[Resenha] Belas Mentiras | M. Leighton


Título: Belas Mentiras
Título Original: All the Pretty Lies
Autora: M. Leighton
ISBN: 9788501105240
Grupo Editorial: Record
Editora: Record
Número de Páginas: 280
Gênero: Romance, New-Adult
Sinopse: Primeiro volume da série Pretty Lies, da mesma autora da trilogia Bad Boys Inocente, pura e doce, Sloane sempre foi superprotegida pela família, mas ela jurou a si mesma que, ao completar 21 anos, tudo seria diferente. E, quando o relógio bate meia-noite, Sloane está pronta para sair do casulo e quebrar algumas regras. O jovem Hemi tem vários talentos, mas manter o controle, infelizmente, não é um deles. Acostumado a fazer o que sempre quis, nunca precisou se importar muito com as consequências de seus atos. Até que uma tragédia mudou para sempre sua vida. Agora ele tem apenas uma missão, e nada é capaz de afastá-lo de seu objetivo... Até conhecer Sloane. Mas nada que Sloane e Hemi viveram até hoje foi capaz de prepará-los para o que está por vir. Quando essas duas almas problemáticas se encontram, a conexão é imediata, e eles não têm outra escolha a não ser mergulhar em um mundo de loucura, paixão e devassidão. Porém, os dois têm algo a esconder, e logo vão descobrir que a tentação está nos pequenos detalhes. E é nos pequenos detalhes também que se encontram as mais belas mentiras.

"Quanto tempo o "sempre" representa para nós"
Por: Thatiana M.

 Sloane Locke vive sendo protegida pelo pai e seus três irmãos , Sigmund, Scout e Steven, a vida toda. Ela é cercada de total proteção como se estivesse em um redoma para que nada a atinja, mas isso a incomoda muito e ela não vê a hora de completar vinte e um anos e poder ser livre. Sloane queria quebrar regras, provar que sabia se virar sozinha sem ter a escolta de quatro policiais. Sim, todos na casa dela eram policiais. Sloane perdeu sua mãe muito cedo para a leucemia e as atenções para ela aumentaram quando, aos cinco anos, teve um prognóstico de leucemia deixando a família atenta a qualquer sintoma. 

 Hemi Spencer tem 28 anos, é tatuador, carrega dentro de si algo que mudou sua vida e por isso seu comportamento em certos momentos é duvidoso, já que ele só fala sobre o assunto com seu irmão Reese, deixando no ar o clima de que algo não está bem e que alguma coisa muito perigosa está por vir. Ele só deixa uma pista, de que tudo mudou depois de Ollie. Mas quem é Ollie?

 Foi por causa de sua profissão que Hemi conheceu Sloane. Seu jeito misterioso logo chamou a atenção dela. Ele mexeu com ela no primeiro toque e a troca de olhares dos dois já acusava que ali havia uma atração forte. Hemi fica atraído por ela mas faz de tudo para se afastar mesmo sabendo que aquele jeito doce, meigo e inocente o atraia ainda mais.
"Enquanto eu viver, jamais vou esquecer isso."
 Com a narrativa em primeira pessoa sendo alternada entre Sloane e Hemi, podemos entender seus problemas e compreender suas atitudes. A leitura é rápida, há um drama entre suas famílias e sem querer Sloane foi se envolver com quem não devia, alguém que poderia fazer mal a ela e sua família. Qual seria sua reação ao se envolver com alguém que está com você só para fazer sua família correr perigo? A autora não deixa pontas soltas e nos faz ficar ansiosos pelo próximo volume da série.
"Não quero promessas. Elas quase sempre não passam de belas mentiras."
 Sloane não é experiente, mas é decidida e sabe muito bem o que quer. Superando sua timidez ela deixa Hemi cada vez mais envolvido e isso garantem cenas bem sensuais na história. Os personagens secundários são realmente pouco falados, mas eles acabam não fazendo falta, já que a historia é toda voltada para o casal principal e seus problemas. 

 Adorei a amiga de Sloane, Sarah, que é dessas amigas companheiras que animam. Ela é prática e decidida e quer que Sloane use de seu poder sedutor com Hemi custe o que custar. Está sempre colocando Sloane pra frente, dá os melhores conselhos e de uma forma divertida que faz o leitor rir em diversos momentos. 
"Vou amar você até o meu último suspiro."
 A autora M. Leighton não deixou a desejar nesse livro. Eu havia achado o título e a sinopse interessantes, mas ao terminar a leitura fica a minha satisfação de ter lido uma historia muito mais que interessante. O enredo é ótimo, me prendeu desde o início e não me enganou em momento algum. Provocante e repleto de romance, mistério e vingança, Belas Mentiras nos faz pensar que as perdas causam um efeito diferente em cada pessoa e que não temos certeza do amanhã por isso devemos viver sem arrependimentos.

 Belas Mentiras é o primeiro volume de uma série. All the Pretty Roses, All Things Pretty e All Things Pretty 2 são os livros seguintes.

Por: Thatiana M.