[Resenha] Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado | Thalita Rebouças


Título: Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado
Autora: Thalita Rebouças
ISBN-13: 9788580416954
ISBN-10: 8580416957
Editora: Arqueiro
Ano de lançamento: 2017
Número de páginas: 304
Gênero: Infantojuvenil, Romance
Encontre: Amazon | Skoob
Sinopse:  Davi está no segundo ano do ensino médio e finalmente tomou coragem para iniciar o curso de astrologia que sempre quis fazer mas nunca teve coragem de admitir, por medo de sofrer preconceitos. Entre signos e mapas astrais, conhece Milena, uma menina incrível, que o deixa encantado com seu jeito apaixonante. Tetê, melhor amiga de Davi, o incentiva a investir no relacionamento, mas vencer a timidez é um desafio para ele. Ajudar Zeca, seu amigo que passa por problemas amorosos, também é uma dificuldade, pois Davi é inexperiente no assunto. No final do primeiro semestre, entretanto, uma novidade causa um rebuliço na turma: Samantha, colega de classe do trio, apresenta Gonçalo, que mora em Portugal e veio passar as férias de verão europeu na casa dela, no Rio de Janeiro. A chegada do estrangeiro tem efeitos inesperados, e Davi e seus amigos passam a lidar com questões que nunca imaginaram ter que enfrentar.
"Sempre pensei que era meio disparate estudar signos sendo eu alguém tão interessado em física, matemática, teorias científicas, essas coisas. Só que a verdade é que eu gosto, e na prática ela funciona, mesmo não sendo considerada ciência. Entendem o meu conflito" p. 19
 Depois de ler Confissões de uma garota excluída, mal-amada e (um pouco) dramática, conhecer a história de Davi em Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado era praticamente algo obrigatório. Nesse livro, a autora Thalita Rebouças nos permite reencontrar Tetê, protagonista do primeiro livro mencionado, mas, principalmente, conhecer mais do novo protagonista: Davi. Ele é um adolescente de 16 anos que é apaixonado por astrologia e que precisará tomar grandes decisões durante seu segundo ano no ensino médio. Ele não possui experiência com relacionamentos e amor, mas logo se vê interessado em uma garota que compartilha dos mesmos gostos que ele. Depois do primeiro beijo, Davi sente que as coisas não estão saindo como deveriam, só que tudo fica ainda mais complicado com a chegada de um garoto que desperta seu interesse e faz tudo ficar ainda mais delicadas.
"A vida é mesmo surpreendente." p. 42
 Thalita Rebouças consegue conversar com os adolescentes como ninguém. Posso não ter lido tantos livros da autora e só passei a lê-los depois que passei por essa fase, porém entendo cada vez mais o porquê de tantas amigas da época se dedicarem tanto a leitura dos livros da autora. Ela consegue apresentar personagens que estão presentes no cotidiano de seus leitores, de modo que a identificação é garantida, e ainda fala sobre as dúvidas e incertezas presentes na vida de qualquer um através de uma narrativa cheia de personalidade e reflexões.
"Tudo fazia sentido como jamais havia feito." p. 168
 Davi é um protagonista ótimo de acompanhar. Seus problemas serão capazes de abrir os olhos de muita gente e, sem dúvidas, ajudarão muitos meninos e meninas que passam por situações parecidas. Adorei sua ligação com os signos e a maneira como ele irá lidar com os desafios que aparecem em seu caminho. Tetê, Dudu e Zeca são personagens que recebem destaque também e com certeza irão conquistar muitos leitores. Outros personagens, coisas de nossa atualidade e uma diagramação impecável também estão presentes para nos aproximar do cenário da história e nos envolver ainda mais com o enredo.

"[...] eu fiquei escondido durante anos com o objetivo claro de não me mostrar para ninguém. Nem por inteiro, nem pela metade." p. 179
Confissões de um garoto tímido, nerd e (ligeiramente) apaixonado é um livro que aborda as novidades, os medos e as incertezas da adolescência apresentando personagens com personalidades diferentes e cheios de reflexões para nos proporcionar. Thalita Rebouças sabe como conversar com seu público e reforça a ideia de que é preciso ter força e confiança para seguir em frente e ser quem você realmente quer ser.
"Até para mim eu era uma incógnita." p. 179

Comentários

Postagens mais visitadas