente! Ela olha para o lado e vê…
"Havia um mesinha para quatro com apenas um cara sentado [...]. Ele tinha madeixas curtas e castanhas que foram tosadas num corte simples e limpo. Ele era lindo, com aquele jeito de modelo norte-americano. Ele usava suéter e cachecol e tinha livros sobre a mesa. Eureca!"
Cade/Lindíssimo/Winston sempre buscou a perfeição em tudo o que faz... primeiro da turma, sempre sendo prestativo, ou seja, o rapaz modelo (Sério, gente… todo perfeitinho assim… quem não quer, né?!?! Já sei o que quero se presente...rsrsrs). O melhor amigo tentado se transformar em namorado... Ops, isso não deu muito certo... Cade se vê numa situação inusitada e como ele quer mudar essa fama de bom moço, essa é a oportunidade perfeita... Até porque Max é totalmente diferente de tudo e todos que ele conheceu!
"[...] Era cheia de vida - desde os cabelos vermelhos aos lábios pintados que naturalmente ressaltavam suas tatuagens. Viam-se alguns passarinhos voando no pescoço e o que parecia a copa de uma árvore saindo da gola em forma de coração do seu vestido estilo anos 1950. [...] Ela era linda - lábios carnudos, bochechas ressaltadas e nariz reto."
E assim começa uma história envolvente, fofa, sexy e viciante! Mesmo com todas as diferenças Max e Cade se entendem e se completam de uma forma singular, mesmo com o passado de ambos sempre vindo à tona… continuam se ajudando e cada vez ficando mais próximos… Fingindo sempre que necessário e ficando sempre juntos mesmo quando não é… 
"- A dor nos muda. A minha dor me fez querer ser perfeito para que ninguém jamais me abandonasse [...] Sua dor deixou você mais forte. Ela fez a mulher incrível e cheia de vida. A dor fez de nós dois o que somos. [...]
- O Menino de Ouro e a Menina Furiosa."
Aiiiii, esse livro é tão (suspirando) tudooooo!!!! Eu sei, eu sei; você tá se perguntando: e os pais? E o namorado? E Cade? E Max?!!! O que vai acontecer? Vai nos deixar curiosos assim? E minha resposta é: Com certeza...rsrsrs! Leiam vocês não se arrependerão!!!!

Cora Carmack sua lindaaa! Eu queria poder te encher de beijos mais uma vez! Depois de Perdendo-me, que aliás foi maravilhoso… essa autora maravilhosa vem com Fingindo ultrapassando todas as expectativas! Achei o livro perfeito… As pessoas não tem que ser definidas por suas tatuagens (eu tenho e me amo do jeito que sou), cor dos cabelos ou como se vestem… o que importa é o que ela é por dentro, seu caráter, sua honestidade, seus valores… Nós somos exatamente como deveríamos ser! E o nosso passado não nos define de maneira alguma, podemos ser e fazer o que quisermos, basta acreditarmos em nós mesmos! Buscar a perfeição é ótimo desde que à esteja buscando por si mesmo, não pelos outros… Se supere a cada dia. E seja melhor do que foi ontem e hoje seja menos do que será amanhã. Seja tudo o que puder ser!!!! Bjxxxx Amores!

Por: Shay A. Dias