[Resenha] Anna Vestida de Sangue | Kendare Blake


Título: Anna Vestida de Sangue
Título Original: Anna Dressed in Blood
Autora: Kendare Blake
ISBN: 9788576864431
Ano de lançamento: 2016
Grupo Editorial: Record
Editora: Verus
Número de páginas: 252
Gênero: Sobrenatural, Suspense
Sinopse: Cas Lowood herdou uma vocação incomum: ele caça e mata os mortos. Seu pai fazia o mesmo antes dele, até ser barbaramente assassinado por um dos fantasmas que perseguia. Agora, armado com o misterioso punhal de seu pai, Cas viaja pelo país com sua mãe bruxa e seu gato farejador de espíritos. Juntos eles vão atrás de lendas e folclores locais, tentando rastrear os sanguinários fantasmas e afastar distrações, como amigos e o futuro.Quando eles chegam a uma nova cidade em busca do fantasma que os habitantes locais chamam de Anna Vestida
"Só os outros pensam que não se pode matar o que já está morto." p. 16

 O título e a capa de Anna Vestida de Sangue, no mínimo, chamam atenção. Quando o pessoal do Grupo Editorial Record falou, em um encontro de fevereiro, que este livro seria lançado pela Verus Editora, logo fiquei curiosa para saber mais a respeito dos protagonistas e, principalmente, o motivo da morte de Anna. Quando o livro chegou, algumas coisas me impediram de começar logo a leitura, porém, quando comecei, só consegui parar ao chegar na última página.

"Sei o que procurar, porque já vi todo tipo de aparição e espectro que se possa imaginar." p. 5
 Theseus Cassio, ou melhor, Cas, é um adolescente que herdou uma vocação um tanto quanto estranha de seu pai: ele caça e mata fantasmas, continuando, assim, o legado se seus antepassados. Ele vive se mudando com sua mãe, que é uma bruxa, e seu gato, que fareja espíritos, de uma cidade para outra indo atrás de fantasmas que estão chamando atenção em tais locais. Pessoas que já o conhecem chegam a enviar pistas do paradeiro dos espectros para que ele possa alcançá-los logo, e é com um bilhete escrito a sangue que ele recebe o nome de Anna escrito.
"É engraçado o que acontece com fantasmas. Eles podem ter sido normais - ou quase - enquanto estava respirando, mas, assim que morrem, se tornam obsessivos típicos. Ficam fixados no que lhes aconteceu e se aprisionam no pior momento." p. 21
 Ao chegar em seu novo destino, não demora muito para seus recém conhecidos e colegas de colégio mencionem o nome de Anna Korlov. Eles decidem fazer uma vista a casa de Anna, o que Cas concorda achando que seria algo rápido e inofensivo. Só que ele estava errado. Logo da primeira vez que ele soube sobre sua existência, algo dentro dele lhe dizia que Anna Vestida de Sangue não seria apenas mais uma na lista de fantasmas que ele precisou matar, e assim que a vê pela primeira vez, nosso protagonista verá que sua intuição estava certa.
"Minha intuição dizia que ela não era só uma história. E, além disso, eu queria vê-la, vestida de sangue." p. 31
 A escrita de Kendare Blake é incrivelmente misteriosa e envolvente. Ela não permite que o protagonista, através da narrativa em primeira pessoa, nos conte tudo sobre sua vida e passado, além de termos algumas dúvidas compartilhadas com o próprio personagem. Gostei muito da maneira como ela dividiu os capítulos, sempre nos deixando uma frase de efeito ou alguma informação que não nos permite parar a leitura. Sem falar da forma como ela faz tudo acontecer sem pressa, sempre no seu momento, ao mesmo tempo em que nos faz ansiar por mais e desejar virar a próxima página sem nem ter terminado a anterior.
"Ela é terrível. Não se uma forma grotesca, mas sobrenatural." p. 51
 Anna é realmente especial e podemos perceber isso antes mesmo de conhecermos sua história. Não é só Cas que sente que ela é diferente, a própria Anna percebe que há algo incomum no modo como Cas chega até ela, mesmo sabendo seu verdadeiro objetivo. É como se ambos estivessem destinados um ao outro e o fantasma de Anna ter ficado preso anos e anos na casa era uma forma de fazer Cas chegar até ela. Mas não esperem um romance de tirar o fôlego ou repleto de juras de amor. Tive medo disso acontecer porque li uma (totalmente equivocada) comparação de Anna Vestida de Sangue com Crepúsculo, porém já adianto que as coisas aqui acontecem de maneira muito diferente. Me perguntei diversas vezes como seria o final do livro, por diversos motivos que não posso mencionar pois seriam spoiler, entretanto Kendare Blake impressiona e faz a história ter uma reviravolta de arrepiar, te deixando inquieto como se estive presente em cada cena.
"Sua consciência a torna especial em muitos sentidos." p. 82
 Claro que uma história tão incrível como essa não poderia deixar te apresentar um ótimo elenco. Kendare apresenta personagens distintos que vão se conhecendo aos poucos e personagens misteriosos que nos fazem pensar que nunca os conheceremos pro completo. Alguns deles são deixados pelo caminho, mas nenhum deles é esquecido ou não possui importância. Quem aparece vai, sim, trazer um diferencial para a história e todos os sinais importam. Fica a dica!

 Minhas expectativas para Anna Vestida de Sangue eram altas, então fico feliz em dizer que elas foram superadas. Kendare Blake traz uma história que deixa o leitor ansiando por mais a cada página e não o permite largar a leitura até chegar ao final. Anna e Cas são personagens que vão além do esperado e o final me deixou muito satisfeita - mesmo pensando que a autora pode nos surpreender ainda mais no futuro, quem sabe.