[Resenha] Bangalô 2 - Hotel Beverly Hills | Daniele Steel


Título: Bangalô 2 - Hotel Beverly Hills
Título Original: Bungalow 2
Autora: Danielle Steel
ISBN: 9788501096586
Grupo Editorial: Record
Editora: Record
Número de Páginas: 352
Compre: Amazon
Gênero: Romance
Sinopse: O agente literário de Tanya Harris liga com uma notícia bombástica: um famoso produtor de cinema quer que ela escreva o roteiro de seu próximo filme. E mais: a proposta inclui trabalhar hospedada no exuberante Bangalô 2 do Hotel Beverly Hills. De uma hora para outra Tanya precisa escolher se vai continuar com a rotina perfeita de escritora freelancer, dona de casa, esposa dedicada e mãe de família em São Francisco, ou se vai aceitar o convite e passar vários meses em Los Angeles, longe do marido e dos filhos, desestruturando a vida familiar para realizar um antigo sonho. Relutante e dividida, Tanya acaba aceitando o desafio. Mas será que tomou a decisão certa? Ao chegar a Hollywood, Tanya é envolvida por um mundo novo e intoxicante, e mergulha em um trabalho que exige mais dela do que poderia imaginar. Inevitavelmente, vai se afastando da família, que começa, aos poucos, a se desintegrar, e seu sonho se transforma em seu pior pesadelo. Será que Tanya conseguirá conciliar a vida pessoal e a profissional em meio a tantas demandas opostas? Ou uma reviravolta do destino vai garantir para sua vida uma cena final inesperada e digna de um filme vencedor do Oscar? Uma trama emocionante com um desfecho surpreendente!
"-[...] É incrível como a vida é terrível às vezes, mesmo entre gente pretensamente civilizada. Acho que, de vez em quando, todos nós nos comportamos como se estivéssemos em um programa de televisão vulgar, queiramos ou não. Por isso esses dramalhões dão tão certo na televisão."

 Bangalô 2 - Hotel Beverly Hills chamou minha atenção assim que o vi entre os lançamentos da Editora Record. Muitas pessoas já me falaram sobre a escrita de Danielle Steel e, apesar de não ter me interessado muito por seus livros, ainda queria dar uma oportunidade para a autora. E ela veio.

 Tanya é uma dona de casa muito dedicada e que se sente realizada na carreira que escolheu. Há mais de 20 anos ela é escritora e conseguiu construir uma ótima carreira trabalhando apenas nas horas vagas, quando não estava cuidando de seus três filhos, fazendo alguma tarefa de casa ou dando atenção ao marido. Tanya possui um bom agente, nunca perdeu um prazo, adora escrever seus contos e roteiros de novela, mas nunca conseguiu realizar seu sonho de escrever um roteiro para o cinema. Isso pode estar prestes a mudar quando um dos maiores produtores de Hollywood quer apostar em seu trabalho em seu próximo filme, que é inspirado em um livro. Além do incrível pagamento que era receberia, ela teria a chance de realizar seu sonho e de ser parte de um projeto que tinha tudo para ganhar um Oscar. Mas escrever esse roteiro abalaria totalmente sua vida, uma vez que ela teria que morar meses em Los Angeles enquanto o filme estaria sendo produzido. Como ficariam seus filhos e seu marido? Quem cuidaria da casa e ajudaria seus filhos no momento mais decisivo de seus vidas? Como seu marido iria cuidar da casa? Essas são algumas das perguntas que Tanya irá se fazer e são as únicas coisas que a distanciam, neste momento, de seu sonho.
"Às vezes, não vemos o final do caminho no começo da jornada. Só nos resta segui-lo."
 Gostei demais da narrativa de Daniele Steel. Eu estava com saudade desse tipo de narrativa, onde a mesma é em terceira pessoa e consegue ser séria e ao mesmo tempo dar os detalhes necessários. Eu gosto demais da narrativa em terceira pessoa mas fazia um bom tempo que não lia um livro com a narrativa um pouco mais formal e eu gosto disso também. Apesar de sentir que alguns termos foram repetidos, entendi que a autora queria deixar certas coisas bem claras, mas também preferia que a mesma tivesse evitado enfatizar tanto certas coisas. De qualquer forma, gostei bastante das apresentados e, mesmo que na metade do livro a leitura não tenha sido tão rápida por conta de alguns pensamentos e inseguranças da personagem, gostei do rumo da história.
"Olhe a vida que você leva lá... Admita, Tan... Você não vai querer voltar para casa."
 Tanya foi uma personagem que não me impressionou. Muitas vezes eu queria estar ao seu lado para mandá-la para de se questionar sobre certas coisas e impedi-la de ter pensamentos imaturos, mas a autora fez isso propositalmente. Ela criou uma personagem que era segura na vida que levava e que quando pode realizar um desejo de sua carreira, ele pode prejudicar um pouco de sua personalidade por ela viver algo novo. Não estou dizendo que ela será contraditória, mas como não posso dar spoiler, só digo que é inevitável não mudar pensamentos e atitudes diante de tantas mudanças repentinas, mesmo que elas fizessem parte de nossos sonhos.
 A diagramação do livro é simples, as folhas são brancas e isso não me atrapalhou demais na leitura, porém me fez dar um tempo na mesma algumas vezes, a fonte está em um tamanho bom e os capítulos são curtos, de modo que a leitura parecer render mais rapidamente. A capa é fosca, o nome da autora está em alto relevo e acho que não existem dúvidas de que ela é bem mais bonita do que a original (ao lado), certo? O fundo verde quase fluorescente não me agradou nada, enquanto a imagem real do Hotel Beverly Hills com o tom rosa e roxo chama bem mais atenção por ficar bonito.

Bangalô 2 - Hotel Beverly Hills não chegou a me surpreender, mas foi uma ótima leitura. Daniele Steel me ganhou com sua narrativa, seus mensagens e uma protagonista que nos lembra a importância de realizarmos nossos sonhos sem esquecer quem realmente somos. Super indico!

Comentários

  1. Infelizmente eu não me identifiquei muito com a sua resenha , o que você relatou nela não me agradou portanto creio que não lerei esse livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que pena, Lissandro. Esse é o tipo de livro que eu gostaria de saber a opinião de um homem sobre. Acho que vou procurar algumas resenhas depois, rs.

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Não conhecia ainda esse livro, mas não fiquei muito empolgada com a leitura :/
    Sua resenha está ótima e o blog lindo!
    Beijos.
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Katrine :D
      Vou conferir seu blog também.
      Beijo!

      Excluir
  3. Ixi, nao gostei do livro.
    Achei pessima a capa, esse trem rosa doi as vistas.
    E a história parece que não é muito o meu gosto. Uma pena.
    Sua resenha está otima, sempre sincera e ajuda demais a ter uma ideia do livro.
    Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei da capa, Suzzy! Ainda mais depois de ver a capa original, que não me agradou nem um pouco haha
      Obrigada, querida :D
      Volte sempre, beijo.

      Excluir
  4. A sua resenha foi impecável, mas meu gosto não é esse. A capa é bem legal, amo verde com rosa. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Mesmo não ficando curiosa com a leitura, acho que vou ler, pois Danielle Steel é uma autora que eu lia muito durante a adolescência. Vou ler só porque sou fã dela.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas