[Resenha] Salva Por Um Cavalheiro | Stephanie Laurens




Título: Salva Por Um Cavalheiro
Título original: In Pursuit of Eliza Cynster
Autora: Stephanie Laurens
ISBN-13: 9788569514688
ISBN-10: 8569514689
Editora: HarperCollins Brasil
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 352
Gênero: Drama, Romance de Época
Encontre: Amazon | Skoob
Sinopse: Londres, 1829. Impetuosamente sequestrada do baile de noivado de sua irmã Heather Cynster com o Visconde Breckenridge, Eliza desperta em um coche estranho a caminho de Edimburgo… Após passar 3 dias e 3 noites sedada, ela fará de tudo para escapar — nem que precise fingir estar desacordada para enganar seus algozes ao longo do percurso.  Enquanto percorre os prados escoceses pensando em pergaminhos a serem decifrados e em uma esposa com quem possa compartilhar a vida, o erudito Jeremy Carling é pego de surpresa ao ver uma mulher gritando desesperada de dentro de um coche. Parecia alguma conhecida… Alguém a quem fora apresentado em um salão londrino… Mais precisamente… Eliza Cynster! Apesar de não ser nenhum herói, e sim um especialista em hieróglifos de grande prestígio, seu código de cavalheiro jamais permitiria ignorar uma dama aflita! Mas o perigo os espreita sorrateiramente na forma de um lorde misterioso que insiste em se apoderar de uma das irmãs Cynster. Um confronto à beira do penhasco colocaria um ponto final aos ardis do vilão oculto? Ou seria o momento certo para Eliza e Jeremy ousarem assumir um amor que nasceu em meio a tantos percalços? Em “Salva Por Um Cavalheiro”, Stephanie Laurens presenteia seus leitores com a apaixonante história de Eliza, a segunda irmã Cynster, e Jeremy. Ao longo das estradas, vales e montanhas que ligam Edimburgo a Londres, a autora desenvolve uma narrativa audaciosa com personagens sedutores em uma trama de mistério capaz de prender a atenção até a última página.
"A verdade era que a combinação de teimosia e determinação raramente falhava. Não no fim." p. 115
 Minhas expectativas estavam altas para iniciar a leitura da série As Irmãs Cynster, entretanto, Conquistada por um visconde não foi uma leitura tão boa para mim. Mesmo assim, um mistério acompanha os leitores desde as primeiras páginas do livro, fazendo com que a curiosidade permaneça e, mesmo que o primeiro livro não tenha sido tão bom, haja uma pequena esperança de que o segundo livro, Salva por um cavalheiro, seja melhor. Por sorte, isso aconteceu.
 "A honra não permitiria que se escondesse." p. 11
 Elizabeth é a segunda irmã Cynster que iremos conhecer.  Ela e a terceira irmã estão sendo observadas, já que todos já sabem do misterioso escocês que busca vingança e pretende alcançar seu objetivo com mais um sequestro. Na festa de noivado de Heather, protagonista de Conquistada por um visconde, Eliza está impaciente porque sabe que logo começará a ser considerada solteirona e precisa encontrar um pretendente. Por isso, ela acaba caindo em uma armadilha que chega junto a um falso bilhete e se vê a caminho do encontro com o mandante dos sequestros. Só que, no meio disso, ela poderá contar com a ajuda de Jeremy Carling, um conhecido de sua família que fará diferença em sua vida.
"— Você está de acordo com isso?
 Ele estava perguntando se ela estava feliz em passar mais uma noite na estrada, sozinhos. Ela sorriu.
— Estou. Totalmente satisfeita. — E estava mesmo." p. 192
 Um grande diferencial desse livro é que, logo no início, pude perceber que eu já estava familiarizada com a escrita e com o estilo da autora. Além do enredo, claro. O livro pode até ter uns altos e baixos (bem menos que o volume anterior), porém os pontos positivos nos fazem passar por eles sem dar muita importância.

 Stephanie Laurens foi bem mais objetiva ao apresentar a trama, de modo que as primeiras páginas vão fluindo bem, mesmo que saibamos que está seguindo praticamente a mesma linha do livro anterior: a irmã raptada, o mistério sobre o sequestrador, o local para onde estão indo, o cavalheiro que irá se transformar em herói. Apesar de termos uma base praticamente idêntica, a autora conseguiu trazer coisas mais elaboradas e foi mais cuidadosa ao apresentar os personagens com o objetivo de torná-los cativantes.


 O romance pode demorar um pouco para acontecer, assim como no livro anterior, todavia o envolvimento é diferente. Tanto Jeremy quanto Eliza são personagens de personalidade, entretanto irão descobrir muito de si durante essa aventura. Jeremy conhecerá um lado protetor de si mesmo, enquanto Eliza se aprofundará em seu lado mais sensual e seguro. Foi bom acompanhar o crescimento desses protagonistas, a mudança de pensamentos, de atitudes e de caráter. Os diálogos, assim como o desenrolar cuidadoso dos sentimentos de cada um, trazem uma sintonia melhor para os leitores e a trama.


A questão da vingança também foi melhor trabalhada. O mandante vai tomando forma, o mistério vai ficando mais interessante e a expectativa para o último volume da série se torna grande. Queremos nos aprofundar nos motivos para as decisões tomadas pelas pessoas que estão no comando de tudo, assim como queremos saber quem eles são realmente e como chegaram até ali. Acredito que o próximo volume tem de tudo para ser o melhor da série.

 Salva por um cavalheiro foi melhor que o livro anterior e tudo indica que Stephanie Laurens está guardando o melhor para o final. O romance acontece mais naturalmente, os personagens são mais profundos e o mistério se torna mais instigante, de modo que a leitura vale ainda mais a pena e pode não ser excelente, porém nos permite destacar os pontos positivos ao invés dos negativos. Aguardo o próximo volume de As Irmãs Cynster com boas expectativas.