[Resenha] Confusões de Um Garoto | Patrícia Barboza


Título: Confusões de Um Garoto
Autora: Patrícia Barboza
ISBN: 9788576865094
Grupo Editorial: Record
Editora: Verus
Ano de lançamento: 2016
Número de páginas: 168
Gênero: Juvenil
Sinopse: Após as férias de verão, Zeca se olhou no espelho e não reconheceu o garoto ali refletido. Ele tinha crescido e mudado muito. Parecia outra pessoa! Estava mais alto, com a voz mais grave, e o que mais causava espanto: seu repentino sucesso com as garotas! Então veio uma descoberta bastante confusa: ser adolescente não é nada fácil. Não é mais criança, mas também não é adulto ainda. E ali, no meio do caminho, um bocado de coisas novas (e bem estranhas!) passaram a acontecer. Além de lidar com a nova aparência e a popularidade, algumas perguntas começaram a provocar confusões na cabeça de Zeca...Por que suas irmãs gêmeas viviam se arrumando, tirando selfies e falavam sem parar? Por que certas coisas que antes eram tão legais não tinham mais a mesma graça? Por que o perfume que a Júlia deixou no rosto de Zeca mexeu tanto com ele? E a principal questão: Por que ele não consegue parar de pensar nela?
"Por que crescer é tão complicado?" p. 127

 Patrícia Barboza é autora da série As MAIS e de Consultora Teen, livros que garantem leituras rápidas, divertidas e com assuntos presentes na vida de qualquer adolescente. Uma das coisas que mais gosto nos livros da autora é o fato de que eles sempre chegam para mim no momento certo: quando passei uma boa fase lendo livros mais complexos e preciso relaxar com uma leitura mais leve. Dessa vez, com Confusões de Um Garoto, não foi diferente.
"Por que  a gente tem que se esforçar tanto o tempo todo?" p. 127
 Já que a sinopse já adianta um pouco da história, vou me limitar a dizer que Zeca sente que tudo está diferente nele. De um dia para o outro, parece que tudo mudou e que ele não teve nem tempo de acompanhar o desenvolvimento daquelas mudanças todas. Para melhorar, ou piorar, as pessoas que ele conhecem também parecem ter enfrentado transformações e ele se vê perdido, com milhares de questionamentos em sua cabeça, sendo que um deles, é relacionado ao amor. Como definir sentimentos tão fortes como amor e amizade?
"Por que nos sentimos tão inseguros às vezes?" p. 127
 A narrativa em primeira pessoa de Patrícia Barboza continua ótima, entretanto, podemos perceber algumas mudanças por temos um protagonista masculino. Adoro quando autores conseguem manter características próprias em livros com gêneros e personagens bem diferentes pois, além de nos mostrar que eles são capazes de apresentar sempre coisas novas, nos lembra que personalidade na escrita é algo que não pode faltar.

 Zeca é um personagem que irá começar a enfrentar aquela fase pela qual meninos e meninas passam e que é uma grande transição: a adolescência. Algo bom de se lembrar é que a autora já tratou sobre assuntos da adolescência em seus outros livros, mas sempre com personagens femininas como protagonistas, e eu fiquei bem ansiosa para saber quais seriam as diferenças que eu encontraria em seu estilo, escrita e enredo. Ela consegue abordar assuntos sérios de maneira rápida e fácil, e é ótimo se dar conta de que, mesmo com a mudança de personagens, Patrícia conhece o seu público e sabe o que eles querem e precisam ouvir.
"- Eu sou educada. E sincera. E falo demais. E dou cotovelada nas pessoas." p. 11
 E assim como nos livros anteriores da autora - onde tínhamos protagonistas femininas mas os meninos não eram deixados de lado -, dessa vez temos uma personagem que merece destaque: Júlia. Gostei muito de ver que, mais uma vez, Patrícia não deixou seus protagonistas como o centro de tudo e mostra os problemas e mudanças dos outros personagens que os rodeiam. Várias perguntas surgem na cabeça de Zeca durante o desenrolar da história e tenho certeza que o público-alvo irá se identificar em diversos momentos, sentindo como se o protagonista fosse um amigo dando conselhos. Para o público mais velho, como eu, ele será um personagem que trará boas lembranças.
"Na minha mente, eu teria ainda muitas confusões." p. 164
 Confusões de Um Garoto é uma ótima pedida para quem precisa de algo divertido, rápido e leve. Zeca é um personagem fácil de se gostar e logo nos vemos torcendo para que ele passe por cima dos problemas e encontre seu caminho, ao mesmo tempo em que a escrita de Patrícia Barboza continua rápida e detalhada na medida certa para que o leitor queira sempre mais, ao mesmo tempo em que não quer se despedir dos personagens.

Comentários

Postagens mais visitadas