[Resenha] Uma Fada Veio Me Visitar | Thalita Rebouças

 

 
Título: Uma Fada Veio Me Visitar
Autora: Thalita Rebouças
ISBN-13: 9788532522580
ISBN-10: 8532522580
Editora: Rocco
Selo: Rocco Jovens Leitores
Ano de lançamento: 2006
Número de páginas: 144
Gênero: Juvenil, Literatura Nacional
Sinopse: Semana de provas e duas notas vermelhas no bimestre. Luna estava preocupada com o seu futuro, ou com o futuro dos seus fins de semana, naquela véspera de prova de matemática. A mãe já havia avisado - mais uma nota ruim e nada de festas, cinema, praia, shopping, televisão ou computador por tempo indeterminado. Os dias não estavam sendo nada fáceis para esta menina de 13-quase-14 anos, cabelos ondulados, inteligente, sensível e descolada. Mas ela não podia imaginar o que a esperava naquela noite. Depois de dar uma ajeitada no quarto e devorar números e fórmulas até o limite da exaustão, Luna caiu no sono, livro de matemática no colo. Foi então que seu sonho foi interrompido pela inusitada visita de uma fadinha espevitada que usava um vestido amarelo-ovo de bolinhas pretas, todo rodado, e um cabelo armado que a fazia parecer saída do filme Grease, nos tempos da brilhantina. Luna não acreditava em fadas, mas achava que, se elas existissem, deveriam usar vestidos brancos, longos e esvoaçantes. Com muito esforço, algumas doses de magia e diálogos impagáveis, a simpática Tatu conquista a confiança de Luna. E um mundo de descobertas incríveis tem início.
"- Eu não vejo você, eu não escuto você, você é fruto da minha imaginação, do meu cansaço, do meu estresse. Você não existe."
- Ô, Luna, assim você me magoa... - Fez beicinho a fada." p. 19


 Uma Fada Veio Me Visitar  é o livro que inspirou o filme É Fada!, protagonizado por Kéfera Buchmann e Klara Castanhari. Thalita Rebouças é uma autora conhecida pelo Brasil todo e é impossível, mesmo que você não tenha lido um de seus livros. não afirmar que ela arrasa. Li poucos livros da autora, mas saber que esse seu livro tinha inspirado o filme me deu vontade de conhecer a história e descobrir o que há por trás da visita de uma fada no mínimo divertida.
"- É, fadas são invejáveis, mesmo. Nós somos um espetáculo - gabou-se Tatu." p. 36

 Luna acredita que tem muitos problemas na vida. Principalmente o fato de a garota mais popular de seu colégio ter ficado com o garoto que ela está afim. Sem conseguir resolver as desavenças com a mãe e as nota baixas nas provas, ela não sabe mais o que fazer até que uma fada desastrada lhe faz uma visita. Ela não esperava, porém mudará suas atitudes e seus pensamentos depois desse encontro marcante.
"- A vida é assim, cheia de erros e acertos. Uns erram mais, outros menos. Mas todo mundo erra." p. 98
 A escrita de Thalita Rebouças é muito característica, leve e divertida. Sempre possui o toque de realidade e humor necessário e consegue passar suas mensagens de maneira objetiva e reflexiva para seu público alvo. Este é o tipo de leitura despretensiosa que não terá grandes reviravoltas nem frases muito marcantes, mas traz mensagens sobre a vida de forma calma e clara.

 O mais legal da história, sem dúvidas, é que há aprendizado em ambas as protagonistas. Tatu parece ser a única que irá ajudar Luna a amadurecer, entretanto, ela acabará mudando também e podemos perceber a necessidade disso logo em suas primeiras aparições. A autora conseguiu lembrar o valor da amizade e da confiança, além de provar a importância de conhecermos uma pessoa antes de julgá-la.

 Apesar de tudo, o livro não conseguiu me marcar ou apresentar algo realmente inovador para mim. Não acredito que a idade possa ser o motivo, apenas não consegui gostar tanto de Luna e me envolver com o desenrolar da trama. Uma Fada Veio Me Visitar traz, sim, mensagens positivas sobre a vida e, principalmente sobre uma fase decisiva - a adolescência -, mas acabou sendo apenas uma boa leitura para mim. Tem a narração leve e descontraída com um ótimo toque da personalidade de Thalita Rebouças, e é uma boa pedida para tardes calmas e para dar uma pausa nas leituras mais complexas.