[Resenha] A Lista | Cecelia Ahern



Título: A Lista
Título Original: One Hundred Names
Nome: Cecelia Ahern
ISBN: 9788581636832
Grupo Editorial: Novo Conceito
Editora: Novo Conceito
Número Páginas: 384
Gênero: Drana
Sinopse: Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente.
Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira.
Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.
"Todo indivíduo em qualquer parte do mundo tem uma história extraordinária para contar."
Depois de cometer um erro gravíssimo, ser processada e afastada do trabalho, Kitty Logan não poderia estar se sentindo pior. Ou melhor, poderia. Seu namorado resolveu terminar o relacionamento deles do nada, sua melhor amiga está morrendo e ela não imagina o que está prestes a acontecer. Depois que Constance lhe deixa uma lista com cem nomes para que ela faça uma matéria, ela vê que a amiga queria lhe deixar a oportunidade de recuperar sua carreira e fazer uma matéria inesquecível.  Só que ela tem cem nomes, um prazo apertado e a vontade de fazer isso dar certo, agora só falta saber por onde começar.
"A questão é aprender a parte mais importante do que é real."
 Eu gosto demais da escrita da Cecelia Ahern e depois de participar de um Hangout com a autora, graças ao Grupo Editorial Novo Conceito, passei a admirá-la ainda mais. Admito que gosto mais de uns livros do que de outros, mas ,mesmo os que não gostei, me trouxeram alguma mensagem e eu tenho certeza que será sempre assim. Dessa vez tentei começar o livro sem muitas expectativas e, também, nem poderia, já que assim como a protagonista o leitor não tem nem ideia do que os cem nomes tem a ver um com o outro e com Kitty e isso conta muito na hora do envolvimento com a história e a protagonista.
"As pessoas raramente sabem o que querem; só ficam sabendo depois do fato."
 A partir do capítulo em que Kitty descobre a lista comecei a ficar mais curiosa a respeito das coisas que iriam acontecer e muito ansiosa para descobrir quem eram aquelas pessoas. Neste livro a narrativa de Cecelia não tem altos e baixos e ela conseguiu manter suas mensagens marcantes e novos aprendizados a cada página. Isso é algo que admiro na Cecelia; ela consegue me envolver e me fazer refletir independente da história, da personalidade do protagonista e da maneira como passa isso no livro.

 Kitty é uma personagem nada perfeita que, muitas vezes, age de maneira errada e fala coisas desnecessárias, mas a autora conseguiu mostrar que ela pode até errar, porém sabe quando errou e sabe que deve reparar o erro. Kitty passa por muitas mudanças ao longo do livro e, consequentemente, seus pensamentos e opiniões mudam, fazendo com que o leitor a acompanhe nesse amadurecimento. Claro, aquelas cem pessoas ajudam demais nesse quesito.
"Você foi a única em meio àquelas entrevistas a me mostrar verdadeiramente que não tinha medo de voar e que, na verdade, seu medo mesmo era o de não errar."
 Cada nome, cada pessoa, cada história acrescenta algo para o enredo e para a personagem e isso torna este o livro de Cecelia que mais me fez refletir. Temos histórias que emocionam, diálogos marcantes e pessoas especiais. É impossível não comparar acontecimentos da ficção com nossa vida e não pensar em como seria estar no lugar daquelas pessoas - sendo a história divertida ou triste. O mais legal é que, no final, nós percebemos que desde a primeira página havia um ensinamento sobre o que fez Constance deixar a lista para Kitty e, por mais que a gente pense que aquela primeira conversa das duas já nos deixam algumas mensagens, vai muito além disso.
"Talvez pensemos que somos pessoas comuns, que nossa vida é entediante porque não estamos fazendo nada de extraordinário nem estampando as capas dos jornais, tampouco suas manchetes, nem ganhamos prêmios memoráveis. Mas a verdade é que todos nós fazemos coisas fascinantes, admiráveis e das quais deveríamos sentir orgulho."
 Emocionante, envolvente e marcante, A Lista não tem apenas Kitty como protagonista. O protagonista da vez é o leitor, que irá se deixar levar pela narrativa da autora e irá parar a leitura várias vezes para poder pensar sobre seus próprios atos. Se você já leu algum livro de Cecelia Ahern, vai se impressionar com como a autora consegue se superar. Se você nunca leu nada da autora, este livro seria uma ótima maneira de começar.

Comentários

  1. eu ja li, mas sabe aquela história que te marca que você não consegue expressar bem em palavras?
    se pararmos pra analisar é um enredo mais simples, mas talvez o mais significativo da autora, ao trabalhar essa lista interminável de histórias ela nos mostra como cada um é especial! me peguei chorando em alguns momentos, rindo em outros, mas com certeza é um livro que recomendo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente, Thaila!
      A Cecelia mostra como você não precisa de uma história cheia de reviravoltas para refletir e para que ela te marque de alguma forma. Não cheguei a chorar, mas me emocionei várias vezes, me diverti outras vezes e, no final, percebi como aproveitei a leitura.

      Excluir
  2. Esses livros com frases impactantes são os que mais me chamam atenção, embora drama não seja muito bem meu estilo, eu até leria porque gostei das citações do livro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também adoro livros com frases impactantes, André! Já cheguei a me interessar por alguns livros apenas depois de ler quotes. :)

      Excluir
  3. Fui na Leitura e vi o livro semana passada. Peguei para ler atrás justamente por causa dessa capa maravilhosa, amo essas cores e o desenho está perfeito com o titulo no meio e uns detalhes prateados.
    Depois que li atrás da capa me interessei demais pela estória,a sua resenha está muito boa, gostei e consegui visualizar bem que tipo de estória se trata e com certeza faz o meu gosto.
    Estórias que mostram a evolução do personagem e que emocionam, faz com que eu me interesse mais pelo livro.
    Li em outras resenha que a protagonista irritou os leitores, pq tipo enrolava muito para descobrir a tal ligação das pessoas na lista
    Mesmo assim, ainda estou bem curiosa com a lista e os motivos de cada nome estar lá e como ela vai entrevista essas 100 pessoas? Super curiosa com tudo!
    Com certeza vou ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não achei que a protagonista demorou para associar não, Suzzy. Assim, tinham algumas ligações que realmente ela poderia associar antes, se não tivesse uma grande responsabilidade. É porque quando a gente lê um livro, o nosso tempo é muito diferente do cronograma da história e, muitas vezes,isso faz a gente pensar que ou certa aconteceu muito rápido, ou muito devagar.
      Em A Lista, ás vezes tinha algo que poderia estar na cara da Kitty, se não fosse todas as outras pessoas e tantas coisas para relacionar, além de outros acontecimentos. Ficou meio enrolada essa última frase, mas não posso falar mais por conta de spoiler hahaha
      Resumindo, achei que cada coisa aconteceu no seu tempo sim. E vou esperar você me dizer o que achou, Suzzy :D

      Excluir
    2. Ahh ta!! Entendi melhor agora, hehe...bom, tenho que ler pra entender melhor mesmo.
      Esse livro é com certeza um dos que mais quero ter.
      Bjus

      Excluir
  4. Bom, não conheço nada da autora, mas gostei da história, mesmo parecendo um pouco sem emoção, mas gostaria de ler esse livro e conhecer mais trabalhos da autora.

    ResponderExcluir
  5. Já conhecia a outra obra da autora (P.S. Eu te Amo) e confesso que ela realmente escreve bem. Me apaixonei também por A Lista, 100 nomes! Fez-me ficar bem curiosa sobre o destino de Kitty.

    ResponderExcluir
  6. Ainda não li nenhum livro da autora, mas quero ler P.S Eu te amo.
    Este livro também me chamou a atenção. Espero que a escrita dela seja tão boa como comentam e que as histórias me encantem.

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Apenas li um livro da Cecelia Ahern, Simplesmente Acontece, é adorei!
    Não tinha lido nada a respeito desse livro antes, e mesmo gostando do livro dela que li, não tinha muitas expectativas sobre esse. Mas com a sua resenha me animei em ler!
    Gosto muito quando um livro nos faz pensar sobre nossa vida e nossa escolhas, traz uma reflexão. Fiquei curiosa também para saber a relação entre os nomes da lista.

    ResponderExcluir
  8. Conheci esse livro agora,por você.Com certeza já está na minha lista,me interessei pela história através da capa,da sinopse e para complementar com sua resenha,é impossível não coloca-lo na lista. Parabéns! Ficou muito boa sua resenha! :D xD

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas