[Resenha] A Playlist de Hayden | Michelle Falkoff


Título: A Playlist de Hayden
Título Original: The
Autora: Michelle Falkoff
ISBN: 9788581637044
Grupo Editorial: Novo Conceito
Selo: Novo Conceito
Número de páginas: 288
Gênero: Drama
Sinopse: Depois da morte de seu amigo, Sam parece um fantasma vagando pelos corredores da escola o que não é muito diferente de antes. Ele sabe que tem que aceitar o que Hayden fez, mas se culpa pelo que aconteceu e não consegue mudar o que sente
Enquanto ouve música por música da lista deixada por Hayden, Sam tenta descobrir o que exatamente aconteceu naquela noite. E, quanto mais ele ouve e reflete sobre o passado, mais segredos descobre sobre seu amigo e sobre a vida que ele levava.
A PLAYLIST DE HAYDEN é uma história inquietante sobre perda, raiva, superação e bullying. Acima de tudo, sobre encontrar esperança quando essa parte parece ser a mais difícil.
“Ouça. Você vai entender. "
 Quando A Playlist de Hayden foi anunciado como lançamento da Novo Conceito, eu logo me interessei pela capa. Já falei várias vezes aqui no blog que muitas sinopses atualmente entregam coisas importantes sobre os livros, então quando me deparo com uma capa que não é tão misteriosa a ponto de não me entregar nada sobre o enredo, nem chego a ler a contra capa. Foi isso que aconteceu com o livro de Michelle Falkoff. O título e as pessoas dividindo os fones de ouvido me deixaram muito curiosa e já fiquei imaginando várias coisas sobre a história, o que com certeza me ajudou a ter ainda mas interesse a cada capítulo.
"Era mesmo muito difícil estar ali sem ele."
 Hayden e Sam são amigos inseparáveis e um sabe absolutamente tudo sobre outro. Pelo menos era isso que Sam achava. Quando Hayden morre, ele deixa uma playlist com um bilhete para Sam dizendo para que ele a ouça, assim entenderia. Mas, junto com a playlist, ficam várias dúvidas, entre elas: ouvir por que? Entender o que? Sam precisa tentar entender o que levou seu melhor amigo a cometer suicídio, quem podem ser os responsáveis por tudo o que aconteceu e, principalmente, o que aconteceu.
"Todos nós estávamos certos e todos nós estávamos errados ao mesmo tempo."
 Gostei bastante da narrativa de Michelle Falkoff. Eu não havia lido nada da autora e nem a conhecia, então foi uma novidade. A forma como ela consegue passar as dúvidas, as emoções e os pensamentos de Sam me agradou muito, pois além de conseguir compreender o personagem, eu conseguia imaginar possíveis respostas para suas dúvidas, ao mesmo tempo em que mais dúvidas surgiam para mim e para ele. Não estou dizendo que é um livro cheio de reviravoltas ou muitas surpresas, pelo contrário; o livro irá mostrar como a perda de Hayden afetará a vida de Sam e como será sua vida tentando superar tal acontecimento e conhecendo mais do amigo que ele achava conhecer perfeitamente, mas algumas coisas ficam nas entrelinhas, personagens aparecem e logo fica na cara que escondem algo, coisas acontecem e nos perguntamos o porquê e por aí vai.
"Muitas pessoas querem ser invisíveis. Talvez elas até pensem que podem fingir que são. Mas sempre alguém as vê."
 Sam é um personagem que, com certeza, irá envolver muitos leitores. Quem sofreu uma grande perda facilmente se identificará com seus questionamentos e sua personalidade, já quem não passou por algo parecido, irá gostar de "estar na cabeça" de alguém que pensa diferente. A autora consegue deixar as características de Sam bem explícitas no livro a ponto de o leitor conseguir imaginar e acertar o que ele irá pensar ou fazer na cena seguinte sem que isso seja considerado clichê, pois não é que ele faça coisas obvias, a gente é que já conhece o personagem e de adivinha o que está por vir.
 Nós só saberemos todas as músicas que estão na playlist no último capítulo. Isso porque cada capítulo é intitulado com o nome de uma música que está nela e isso foi algo que gostei bastante no livro. Não posso dizer tudo o que me fez achar incrível o fato de a autora organizar os capítulos dessa forma pois acabaria com certas mensagens do livro, mas posso dizer que cada música tem um pouquinho de cada capítulo e indico que, ao ler o livro, vocês façam como eu: escutem uma vez a músicas correspondente ao capítulo antes de começar a leitura do mesmo, depois continue escutando-a enquanto está lendo. Ninguém me indicou isso, eu só tive um feeling (risos), isso deu muito certo e me fez ficar ainda mais envolvida com a história. Escutei as músicas no site que a Novo Conceito preparou para o livro, então se quiserem conhecer, cliquem aqui.
"Se havia alguma coisa que eu aprendera com a playlist, é que ouvir as pessoas pode ser importante."
A Playlist de Hayden foi uma ótima surpresa porque não foi um livro com várias reviravoltas ou um enredo muito complexo. Michelle Falkoff conseguiu escrever um livro onde os sentimentos mais profundos de seu personagem são os verdadeiros protagonistas e a playlist pode não aparentar ter muito significado quando você vai lendo os primeiros capítulos, mas se vocês escutarem as músicas enquanto leem, garanto que conseguirão entender todas as mensagens escondidas e como essa história é muito mais do que aparenta ser. Fica impossível colocar tudo o que senti e tudo o que o livro me passou na resenha pois o ideal é que vocês leiam, sintam e deixem as músicas e a história tocarem vocês. Super recomendo!

Comentários

  1. Mari eu não solicitei, me arrependi quando vi o pessoal soltando as primeiras impressões e agora vou ter que comprar! não vai dar pra resistir!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Hello!
    Também me interessei pelo livro qdo vi a capa e depois da sua resenha positiva to mais louca pelo livro ainda.
    A estória é daquelas q me prende e faz meu estilo. Nao conheço a escrita da Michelle, mas pelo sucesso acho q deve ser mto bom. So estou lendo resenhar boas.
    Adorei a sua opinião sincera sobre o livro.
    Bju

    ResponderExcluir
  3. Assim que vi essa capa me apaixonei e ler os comentários positivos por aí só está me deixando com mais e mais vontade de ler.

    Gostei muito do seu jeito de resenhar, você falou bastante sobre o livro, mas sem entregar o enredo. Odeio quando a resenha é mais um resumo do que uma opinião.

    Não vejo a hora do meu livro chegar! <3

    ResponderExcluir
  4. Assim que vi essa capa me apaixonei e ler os comentários positivos por aí só está me deixando com mais e mais vontade de ler.

    Gostei muito do seu jeito de resenhar, você falou bastante sobre o livro, mas sem entregar o enredo. Odeio quando a resenha é mais um resumo do que uma opinião.

    Não vejo a hora do meu livro chegar! <3

    ResponderExcluir
  5. Realmente os comentários que li foram positivos e as resenhas sempre bem escritas. Esse livro vou querer ler, e o bom que são poucas páginas.

    ResponderExcluir
  6. Eu estou MUITO ansiosa para ler esse livro! Sua resenha me deixou ainda mais empolgada, Mari. Cada vez que vejo a Novo Conceito postando uma foto dele eu fico mais louca para ler hahaha Tenho certeza de que vou gostar.

    ResponderExcluir
  7. Estou muito louco pra ler esse livro, a capa é linda e eu acho que envolve muita emoção, pelo que eu vi na sua resenha. Amo essa capas da NC <3
    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas