[Resenha] Mocassins e All Stars | Clara Savelli



Título: Mocassins e All-Stars
Autora: Clara Savelli
ISBN: 9788571661240
Editora: Com-Arte
Número de Páginas: 456
Gênero: Romance
Sinopse: Depois da morte de seu pai, Julie e sua mãe deixam a movimentada Nova York e se mudam para Monterey, lar da avó materna que ela ainda não tinha tido a chance de conhecer. Ela frequenta as aulas no colégio mais caro e puxado da cidade. Pra não comentar sobre os estudantes preconceituosos e superficiais. Aos poucos arruma grandes amigos, mas infelizmente o pacote vem com alguns inimigos. Tudo culpa de Arthur, que coloca Julie em furadas desde o dia que ela coloca os pés na escola. Entre mistérios, brigas e romances, Julie descobre algo sobre sua avó que muda o rumo de todas coisas. E tudo que ela queria era terminar o ensino médio e comprar uma moto. Mas a vida não poderia facilitar tudo pra ela, poderia?
"- Gostei dos seus sapatos. - disse ele, fechando o próprio armário, ao lado do meu, antes de sair andando.
 Ele disse isso, eu juro. Só isso. "Gostei dos seus sapatos" e foi embora! Deixando-me lá com a maior cara de pateta observando seus largos ombros se distanciarem. Reparei nos seus sapatos enquanto ele ainda estava por perto. Eram mocassins. MOCASSINS. O tipo de gente que usa mocassins na escola não deveria gostar nos meus all stars!"

Meu primeiro contato com a escrita de Clara Savelli foi em Papel, Caneta e Ação, livro que ela escreveu com as autoras Aimee Oliveira e Thati Machado. No livro cada uma escreveu um conto e, naquelas poucas páginas, percebi que Clara escrevia de uma maneira envolvente e divertida, e fiquei logo ansiosa para ler mais dela. Então ela me deu a oportunidade de ler Mocassins e All Stars, seu primeiro livro publicado.
''Por que toda vez que eu olhava nos olhos dele eu achava que ia derreter?''
 Julie acabou de perder o pai e teve que se mudar para Monterey, cidade onde mora sua avó. Avó essa que ela nunca teve muito contato. Julie também não tem uma relação muito boa com a mãe, o que torna toda a situação ainda mais difícil, porém quando ela acha que não pode piorar, é claro que podia: ela precisa se adaptar ao novo colégio. Logo no primeiro dia de aula ela já percebe como tudo vai ser mais difícil do que ela imaginou, mas aos poucos tudo vai se encaixando entre uma conversa e outra com David e Leah e uma troca de palavras e olhares com Arthur Torrez. Não. Talvez ele só bagunce mais as coisas.
"Alguém certa vez me disse que homem perfeito não existe. Tudo que a gente tem que procurar é aquele que é perfeito para nós."
 Clara conseguiu me envolver e divertir do início ao fim, sem falar que desde o primeiro capítulo sua narrativa em primeira pessoa prende o leitor e o deixa ansioso para conhecer mais de Julie, que é uma personagem cheia de personalidade e bem espontânea. Eu não havia percebido, mas fazia tempo que eu não lia um livro com uma personagem descontraída como Julie. Ela é o tipo de personagem que você gostaria de ser amiga. Aliás, não só ela.

 A autora criou personagens tão realistas que impossível não ficar com vontade de conhecê-los pessoalmente e quanto mais os conhecemos, mais queremos fazer parte da história.  David é o tipo de personagem que parece uma incógnita no início, mas que te encanta no final; Leah logo se mostra uma amiga incrível que não irá decepcionar; e Arthur... bom... acho que vou deixar vocês descobrirem lendo o livro, mas adianto que vocês podem se preparar para rir dos pensamentos de Julie e sorrir com o romance do livro. E desejo que vocês façam isso em público. Como eu. Obrigada, Clara.

 Se você acha que o livro é só diversão e amor, está enganado. Quando a gente menos espera Clara nos apresenta uma revelação e torna o livro ainda melhor. Posso afirmar que o divertido e surpreendente Mocassins e All Star é um livro ótimo para quem procura um romance leve, uma protagonista engraçada e um enredo envolvente. Clara Savelli conseguiu superar minhas expectativas e eu mal posso esperar para ler outro livro da autora.