[RESENHA] GRAÇA E MALDIÇÃO | LAURE EVE

Um thriller que mantém a magia ambígua até a narrativa ganhar asas e levar o leitor por uma viagem intensa, estranha e envolvente. Como todos os outros na pequena cidade, River é obcecada pelos Grace. Fenrin, Thalia e Summer Grace são carismáticos, charmosos e ricos — e há boatos de que sua influência se estende aos mais altos degraus da política mundial. Se você não ama um deles, quer ser exatamente como um deles. Especialmente River, a nova aluna da escola local... Que de repente é acolhida pela família que todos reverenciam e temem em igual medida. Ela é diferente. Mas o que os Grace não sabem é que a garota não está na cidade por acaso; ela sabe exatamente o que está fazendo. Ou não?
Fantasia | Jovem Adulto | 350 páginas | Galera Record | 2017 | Amazon | Skoob
"Todos diziam que eles eram envolvidos com bruxaria." p. 7
 Além da maravilhosa capa que te motiva a querer conhecer o conteúdo de Graça e Maldição, a sinopse do livro foi a grande responsável para que eu desejasse essa leitura. Como já nos é adiantado, River é uma garota que acaba de chegar na cidade e se vê obcecada pelos Grace, uma família de pessoas ricas e fascinantes. O que a sinopse não adianta é que River é uma personagem tão misteriosa que só descobrimos seu nome após 40 páginas de leitura – e, mesmo assim, nem é seu nome verdadeiro. Também não nos é adiantado que existem boatos de que os Grace estão envolvidos com bruxaria. Assim como não comentaram que a história vai muito além do que parece.
"Eu posso parar de fingir quando estou sozinha." p. 20
  A narrativa em primeira pessoa é provocante desde a primeira página e, graças ao comentário do The New York Times na contracapa (que diz que o livro "merece ser lido duas vezes. A primeira pelo suspense; a segunda pelas sutilezas"), fiquei atenta aos mínimos detalhes da escrita de Laure Eve. Me senti bem conectada com a personagem e, por mais que seu interesse pelos Grace estivesse além do esperado – principalmente porque ela é muito determinada –, não foi possível descobrir a verdade completa antes de sua declaração. A maneira como a autora nos faz questionar e se interessar por cada diálogo, cada ação, cada escolha é incrível! River se torna uma personagem ainda melhor por saber nos passar a sensação de estar na presença de um Grace e de ser um escolhido. Por ela se sentir especial e sentir que está alcançado seus objetivos, é como se nós estivéssemos assim também.
"Era a sexta-feira exclusiva da cidade. Era a sua punição por tê-los julgado." p. 24
 Thalia, Fenrin e Summer são os Grace que iremos acompanhar junto a River. Apesar de também termos a oportunidade de conhecer seus pais e pessoas próximas de seu convívio, os três irmãos são os que abrem as portas para nossa protagonista. Cada um possui uma personalidade, porém a liderança e o carisma são aspectos em comum. Vamos conhecendo-os melhor aos poucos, uma vez que River terá que conquistá-los aos poucos, até chegar onde nenhuma outra pessoa chegou. O mistério sobre o envolvimento da família com magia, as lendas sobre seu passado e as possibilidades que os cercam tornam todo o enredo ainda mais fascinante.
"O que havia de especial em mim?
Eu não seria capaz de explicar para eles mesmo que tivessem a coragem de perguntar." p. 162
 E por mais que Graça e Maldição possua muitos elementos que me conquistaram, há alguns pontos que não posso deixar de mencionar. Todo o suspense em relação ao passado de River e a verdade sobre os Grace tornam tudo envolvente e interessante, contudo, a trama acaba deixando a desejar com a presença de dramas clichês e situações que acabam nos fazendo torcer o nariz. Os segredos que rondam a personalidade de River e as histórias dos Grace são o que prendem nossa atenção e tornam a obra, de fato, atrativa, então é necessário saber deixar as questões negativas um pouco de lado para manter a ligação com a história.
"Contar parte da verdade não é o mesmo que contar toda a verdade." p. 248
 Graça e Maldição é um daqueles raros livros em que certos pontos da história podem até deixar a desejar, entretanto a leitura faz tudo valer a pena. O mistério sobre os Grace, sem dúvidas, é o ponto alto da trama, mas Laure Eve apresenta uma protagonista tão conflituosa e interessante que, mesmo em seus piores momentos, consegue ser uma ótima narradora. Super recomendado para os que gostam de uma trama com fantasia e segredos na medida certa!

Leu esse livro e quer conversar sobre a leitura? Envie um e-mail para magialiteraria.contato@gmail.com.