[Resenha] Na Porta ao Lado | Luiza Trigo


Título: Na Porta ao Lado
Autora: Luiza Trigo
ISBN: 9788579802478
Editora: Rocco
Selo: Rocco Jovens Leitores
Número de Páginas: 256
Compre: eBook - Físico
Gênero: Romance, Juvenil
Sinopse: Com uma carreira em ascensão no segmento juvenil, a carioca Luiza Trigo retoma as personagens de Meus 15 anos – as amigas Bia, Carol, Amanda, Pri e Roberta – e novamente mostra as delícias e as dores da adolescência com leveza, sinceridade e bom humor em Na porta ao lado, seu terceiro romance. No livro, a autora narra as aventuras e desventuras de Carol, que começa o novo ano na escola tendo que encarar não só o casamento de sua mãe e uma mudança de casa, mas também o padrasto como professor e o filho dele como colega de turma. Parece muito azar para uma garota só! Mas muitas outras surpresas aguardam a protagonista, suas amigas e os leitores ao longo das páginas. 
"Eu sinceramente não sei o que estava acontecendo na minha vida. Deve ser um inferno astral eterno, talvez os planetas tenha  se alinhado e resolveram me perseguir, porque não é possível."
 Conheci a escrita de Luiza Trigo em seu primeiro livro, Carnaval, matei a saudade nos contos A Caixinha Mágica As Valentinas, conto que apresentou as amigas Bia, Carol, Amanda, Pri e Roberta ao público, e depois me diverti com Meus 15 Anos, livro que trouxe um pouquinho da história de cada uma das amigas, mas tinha Bia como personagem principal. Agora, em Na Porta ao Lado, Luly vai nos deixar entrar mais na vida de Carol.

 Carol sempre morou com sua mãe e as duas sempre tiveram uma ótima relação. Seu pai faleceu quando ela era pequena e o que restou foram as fotos e muita saudade. Tudo estava maravilhosamente bem, obrigada, em sua vida, até que a mãe apresenta seu novo namorado para ela e, para sua maior surpresa, eles já estavam noivos. Por mais que Carol queira ver a mãe feliz ela não consegui lidar bem de cara com o fato de ter um novo membro na família e, muito menos, com o fato de que terá que se mudar da casa que possui tantas lembranças de seu pai. Só que é inevitável. Para completar, seu padrasto é professor, vai dar aula em seu colégio e ele tem um filho da sua idade que também não está muito feliz com a situação toda. O ano de Carol não começou muito bem, mas ela sabe que vai mudar. Resta saber se será para melhor ou para pior.

 Eu adoro a escrita da Luly e nunca vou cansar de dizer isso! Ela consegue fazer com que a gente reconheça sua escrita mesmo com personagens bem diferentes e sempre consegue colocar características distintas para os personagens, de modo que cada um tenha uma personalidade, Li o livro em uma tarde graças à narrativa em primeira pessoa que trouxe uma leitura rápida e divertida para o livro.

 Carol foi uma protagonista muito bem trabalhada e eu achava o máximo quando ela mencionava músicas e livros e, claro, quando fazia suas listas. Ela terá mais surpresas em sua vida que não demorarão muito a chegar, mas logo ela terá que fazer uma decisão que muda tudo. Essa foi mais uma coisa que me fez gostar ainda mais desse livro porque a Carol tem conflitos diferentes aos da Bia e a decisão que ela toma... bom, não posso dizer, mas posso afirmar que mostra muito de sua personalidade e por mais que estivesse torcendo para que outra coisa acontecesse, fiquei muito feliz com o final e com a forma que Carol conseguiu se resolver.

 Luly não deixa nenhuma das outras meninas de fora nesse livro. Nós já conseguimos reconhecer cada uma em suas falas e saber mais um pouco da personalidade de cada uma, além de já ficar imaginando o que será que irá acontecer nos próximos livros da série. É muito bom quando em um livro de uma série os autores conseguem fazer não só o protagonista ser importante, como todos os outros personagens. Acho muito ruim quando o autor não explora bem os outros personagens só porque eles terão outros livros, isso acaba me desconectando deles e da história em geral.

