[Resenha] O Caminho Para Casa | Kristin Hannah


Título: O Caminho Para Casa
Título original: Night Road
Autora: Kristin Hanna
ISBN-13: 9788580416534
ISBN-10: 8580416531
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 352
Gênero: Drama
Encontre: Amazon | Skoob
Sinopse: Durante 18 anos, Jude pôs as necessidades dos filhos em primeiro lugar, e o resultado disso é que seus gêmeos, Mia e Zach, são adolescentes felizes. Quando Lexi começa a estudar no mesmo colégio que eles, ninguém em Pine Island é mais receptivo que Jude. Lexi, uma menina com um passado de sofrimento, criada em lares adotivos temporários, rapidamente se torna a melhor amiga de Mia. E, quando Zach se apaixona por ela, os três se tornam companheiros inseparáveis. Jude sempre fez o possível para que os filhos não se metessem em encrenca, mas o último ano do ensino médio, com suas festas e descobertas, é uma verdadeira provação. Toda vez que Mia e Zach saem de casa, ela não consegue deixar de se preocupar. Em uma noite de verão, seus piores pesadelos se concretizam. Uma decisão muda seus destinos, e cada um deles terá que enfrentar as consequências – e encontrar um jeito de esquecer ou coragem para perdoar. O Caminho Para Casa aborda questões profundas sobre maternidade, identidade, amor e perdão. Comovente, transmite com perfeição e delicadeza tanto a dor da perda quanto o poder da esperança. Uma história inesquecível sobre a capacidade de cura do coração, a importância da família e a coragem necessária para perdoar as pessoas que amamos.
"Perder alguém é como quebrar um osso." p. 309
:: Por: Thatiana M.
 
  Esperança, o valor de uma amizade, perdas, amor e perdão são passados nessa história narrada em terceira pessoa que se mostra muito sensível ao mostrar os dois lados que possui: o lado de quem tem oportunidades na vida e o lado de quem segue sorrindo em busca de futuro melhor. E assim conhecemos Jude, uma mulher que tem uma vida perfeita mora em Washington. É casada com Mille, tem um casal de gêmeos e uma dedicação sem limite para sua família. Jude é um exemplo de mãe que zela, cuida, e tem o controle de tudo que está relacionado à familia, apesar de ter falhado uma vez. Proteção seria o seu sobrenome, poré, muitas vezes essa proteção sufocava a relação com seus filhos. Às vezes erramos tentando acertar... e Jude era assim.

 Mia e Zack são gêmeos de temperamentos diferentes. Mia é tímida, tem dificuldade de fazer amizades e se sente a sombra do irmão que é o mais popular. É como se todos se aproximassem dela apenas por causa de Zack. Um amizade verdadeira fazia falta a Mia, até quem um dia surge Lexi. 

 Lexi tem uma vida difícil e seu coração cheio de cicatrizes acaba conhecendo uma verdadeira amizade ao conhecer Mia. Com o tempo, a menina se apaixona pelo irmão da melhor amiga, e os dois acabam vivendo momentos marcantes. Porém, ninguém sabia e o medo de perder a amizade de Mia era grande. Será que Mia entenderia esse sentimento? E será que Jude ficaria feliz ao saber do envolvimento de seu filho com uma garota com o seu passado?

  Ler os livros de Kristin Hannah é inspirador. Sempre tenho certeza de que vai rolar uma emoção. A autora sabe mexer com nossos corações e suas histórias nos envolvem de uma maneira muito especial. Cada livro dela tem uma característica em comum, que é a sensibilidade. A maneira como ela descreve a mãe, seus sentimentos, suas angústias, seu amor incondicional e suas falhas tentando acertar torna tudo mais real. Quanto amor caberia no coração de Jude? Em muitos momentos eu me identifiquei com ela, não como uma mãe possessiva, mas no amor imenso que no fim de tudo abre mão de muitas coisas para ver um filho feliz.

 A história de Lexi se iniciou quando ela tinha 14 e, no decorrer da leitura, acompanhamos uma Lexi de 18 e depois com 24 anos mais madura, superando os obstáculos que a vida lhe ofereceu. Ela é uma menina admirável e guerreira. Mia é adolescente de classe alta, mimada, que sempre teve tudo que queria, mas não uma amizade real. Se sentia muito só por causa do irmão Zack, que era o popular e chamava atenção das meninas. Todos eles estão acostumados com uma vida, mas no decorrer da trama verão que tudo tem seu momento e sentirão que perderam o controle de suas vidas.
"E embora nada possa devolver os momentos de esplendor na relva e de glória nas flores, não sofreremos; antes, encontraremos força no que ficou para trás" p. 223
 Dividido em duas partes e mostrando sempre o motivo e a consequência de cada acontecimento, O Caminho Para Casa possui uma narrativa cativante carregada de emoção. Mais uma vez Kristin Hannah se supera trazendo questões que fazem parte da vida de uma família, principalmente as verdades indesejadas.

:: Por: Thatiana M.