[Prêmios] Machamba, de Gisele Mirabai, é o romance vencedor do Prêmio Kindle de Literatura

Ricardo Garrido, Gisele Mirabai e Daniele Cajueiro após a entrega do Prêmio Kindle de Literatura | © Júlio Vilela
 Na manhã dessa terça-feira (17), a Amazon.com.br e a Editora Nova Fronteira anunciaram o romance vencedor da primeira edição do Prêmio Kindle de Literatura. A premiação ocorreu na Confeitaria Colombo, no Rio de Janeiro, estive lá a convite da Amazon. "Machamba", de Gisele Mirabai, foi a obra premiada e a autora recebeu R$ 20 mil como troféu. Seu livro será publicado no final do primeiro semestre de 2017 – por enquanto, já está disponível através da plataforma Kindle Direct Publishing (KDP), da Amazon.
Ricardo Garrido, Daniele Cajueiro, Gisele Mirabai e Janaína Senna durante a entrega do Prêmio Kindle de Literatura
 De 1º de setembro a 31 de novembro de 2016, mais de 1.700 autores brasileiros, de 460 cidades do Brasil, submeteram mais de 2 mil livros digitais utilizando o KDP. Ricardo Garrido, gerente de e-books da Amazon, compartilhou a alegria de possuir tanta confiança por parte dos escritores no Prêmio Kindle de Literatura e destacou que 33 livros inscritos ficaram entre os mais vendidos de todo o site, além de 4 terem alcançado o primeiro durante o concurso.

 Daniele Cajueiro, Diretora Editorial da Nova Fronteira, falou sobre a oportunidade que a Editora está tendo de apostar em romances contemporâneos, uma vez que é conhecida por ser a casa de grandes nomes do clássico. O catálogo de grande peso da Editora começará, a partir de agora, a apresentar  caminhos para novos sucessos de nossa literatura.

 Janaína Senna, editora de ficção nacional da Nova Fronteira, reforçou que voltar a publicar novos autores é uma felicidade, principalmente por estarem celebrando essa nova etapa na Confeitaria Colombo, um dos locais favoritos de Machado de Assis.

 Ao ser anunciada como ganhadora, Gisele Mirabai leu uma lista de agradecimentos – com nomes de amigos, familiares e leitores – que a acompanharam e incentivaram em sua jornada. Lembrou que seu pai lhe dizia que "Você recebe quinhentos 'nãos', para ouvir apenas um 'sim'", se referindo ao fato de sua trajetória em busca de reconhecimento ter sido longa.  Machamba, personagem que dá nome à sua obra, cresceu numa fazenda  lendo as Enciclopédias das Antigas Civilizações com o pai. Anos depois, vivendo em Londres, ela leva uma vida promíscua e inconsciente. Ela decidirá, então, ir em busca de suas origens e começa uma viagem pelas antigas civilizações do planeta e, enquanto caminha pelas ruínas do mundo, mais viaja em direção ao seu passado.
Leon Idris Azevedo, Ricardo Garrido, Daniele Cajueiro, Gisele Mirabai, Janaína Senna e Edson Soares na entrega do Prêmio Kindle de Literatura
 Os autores dos outros dois romances finalistas – Leon Idris Azevedo, "Minha Sombra Cabe Ali", e Edson Soares, "Os Últimos Passos do Enforcado" – também estiveram presentes. Ambos agradeceram à Amazon.com.br e à Nova Fronteira pela oportunidade, lembraram que a Amazon abre portas para autores em editoras atualmente e contaram suas experiências pessoais com o KDP. Eduardo, por exemplo, publicou sete livros de uma vez e afirmou ter "desapegado de histórias que estavam guardadas na gaveta".

 "Machamba" entra agora em processo de edição e será publicado pela Editora Nova Fronteira no final do semestre.  O livro está disponível em versão digital na Amazon.com.br.

Conheça  Machamba aqui
Conheça os finalistas aqui

Comentários

Postagens mais visitadas