  Algo que não posso deixar de comentar são os títulos dos capítulos. No livro anterior todos os capítulos eram títulos de filmes, já que a festa de 15 anos da protagonista tinha Cinema como tema, mas como Carol é uma leitora voraz, nada mais justo do que capítulos nomeados com títulos de livros! Tem Em Chamas, Fazendo  Meu Filme, Um Caso Perdido, Orgulho e Preconceito, Despedaçada, A Mais Pura Verdade, Pode Beijar a Noiva, A Música do Silêncio, Extraordinário, Sábado à Noite, A Escolha e muito mais!

 Com sua narrativa rápida, Luiza Trigo ganha os leitores mais uma vez com uma história envolvente e uma personagem carismática. Na Porta ao Lado foi um livro que me prendeu do início ao fim e adorei conhecer mais de Carol e acompanhá-la durante esse tempo de grandes mudanças em sua vida. Mal posso esperar pelo próximo livro da série.

Comentários

  1. Amo livros nacionais e que são juvenis. Ainda não li nenhum livro dela mas estou querendo muito ler Meus 15 anos(e,agora, esse também rsrsrs)! Sei que vou gostar, e a autora ainda dá importância para cada personagem do livro, o que gosto muito. Bjus.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se já gosta do gênero, com certeza vai amar esse, Maisanara! :D

      Excluir
  2. Olaaa
    Nao conheço a escrita da Luiza ainda, mas os nossos nacionais estao com tudo e a cada dia ganhando mais espaço nas estantes de todo mundo *o*
    Amo esse estilo juvenil, com historinhas bem cliches :3 é o estilo que me pega e me faz ler sem largar! fiquei mega curiosa e espero q eu goste

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jacqueline!
      Com certeza! É lindo ver que nossos autores nacionais estão sendo cada vez mais valorizados e acho que você vai adorar conhecer a escrita da Luly.

      Excluir
  3. Oi Mari...
    Gosto quando o autor explora os personagens de uma forma geral também, sem deixar para depois.
    Confesso que nunca li nada de Luiza, até leria esses, mas não é prioridade.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Letícia! Que legal te ver por aqui.
      Também gosto, fica mais parecido com nossa realidade, né, já que estamos sempre em contato com várias pessoas, não só aquele grupo de amigos, um namorado, um parente...
      Dê uma chance ao livro depois ;)

      Excluir
  4. Eu quero muito ler Meus 15 anos, tenho medo de ler essa resenha, pois vai que pego algum spoiler.
    Mesmo assim é um livro que eu também quero, haha deve ser super fofa a história, visto que já conheço a premissa dos outros livros da Luiza.
    E essa capa, complementa qualquer fofurice né?
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oieee, tudo bom?
    Eu ainda não li nenhum livro da autora, mas a escrita dela parece ser bem gostosa mesmo, amei a resenha, e o livro me interessou muito, pretendo dar uma chance a ele, pois gosto dessas leituras leves.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  6. Helloooo Mari, to meio sumida ne? Mas esse mês foi uma correria.
    Mas estou de volta, vou tentar correr atrás dos posts que perdi.
    Conheci o marcador primeiro e depois o livro, hehe. Achei a arte lindaaaaa, adoro esse tipo de desenho, mas não sabia do que se tratava o livro. Conheci aqui e acho q vou gostar depois desses elogios. =)
    Muito bom saber que a Carol foi uma protagonista muito bem construída, pq pra mim além da história, tem q ter personagens que a gente se identifica, que da vontade de fazer amizade, sabe?! Acho que vou tentar ler o livro e conhecer a Carol e acompanhar sua história.

    ResponderExcluir
  7. Muitboa a resenha, confesso não li nada da autora. Já vi umas duas resenha a mais sobre esse livroe todas positivas. Não é bem meu genero, mas o livro me interessou e se eu tiver a chance pretendo ler

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não saia sem comentar!
Queremos saber sua opinião ;)

Postagens mais visitadas