[Resenha] Amor Plus Size | Larissa Siriani


Título: Amor Plus Size
Autora: Larissa Siriani
ISBN-13: 9788576865230
ISBN-10: 8576865238
Grupo Editorial: Record
Editora: Verus
Ano de lançamento: 2016
Número de páginas: 280
Gênero: Romance,
Encontre: Skoob | Amazon
Sinopse: Maitê Passos é uma garota linda, de dezessete anos e mais de cem quilos. Ela passou a infância e a adolescência sendo resumida ao peso. Mas e quando é justamente esse o fator que pode mudar completamente a sua vida?Em meio ao turbilhão do ensino médio, com uma mãe obcecada por dietas, um crush antigo por Alexandre, o cara mais gato da escola, e uma amizade deliciosa com Isaac, fotógrafo amador, Maitê vai descobrir que não precisa ser igual a todas as outras meninas para ser feliz. Neste romance corajoso e cheio de reviravoltas, Larissa Siriani narra a história de uma jovem descobrindo seu lugar no mundo, construindo uma jornada incrível de autoconhecimento, aceitação e empoderamento.
"Desde sempre eu tive por base aquilo que aparentemente todo mundo enxergava de mim: Maitê, a gorducha, a caladona, a desajeitada, a mal-arrumada, a garota que deixa a mãe comprar as próprias roupas, que tem belos olhos perdidos em uma cara torta. Eu estava tão acostumada a todo mundo botando defeito em mim que aquilo tinha se tornado natural, parte de quem eu era." p. 112
 Uma adolescente comum, que não tem amigos, se sente invisível e possui problemas com a autoestima. Você provavelmente já leu essa história, mas em Amor Plus Size iremos adicionar algumas coisas, como o fato de a protagonista é ser uma garota dezessete anos que pesa mais de cem quilos. Isso não deveria ser um problema, desde que ela se sentisse bem com seu corpo. Ela é Maitê, uma menina que passou a vida sendo julgada pela sua aparência, que vive em uma briga constante com a balança, que precisa lidar diariamente com as palavras duras de sua mãe. O bullying constante, dentro e fora de casa, faz com que nossa protagonista fique cada vez mais insegura, a ponto de fazê-la sofrer por antecipação sempre que imagina o que os outros irão pensar sobre ela. Quando um trabalho do colégio pode trazer mais insegurança, Maitê irá perceber que nem tudo é o que parece e que sua maior inimiga pode ser ela mesma, uma vez que se amar é o pontapé inicial para que ela seja quem realmente quer ser.
"[...] Eu odiava os números na balança e tudo que vinha com eles: a dificuldade para caminhar, o fato de não caber direito na carteira da escola, o bullying, minhas inseguranças. Eu tinha nojo da minha franqueza, me desprezava pela minha forma. Eu não estava feliz." p. 59
 Conheci a escrita de Larissa Siriani há alguns anos, em um livro bem diferente desse e com gênero distinto também, então praticamente tudo era novidade para mim. Apesar disso, pude perceber como a autora evoluiu e como a história de Maitê era especial para ela, uma vez que, já na dedicatória, ela parece estar bem ligada à personagem. Ficou curioso? A dedicatória é a seguinte: "A uma Larissa que, depois de uma vida sem espelhos, finalmente conseguiu ver seu reflexo em algum lugar." 

 Vocês tem me visto falar bastante sobre personagens fortes ultimamente, principalmente no canal do blog, e sabem que prefiro muito mais personagens seguras e decididas do que personagens que estão se conhecendo, porém Maitê é uma garota muito real. Eu gosto de acompanhar personagens que são seguras, mas também é bom dar uma variada e acompanhar alguém que está se conhecendo. Independente de suas características físicas, quem nunca conheceu alguém que passou por momentos difíceis durante a adolescência? Seus dramas podem parecer exagerados nas primeiras páginas mas logo nos damos conta de como são verdadeiros. O que temos aqui é mais do que uma adolescente que precisa lidar com problemas de uma fase. Maitê enfrenta distúrbios sérios, decisões importantes e ensinamentos complexos que irão segui-la por um bom tempo.
"Tinha que sonhar mais alto, tinha que querer mais do que poderia ter." p. 94
 Os personagens que a acompanham também são bem verdadeiros, com destaque para Isaac, que é seu melhor amigo. Ele é o típico personagem que você adoraria conhecer e poder conversar, assim como percebe, desde as primais páginas, como ele é importante para a protagonista e tem a grande possibilidade de ser ainda mais. Temos também personagens como Lucca, Val e Josi, pessoas que trazem um lado mais leve e divertido para a história e mostram que amizade é algo indispensável na vida de qualquer um.
"Eu nunca tinha me sentido bonita, bonita de verdade. Já tinha me sentido bem, até simpática, mas nunca olhei para mim mesma e pensei que era alguém que pudesse chamar atenção - pelo menos não por um bom motivo." p. 112
 Amor Plus Size é um livro que fala, dentre tantas outras coisas, sobre amor próprio, autoestima e confiança. Larissa Siriani lembra a verdadeira importância de confiar em si mesmo para não se deixar levar por palavras negativas, conselhos falsos e ilusões. Gostaria de ter um livro como esse para poder emprestar para minhas amigas adolescentes e apresentá-las para Maitê, uma personagem verdadeira que irá mostrar como é possível mudar, principalmente quando a mudança vem para nosso próprio bem.