[De Repente dá Certo] Meu último texto pra você

Eu nem sei o que você fez comigo pra levar meu coração desse jeito. Agora eu vejo você indo embora de verdade, lá no fundo da minha mente, por mais que doa muito te arrancar. Você já faz parte de mim. Faz parte da minha história e é o principal motivo por eu não conseguir me apaixonar por mais ninguém, por mais que eu sempre fale que estou apaixonada.
O outro que eu me apaixonei, virou o meu grande amigo e nenhum outro pensamento passa pela minha cabeça sem ser o de como eu vou fazer pra ele ficar bem em relação à garota que ele gosta. O outro, o outro eu tive umas noites de amor. A gente bebeu vinho na sacada da janela e ele tirou minha roupa em silêncio. O melhor silencio, onde você só escuta a respiração do outro aumentar. Eu acordei querendo acordar ao lado dele mais umas vinte vezes. O outro foi o cara mais bonito que eu já conheci na vida. Eu queria fazer de tudo pra ele não parar de sorrir nunca mais e ficar olhando pra ele por uma eternidade, ouvindo ele falar sobre o que ele quisesse falar, porque ele só fala coisa inteligente. 

E todos esses nem se comparam ao que você fez comigo. Você é a pessoa que eu não esquecia por mais que todo mundo passasse. Nem tem explicação e todos os outros são melhores do que você, mas quando eu volto pra casa é em você que eu penso. Você acabou com a história que eu inventei de um jeito que eu nunca consegui fazer antes. Eu sempre tentei, mas falhava toda vez porque no fundo eu queria acreditar que você nadaria de volta pra mim.

Eu fiquei esperando na praia, por meses, e agora eu sei que você não vem mais. Você colocou o ponto final na história em que eu só colocava reticências. E na verdade talvez eu esteja aliviada, porque eu não queria ficar esperando algo que nunca chegaria. Espero que essas palavras façam jus ao fim de amor que eu sinto agora, porque essas são minhas últimas palavras para você. Vou dar lugar para outra pessoa ocupar meus dias. Quem sabe eu mesma...

  Marcela Picanço