[Resenha] Os Perigos de Madame Zenóbia | Marcus Siani


Título: Os Perigos de Madame Zenóbia
Autor: Marcus Siani
ISBN: 9788555262371
Editora: Autografia
Número de Páginas: 193
Gênero: Crônicas, Literatura Nacional
Sinopse: Você viverá um grande amor? Conseguirá o emprego tão sonhado? Foi traído? Madame Zenóbia desvenda tudo! Sensitiva renomada, pronta para tirar seus clientes do sufoco. Auxiliada pelo inseparável Zé, o seu “assistente-residente” na bola de cristal, ela vai percorrer os subúrbios cariocas, lugares com mistérios mais insondáveis que a Área 51! Venha se aventurar nessa história repleta de humor, perigos, surpresas, cílios postiços e muito pancake. Quer marcar uma consulta?
"Madame Zenóbia, sensitiva de alto nível. Descendente de poderosas sacerdotisas lemurianas. Revela tudo para você. Preços acessíveis.
 Madame Zenóbia é uma desbocada sensitiva que capricha na maquiagem e no figurino para parecer mais jovem: desde muito pó à cílios postiços, ela também adora roupas que chamem atenção, sem falar na boa dose de acessórios extravagantes para não passar despercebia. Ela e seu inseparável companheiro Zé - que "reside" em sua bola de cristal - irão se mudar para um velho casarão onde um dia foi moradia de um turco que desapareceu misteriosamente  com sua família. É só então que a dupla terá que enfrentar alguns mistérios para viver aventuras onde será exigido muito mais poder do que nunca.
"Nem todo o seu talento em falar e falar e falar daria conta de qualquer explicação satisfatória."
 A escrita de Marcus Siani é muito fácil de acompanhar. O autor, com sua narrativa em terceira pessoa, nos leva ao encontro de sua personagem principal, nos apresenta a ela de uma maneira divertida e nos faz acompanhá-la com a garantia de boas risadas e diversão. Temos cenas sérias, mas a grande maioria são cenas descontraídas que nos fazem querer mais e mais de nossa cômica sensitiva. A única coisa que senti falta foi um aprofundamento maior em certas cenas. O livro é bem fino, quase 200 páginas, e acredito que não era o objetivo do autor fazer com que o leitor terminasse a leitura sabendo de tudo sobre os poderes de Zenóbia, Zé e outros personagens, mas isso não me impediu de desejar um aprofundamento maior em alguns aspectos. De qualquer forma, imagino que o propósito da história era entreter e não informar, de fato.
"- Esperta sou eu, babacão!"
 Zenóbia é uma personagem muito bem construída e que tem muita personalidade. Existem falas e características dela que acabam acompanhando o leitor depois da leitura e que o faz facilmente dizer, não importa o local, em voz alta: "Isso é tão Madame Zenóbia".  também não fica para traz, assim como Urzula que é uma personagem importante na história. Aliás, posso não mencionar outros aqui, mas cada um mencionado pode não ter grande aprofundamento, porém acrescenta algo ao enredo.

 A diagramação do livro é simples e a capa do início da resenha é a da segunda edição de Os Perigos de Madame Zenóbia. A capa da primeira edição (ao lado) é a minha favorita, tenho que admitir. Não só por causa das cores (achei que as escolhidas tiveram um bom contraste), como por conta da ilustração. Mesmo que a segunda capa tenha mais detalhes, gostei de metade do rosto da protagonista estar escondido na capa anterior e de sua posição com a bola de cristal. 

 Os Perigos de Madame Zenóbia é uma ótima pedida para uma tarde tranquila - você, com certeza, terá diversão garantida. Marcus Siani conseguiu acrescentar muitos elementos que não são apresentados na sinopse e isso faz com que o livro seja ainda melhor. As aventuras de Madame Zenóbia são ótimas de se acompanhar e fazem com que o leitor termine a leitura com uma imensa vontade de conhecer mais sobre seus poderes e outros elementos que fazem parte do enredo.