[Resenha] Sr. Daniels | Brittainy C. Cherry


Título: Sr. Daniels
Título Original: Loving Mr. Daniels
Autora: Brittainy C. Cherry
ISBN: 9788501104502
Grupo Editorial: Record
Editora: Record
Número de Páginas: 322
Gênero: Drama, Romance
Sinopse: Depois de perder a irmã gêmea para a leucemia, Ashlyn Jennings vê sua vida mudar completamente. Além de ter de aprender a conviver sem parte de si mesma, ela precisa se adaptar a uma nova rotina. Enviada pela mãe para a casa do pai, com quem mal conviveu até então, ela viaja de trem para Edgewood, Wisconsin, carregando poucos pertences, muitas lembranças e uma caixa misteriosa deixada pela irmã.
Na estação de trem Ashlyn conhece o músico Daniel, um rapaz lindo e gentil, e a atração é imediata. Os dois compartilham não só o amor pela música e por William Shakespeare mas também a dor provocada por perdas irreparáveis. Ao sentir-se esperançosa quanto a sua nova vida, Ashlyn começa o ano letivo na escola onde o pai é diretor. E não consegue acreditar quando descobre, no primeiro dia de aula, que Daniel, o belo músico de olhos azuis com quem já está completamente envolvida, é o Sr. Daniels, seu professor de inglês. 
Desorientados, eles precisam manter seu amor em segredo, e são forçados a se ver como dois desconhecidos na escola. E, como se isso já não fosse difícil o bastante, eles ainda precisam tentar de todas as formas superar os antigos problemas e sobreviver a novos e inesperados conflitos.
"Eu odiava quão perto estávamos, e quão distante nos sentíamos."
:: Por: Thatiana Mortani

 Como manter um amor em segredo? Como conviver com a perda de alguém que se ama? É muito difícil ainda mais que, se esse alguém é sua irmã gêmea, a dor da perda é a pior que existe, porque é a dor do "nunca mais".

 Depois de perder sua irmã Gabrielle para a leucemia, Ashlyn Jennings teve que aceitar uma transformação em sua vida. Sua mãe Kim era muito mais carinhosa e atenciosa com Gabrielle; ela era a preferida de sua mãe pois as duas eram muito parecidas e isso ficou bem evidente quando sua mãe decide que ela vai morar com seu pai e terá uma nova família. Em vez de sua mãe se aproximar de Ashlyn naquele momento de dor, ela não queria a filha por perto. E depois dessa decisão, Ashley segue em frente obrigada, porém promete nunca mais voltar.

Ashlyn está triste sem uma parte dela. Sua irmã deixou uma caixa contendo uma lista de coisas que a irmã deveria fazer. São uns 40 envelopes contendo cartas lindas provando como a relação das duas irmãs era carinhosa e verdadeira. E assim, a cada acontecimento do seu dia, Ash lia uma mensagem que era para ela. Mas foi preciso a viagem de trem e uma olhada em alguém de olhos azuis para sua vida se renovar. Ashlyn estava indo para casa de seu pai, Henrsy, em Edgewood, e o pai era diretor da Edgewood High School, local que ele a havia matriculado para ter aulas de inglês avançado.

Daniel Daniels é músico e professor. Tem um grande drama na família, já que seu irmão é viciado e se envolveu com gente que o persegue querendo sua morte, seu pai está doente e sua mãe é atacada por um homem desconhecido que a aborda e mata. Daniel tem que lidar com suas perdas e ainda com a prisão de seu irmão. Ele está passando por tempos ruins e só a música pode ajudá-lo a superar. Ou, talvez, só uma garota de 19 anos em um vagão de trem poderia.
"O mundo ficou em silêncio, e eu estava olhando para os olhos azuis que faziam os oceanos mais cristalinos do planeta parecerem sem graça"
 Com a narrativa em primeira pessoa sendo alternada entre Daniel e Ashley, nos inteiramos das emoções desse casal que nos encanta em cada trecho citado de Shakespeare. A autora Brittainy C. Cherry nos apresenta uma história muito bem escrita, com muita intensidade e realidade e faz com que cada personagem, até os secundários, tenham sua importância, dando destaque para Gabby e Ryan. 

  Gabby, nossa, mesmo depois de sua morte ela se torna presente e me emocionou em cada carta dedicada à Ashlyn. Era como se ela estivesse ali ao lado da irmã, como se fosse para aliviar a dor da saudade, e a emoção rolou várias vezes, viu. E Ryan, que não era irmão de Ashlyn, mas se tornou um amigo, um irmão. E para quem for ler esse livro, deixo uma dica: prestem atenção a pergunta ao trabalho de colégio do Ryan. Prestem atenção na pergunta sobre "onde os alunos se viam há cinco anos".

 Ashley vai ter sua vida completamente mudada ao ir mora com o pai e sua atual esposa, mas é bonito ver a relação entre ela, Haylei e Ryan. Gostei da forma como a autora mostrou que Ashley não permitia que o pai se metesse em sua vida e sabia resolver suas próprias coisas sem sua ajuda, além de mostrar as dificuldades dela no colégio e como Daniel se torna especial. E, claro, é fácil amar Daniel porque ele tem um sentimento intenso, verdadeiro; ele se entrega a esse amor e impossível não confundir essa história com uma história real e torcer até a última página. Ele é uma pessoa cheia de qualidades e uma delas é amor verdadeiro demonstrado em cada linha.
'"Quero ser seu, quero que você seja minha, e odeio não podermos ser 'nós'."
 Fui muito feliz em ler Sr. Daniels, um romance que não é só um romance e, sim, uma história sobre superar as magoas do passado e as dores do presente. Brittainy C. Cherry nos mostra que, às vezes, algumas coisas acontecem em nossas vidas na hora errada pelos motivos certos, pois nada é por acaso.

:: Por: Thatiana Mortani