[Resenha] Não Fale Com Estranhos | Harlan Coben

Título: Não Fale Com Estranhos
Título original: The Stranger
Autor: Harlan Cober
ISBN: 9788580415711
Editora: Arqueiro
Ano lançamento: 2016
Número de páginas: 304
Gênero: Thriller Policial, Suspense 
Sinopse: O estranho aparece do nada e, com poucas palavras, destrói o mundo de Adam Price. Sua identidade é desconhecida. Suas motivações são obscuras. Mas suas revelações são dolorosamente incontestáveis. Adam levava uma vida dos sonhos ao lado da esposa, Corinne, e dos dois filhos. Quando o estranho o aborda para contar um segredo estarrecedor sobre sua esposa, ele percebe a fragilidade do sonho que construiu: teria sido tudo uma grande mentira? Assombrado pela dúvida, Adam decide confrontar Corinne, e a imagem de perfeição que criou em torno dela começa a ruir. Ao investigar a história por conta própria, acaba se envolvendo num universo sombrio repleto de mentiras, chantagens e assassinatos. Intrigante e perturbador, Não Fale Com Estranhos é mais que um suspense de tirar o fôlego. É uma reflexão sobre o bem e o mal, o amor e o ódio, o certo e o errado, os segredos, as mentiras e suas consequências devastadoras.
"Minha vida inteira tem sido uma grande mentira" p. 215
:: Por: Thatiana M.

Como saber se uma pessoa está mentindo? Adam Price não sabia. Ele só sabia que a sua vida não seria mais a mesma depois de ser abordado por um estranho que tinha informações que Adam desconhecia e que o levaria a uma longa busca a verdade.
Tudo o que o estranho falou era verdade? Heidi Dam também passou a se perguntar a mesma coisa. Ela tinha 49 anos era uma mulher alegre, risonha, estava com suas três amigas em um restaurante. Elas se divertiam como sempre faziam quando se reuniam, mas aquela descontração terminaria depois de ser abordada por um estranho. O que o estranho revelava que poderia destruir a vida dessas pessoas? Como uma pessoa tem acessso a sua vida e você nem imagina?
"Segredos revelados eram segredos destruídos" p. 244
O livro é narrado em terceira pessoa sentimos tudo o que os protagonistas sente: tensão, ansiedade, medo. Achei incrível as descrições de cada personagem e gostaria de contar mais sobre cada um, porém arriscaria estar contando muita coisa. Esta é uma leitura eletrizante, sem dúvida, no inicio, meio e fim. Impossível largar o livro sem saber do que vem adiante de desvendar esse mistério por trás do estranho que aparece do nada e, claro, o que tem um caso a ver com todos os outros. 

Causando tensão onde passa, é impressionante como Harlan Coben consegue expressar cada detalhe minucioso do "estranho". Seja na frieza, na tranquilidade em arruinar vidas e na explicação para tudo. Me senti assistindo um filme e o autor consegue nos prender até o fim querendo saber a identidade do individuo mais temido nessa história.

 Adam é um personagem determinado. Ele sofreu muito sozinho em seus pensamentos e sem saber qual decisão tomar. O inesperado acontece e ele tem que ter atitudes perigosas para se proteger, afinal, oque estava em jogo era a sua família. Corinne, esposa de Adam, é uma mãe dedicada, esposa ciumenta e por causa desse ciúme ela erra em atitudes que vão lhe custar muito no futuro. Heidi é uma mãe amiga. Foi envolvida em uma armadilha e quando tem uma decisão é surpreendida com uma tragédia. Adam, Corinne, Heidi, Tripp, Johanna, Gabrielle, Mertom, Ingrid, Eduardo e Chris. Esses são os personagens que iremos conhecer graças ao "estranho". Nem todos se conheciam, mas estão ligados por seus segredos.

Com um final cheio de expectativa envolvida e suspense contendo medo, perdas, desavenças e muito, muito segredo, Não Fale Com Estranhos é mais uma prova de que Harlam Coben é um gênio do suspense e mais uma vez traz uma obra incrível. O que as pessoas fazem para proteger seus segredos? Harlam mostra que são capazes de tudo, até de prejudicar os outros.